Posts escritos por: Débora Costa

Top Comentarista 01abr • 2018

Top Comentarista – Abril/2018

Estamos com mais um top comentarista no ar! Eu notei que vocês pedem muitos os livros da Darkside, e como eu gosto muito de ouvir o que vocês querem, esse mês nós vamos estar sorteando no Top Comentarista: A Guerra Que Me Ensinou a Viver, a continuação da história da Ada que todos nós estávamos aguardando desde o ano passado.

E não é só isso, tá? Eu também escolhi Um Acordo Entre Cavalheiros, porque todo mundo ama um romance de época, ainda mais se for um nacional e um dos meus amores literários: Geekerela. Todo mundo precisa muito ter Geekerela na estante, é um livro muito mais do que maravilhoso.

Para participar o top comentarista deste mês, basta conferir o regulamento abaixo, certo? Não esqueça de que, quanto mais você comentar, mais chances você tem de ser sorteado. O grande ganhador de Abril será anunciado aqui mesmo neste post e nas redes sociais do blog, então não esquece de seguir a gente por lá, tá?! Leia mais

Cinema 30mar • 2018

Com Amor, Simon é sobre se assumir para o mundo

cinema-com-amor-simon

Adaptações de livro sempre me deixam um pouco receosa. Essa coisa de você ter uma certa liberdade com o enredo sempre acaba tirando os diálogos que eu mais gosto ou as cenas que eu mais gostaria de ver na tela dos cinemas. Mas Com Amor, Simon, apesar de suas pequenas divergências com o livro, conta a história de uma forma tão poética quanto Becky Albertalli fez em seu livro. O filme não só conseguiu passar muito bem a ideia do livro, como fez com que eu me apaixonasse novamente por esse enredo maravilhoso.

Para quem ainda não sabe sobre o que é esse filme, eis aqui uma breve explicação: Com Amor, Simon é a adaptação do livro Simon vs. a Agenda Homo Sapiens, lançado no Brasil pela Intrínseca em 2016. O filme conta a história do Simon, um adolescente comum que esconde um grande segredo: ele é gay. Quando Martin, um garoto idiota da sua escola, descobre sua troca de e-mails com o misterioso Blue, Simon precisa fazer de tudo para que seus segredos não sejam revelados, inclusive ceder as chantagens de Martin. Leia mais

Resenhas 29mar • 2018

Herói nas Highlands, por Suzanne Enoch

resenha-heroi-highlands-suzanne-enoch

Suzanne Enoch não é um nome exatamente novo no mundo dos romances literários. Quem acompanhou os últimos lançamentos da Arqueiro sabe que Enoch é uma das favoritas de Julia Quinn, estando presente em seus livros de contos da Lady Whistledown, mas foi a Gutenberg quem trouxe a autora para o Brasil com a sua série Highlands, que causou bastante inquietação entre as leitoras de romances de época quando chegou as livrarias. Sendo bem honesta, eu adoro um enredo que se passa na Escócia e por isso a minha vontade de ler Herói Nas Highlands, mas a escrita de Suzanne Enoch foi um desafio e o enredo acabou não entregando tudo o que eu estava esperando do livro.

O romance de Enoch aposta naquele clássico conflito entre Escócia e Inglaterra e assim somos apresentados aos nossos personagens principais. Fiona e Gabriel tem personalidades completamente diferentes, mas, ao mesmo tempo, se encaixam perfeitamente um no outro. Com todos os conflitos que existe entre eles, não é muito difícil que o leitor compre a paixão arrebatadora que Suzanne Enoch tenta colocar no seu enredo, mas o desenvolvimento do enredo tornou isso quase impossível para mim – e olha que eu me esforcei bastante. Leia mais

Cinema 28mar • 2018

Operação Red Sparrow não faz o menor sentido

Eu apenas vi o nome “Jennifer Lawrence” no cartaz e pensei: “Esse vai ser o meu novo filme favorito”. O trailer de Operação Red Sparrow não revela muito do que é a história, então tudo o que eu sabia era que eu assistiria um filme de espionagem com a Katniss e tudo bem. Verdade seja dita, eu não sou nenhuma grande crítica de filmes, mas eu assisti algumas coisas e tenho uma pequena noção do que compõe um bom filme de espionagem e, Operação Red Sparrow não me proporcionou nada além do que eu já tinha visto em qualquer outro filme da sessão da tarde, com o adicional de ter sido uma experiência bem desconfortável.

A personagem da JLaw, Dominika, é uma ex-bailarina russa que, depois de sofrer um acidente e não poder mais dançar, acaba aceitando trabalhar como uma espiã para o governo. A personagem é enviada para um centro de treinamento onde é esperado que ela se torne uma “Sparrow”, que são agentes russos muito bem treinados para usar a sua sexualidade para conseguir arrancar as informações que o governo deseja. Seu alvo acaba sendo um agente americano e sua missão é descobrir quem é seu informante. O único problema é que quanto mais a personagem se envolve com o tal americano, mais as coisas vão ficando complicadas. Leia mais

Lista 26mar • 2018

Algumas coisas que eu andei lendo em Março

Eu costumava atualizar o canal do blog com essa coluna chamada Round Up, onde eu comentava um pouco sobre todos os livros que eu havia lido naquele mês. Depois que eu resolvi – de novo – dar um tempo dessa coisa de YouTube, eu fiquei pensando em diversas formas de encaixar algumas coisas que eu fazia no canal, aqui no blog. E bem, eu confesso que estava sentindo muita falta de fazer aquele resumão de leituras que eu fiz no mês, principalmente agora que eu tenho me arriscado em leituras em inglês, no Kindle.

Março foi um mês de novas experiências. Com a Paralela lançando Mais Que Amigos, da Lauren Layne e a Arqueiro começando a nova série, Os Ravenels, da Lisa Kleypas, eu aproveitei todo o meu tempo livre para conferir essas novas leituras e, meu deus, estou completamente apaixonada. Se você gosta muito de New Adult, vale dizer que Lauren Layne escreve enredos maravilhosos, com diálogos incríveis e casais principais que combinam perfeitamente. E se você é apaixonado por romances de época, Os Ravenels vão se tornar o novo amor da sua vida, confia em mim.

Leia mais

Resenhas 25mar • 2018

Mr. Romance, por Leisa Rayven

Então, eu finalmente fiz a minha primeira leitura de Leisa Rayven. E eu sei, desde que Meu Romeu foi lançado pela Globo Alt, vocês vêm me mandando mensagens no Facebook e no Instagram do blog dizendo “Pelo amor de Deus, leia Leisa Rayven”. Honestamente? Eu não acho que Meu Romeu seja a série certa da autora para mim, mas posso dizer que Mr. Romance causou uma boa impressão. Tudo bem, eu tenho que admitir que a escrita da autora não foi o que mais me impressionou, mas o enredo e seus personagens foram gostosos de conhecer e, por fim, acho que Leisa Rayven cumpriu o que prometeu na contracapa.

Não vou mentir, Mr. Romance não é um romance que vai te impressionar por causa da escrita da autora. Apesar de ter personagens bem construídos, a escrita de Rayven me lembra muito as fanfics que eu lia quando era adolescente. A forma como ela conduz o romance entre os personagens principais é previsível e bastante imaturo, eu diria, como se ela só tivesse pensado no enredo de forma muito superficial e não estudado o que mais ela poderia tirar de todo aquele drama – que não era realmente um drama. Leia mais

Resenhas 23mar • 2018

Criaturas e Criadores – Histórias para noites de terror

O terror é um dos meus gêneros literários favoritos, principalmente as histórias de terror clássicas. Então eu fiquei animado pra caramba quando ouvi falar de Criaturas e Criadores, uma coleção de quatro contos escritos por autores brasileiros, que reimagina algumas das histórias mais icônicas do terror. Carolina Munhóz, Frini Georgakopoulos, Raphael Draccon e Raphael Montes são alguns dos nomes atuais que mais vem chamando a minha atenção, então quando a oportunidade apareceu, eu fiquei muito afim de cair dentro dessa leitura. E apesar de uma ou duas questões, o livro me entregou exatamente o que eu queria.

Quatro dos mais populares autores contemporâneos brasileiros, Raphael Draccon, Carolina Munhoz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes se uniram para reinventar os contos de terror clássicos. Frankenstein vive, e está numa favela do Rio. Rumores indicam que Drácula pode ser o dono de uma nova e badalada boate. Numa faculdade de artes, há uma lenda que diz que um fantasma ajuda belas jovens a cantar num teatro abandonado. Um mistério ronda a vida de um dentista e pai de família que está prestes a descobrir seu lado mais monstruoso. Quatro clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros para noites de sustos, terror e gritos. Leia mais

Lançamentos 22mar • 2018

Nas montanhas do Marrocos promete ser um romance inesquecível

Vocês estão preparados para um romance que tem tudo para tirar o nosso fôlego? Se você é apaixonado por romances de época assim como eu, o livro Nas Montanhas do Marrocos é uma leitura quase que obrigatória na sua estante. Ambientado na Inglaterra vitoriana, Luisa Bérard nos entrega um romance que não poupa referências históricas sobre moda, literatura e obras de arte.

Nas Montanhas do Marrocos traz personagens que transitam em cenários deslumbrantes: no esplendor do período vitoriano na Inglaterra, em pleno século XIX, e em paisagens fascinantes do Marrocos, com suas cadeias montanhosas de natureza exuberante e a indomável vastidão do Saara. Leia mais

Resenhas 20mar • 2018

Atraída por um Highlander, por Maya Banks

Os Irmãos McCabe é uma série de época que vem me pedindo para ser lida desde que o primeiro livro foi lançado pela editora aqui no Brasil e, quando surgiu a oportunidade de parceria com a Universo dos Livros, eu não podia deixar a chance de fazer essa leitura passar. Mas eu tenho que ser bem sincera com vocês e dizer que o que eu acredito compor um bom romance de época, conflita bastante com que a Maya Banks propõe no seu enredo e, por isso, a minha experiência de leitura com Atraída por um Highlander foi, basicamente, a pior possível.

Eu não sei se não gostar desse livro vai vir como uma surpresa para vocês. No começo eu estava bastante animada com os personagens e realmente disposta a gostar da leitura. Eu amo romances de época, então eu já tenho uma pré-disposição a gostar do livro, mas Atraída por um Highlander se desenvolve por caminhos tortos e, o que era para ser um romance gostosinho, se torna um livro pesado e cheio de pequenos abusos que, na metade do enredo, eu simplesmente já não conseguia mais engolir. Eu não sei como Maya Banks vê o “romance”, mas considerando a temática de outros livros dela, o que acontece no enredo deste livro me chocou, porém não me surpreendeu.

Meu primeiro problema com o livro começou quando Mairin, nossa personagem principal, chega as mãos dos McCabe após escapar de um inimigo tão ruim quanto o nosso herói. Eu digo isso porque, honestamente? Um homem que tem a coragem de estuprar a própria esposa na noite de núpcias não é muito melhor do que um cara que espanca uma mulher até ela perder a consciência. Desculpa, não é. E depois dessa cena, por mais que eu tentasse ver Mairin e Ewan como um casal, a história dos dois tinha simplesmente morrido para mim. Leia mais

Promoções 19mar • 2018

É ingresso para o cinema que você quer, @?

Vocês pediram mais sorteio de ingressos e eu obedeci, é claro. Dessa vez o La Oliphant quer levar vocês para assistir o filme Operação Red Sparrow, o mais novo trabalho da Katniss aka. JLaw. Mas a nossa surpresa não para por aí, não é mesmo? Além do par de ingressos para o filme, nós estamos sorteando em parceria com a linda da Editora Arqueiro, UM EXEMPLAR do livro que deu origem ao filme. GO BIG OR GO HOME.

Para participar do sorteio é preciso que vocês cumpram TODAS AS OBRIGATÓRIAS definidas no Rafflecopter, ok? Também não esqueçam de conferir o regulamento antes de participar, é sempre importante entender as regras primeiro. O resultado dessa promo vai ser anunciado nas redes sociais do blog, então não deixa de seguir a gente no Facebook, Twitter e Instagram para conferir se você foi o grande vencedor, tá?

O sorteio é válido até dia 26 de março de 2018. Ah, e não esquece de convidar os amigos para participar, vai que um deles é o grande ganhador e te leva de plus one no cinema?! *dedos cruzados*  E que a sorte esteja sempre à seu favor.

a Rafflecopter giveaway

Confira o regulamento do sorteio!

  1. A promoção é válida ATÉ 26/03, tendo seu ganhador anunciado nas redes sociais do blog;
  2. Este sorteio é realizado através da plataforma Rafflecopter;
  3. Para validar o prêmio o ganhador devera cumprir com todas as obrigatorias do Rafflecopter;
  4. Ao fim da promoção será sorteado apenas 01 ganhador para todos os prêmios cedidos neste sorteio;
  5. A promoção é válida somente para quem tem endereço de entrega no Brasil;
  6. O primeiro ganhador terá o prazo de 03 dias para responder ao e-mail que lhe será enviado. Caso não o faça, um novo ganhador será definido;
  7. O envio do livro será feito pela Editora Arqueiro, enquanto os ingressos serão enviados separadamente pelo La Oliphant em até 10 dias;
  8. O blog não se responsabiliza por extravio ou atraso na entrega dos Correios. Assim como não se responsabiliza por entrega não efetuada por motivos de endereço incorreto, fornecido pelo próprio ganhador;

Ficou com alguma dúvida em relação ao sorteio? Envie um e-mail para contato@laoliphant.com.br

SOSELIT 16mar • 2018

SOSELIT #3 – Eu quero reclamar sobre romantização do relacionamento abusivo

O tema do #SOSELIT este mês propõe um tema que já é muito discutido aqui no blog, e uma tecla na qual eu vou bater enquanto eu achar que isso é um problema: romantização de relacionamento abusivo na literatura. E isso não poderia ter vindo em um momento melhor porque, justamente esse mês, eu terminei de ler mais um “romance”, onde a personagem principal sofre diversos abusos durante os capítulos, mas a história é vendida como um romance e aplaudida pelos leitores. Vocês conseguem enxergar onde está o erro nessa situação toda?!

Eu sempre fui uma grande apaixonada por uma boa história de amor,, não importando o gênero. Mas a minha visão sobre o que se caracteriza um bom romance veio mudando muito de uns anos para cá, principalmente depois que eu comecei a ter um contato maior com o movimento feminista e a me conscientizar de que certos comportamentos não são muito normais. Com isso, meu gosto literário foi mudando bastante e, alguns livros que antes eram um dos meus favoritos, hoje me deixam enjoada apenas de lembrar que um dia eu achei aquilo a oitava maravilha do mundo.

Mas hoje eu não estou aqui para fazer outra crítica a Princesa de Papel e nem para lembrar a vocês que o relacionamento da Abby e do Travis, de Belo Desastre, é abusivo. Na verdade, eu queria conversar com vocês sobre consciência literária e porque eu simplesmente não consigo me calar quando eu me deparo com um enredo que é completamente fora daquilo que eu considero um romance saudável dentro da literatura. Até onde vai a nossa responsabilidade quando damos cinco estrelas para um livro que, claramente, romantiza um relacionamento abusivo? Leia mais

Entrevistas 15mar • 2018

Tudo o que você precisa saber sobre Julia Quinn está aqui!

Eu sou apaixonada pelos livros da Julia Quinn tanto quanto qualquer outra pessoa. E, tudo bem, recentemente eu descobri que não são todos os enredos dela que eu vou gostar, mas ainda assim, eu não consigo deixar de pensar que ela fez com que eu me apaixonasse mais de uma vez através de seus personagens. Quem nunca se inspirou por causa de Julia? E quem nunca desejou que o amor fosse algo tão intenso e divertido como ela narra em seus romances? JQ merece o título de rainha dos romances de época e é por isso que estamos aqui reunidos, caros leitores.

Eu gosto muito de entrevistas com autores e, eu acho que vocês já sabem muito bem disso. As entrevistas revelam muito sobre o autor e você sempre consegue aprender alguma coisa muito importante, principalmente se você tem o sonho de se tornar um escritor um dia. Foi pensando nisso que eu resolvi procurar algumas entrevistas que a Julia deu na época de lançamento dos seus livros e me deparei com esta que está abaixo, do site The Internet Writing Journal, onde ela comenta sobre o seu mais novo lançamento “Como Agarrar Uma Herdeira”, que havia acabado de debutar na época.

A entrevista aconteceu em novembro de 1998, mas apesar de termos uns bons vinte anos desde essa entrevista, eu realmente achei os pontos levantados pela autora interessantes e acho que vale muito a pena vocês darem uma conferida. Leia mais

1 2 3 4 47
O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.