Lançamentos 12abr • 2018

Warcross é o novo Jogador N°1 e eu tô surtando!

Eu, honestamente, não estou acreditando que isso finalmente está acontecendo. Eu sou completamente apaixonada por Jogador N°1 e por anos eu venho torcendo para que outros autores também se arrisquem em enredos similares ao do Ernest Cline porque o mundo precisa de mais livros assim e, ao que me parece, esse dia finalmente chegou, pessoal.

Warcross é o mais novo livro da Marie Lu, que a gente já conhece muito bem por causa da sua trilogia Jovens de Elite. O livro segue a mesma vibe de Jogador Nº1 onde, Hideo Tanaka é um jovem gênio que cria todo o universo do Warcross quando tinha apenas 13 anos. A diferença para o enredo de Clide é que, em Warcross, existe um campeonato oficial que aparentemente atraí muitos telespectadores. Ficaram curiosos? Eu fiquei, na verdade, eu quero ler esse livro para ontem!

Confiram a sinopse abaixo:

Um jogo de realidade virtual que faz parte da rotina de milhões de pessoas em todo o planeta é o fio condutor de Warcross, novo livro de Marie Lu. A aclamada autora da trilogia Legend aproveita sua experiência na indústria de videogames para criar um suspense de ficção científica que promete fisgar os leitores, especialmente os mais jovens. Centrada na hacker adolescente Emika Chen, que trabalha como caçadora de recompensas, a história usa como cenário as cidades de Nova York e Tóquio para mostrar um universo em que a tecnologia vira entretenimento de massa e funciona como válvula de escape.

Quem vê Emika Chen andando por Nova York pensa estar diante de uma adolescente como outra qualquer: cabelos coloridos, tatuagens, roupas surradas, mochila nas costas, um skate e olhos atentos ao celular. Mas a realidade dela em nada se parece com a da maioria das pessoas de sua idade: com o aluguel atrasado e um aviso de despejo pregado na porta, a jovem órfã usa suas habilidades de hacker para exercer a arriscada função de caçadora de recompensas, entregando para a polícia criminosos considerados menos perigosos.

Quando a caçada que poderia pagar suas contas dá errado, Emika volta para casa, liga a TV e tenta se distrair fazendo a mesma coisa que milhões de espectadores ao redor do mundo: acompanhar a abertura do campeonato oficial de Warcross, um jogo de realidade virtual bastante popular criado por Hideo Tanaka, o bilionário dono da Henka Games. Sem conseguir esquecer seus problemas financeiros, a adolescente decide se arriscar hackeando a partida e roubando um item que pode valer 15 mil dólares no mercado de compra e venda da comunidade de jogadores. Mas a tentativa, que parecia ter sido um sucesso, acaba falhando, expondo a identidade da jovem.

Apavorada e certa de que seria presa, Emika decide ignorar ligações e mensagens recebidas no celular, pedindo que entrasse em contato. Ao ver repórteres na porta do prédio onde mora e descobrir que o número a ser discado é da filial da Henka Games em Manhattan, a hacker entrega os pontos, achando que irá falar com advogados da empresa. Para a surpresa dela, do outro lado da linha está o famoso Hideo Tanaka, com uma proposta de trabalho. Em vez de levá-la ao banco dos réus, ele quer a adolescente em Tóquio.

Aos 13 anos, Tanaka se transformou em um gênio adolescente ao inventar o jogo Warcross e os óculos NeuroLink, que permitem ao usuário criar mundos virtuais indistinguíveis da realidade. Quase uma década depois, o bem-sucedido empresário está às voltas com uma pessoa misteriosa, capaz de alterar as linhas de código e mexer na programação do Warcross. Por isso, ele precisa de Emika: nada melhor do que uma hacker talentosa para identificar quem tem burlado a segurança do sistema.

Ao aceitar a missão, Emika parece estar em um sonho: recebe roupas e acessórios das melhores marcas, fica hospedada em lugares luxuosos, ganha itens de última geração da Henka Games e conhece as estrelas do Warcross, de quem será companheira de time. Conforme a investigação avança, fica a dúvida no ar: será que o ameaçador Zero é mesmo o vilão? Haverá outros jogadores envolvidos em uma trama sinistra?

Ficou interessado em ler Warcross? Você pode comprar o seu exemplar agora mesmo na Amazon.com.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

10 Comentários

  • suzana cariri
    19 abr 2018

    Oi!
    Até agora não li nada da Marie Lu, vejo muitos comentários sobre seus livros, mas ainda não tive oportunidade de ler nada da autora, gostei muito do enrendo desse livro, com certeza é bem legal ver mais livros que tratam sobre realidade virtual, irei colocar esse livro na minha lista de leitura !!

  • Iêda Cavalcante
    18 abr 2018

    Oiee!

    Infelizmente o livro não me pegou, apesar de ter essa pitada de aventura e suspense, ainda assim, não me animei. Deixo pra quem quer uma aventura daquelas, não estou no meu momento pra isso, talvez no futuro.
    Bjs!

  • Vitória Pantielly
    15 abr 2018

    Oi Débora!
    Ainda não tive oportunidade de assistir, nem ler, o Jogador número 1, mas escuto bastante elogios a ele. O enredo desse também é interessante, gosto de ver como foi a criação desses “jogos”, rs.
    Vou esperar resenha dele.
    Beijos

  • Theresa Cavalcanti
    14 abr 2018

    Eu vejo várias pessoas falando de Jogador n°1, mas nunca li e não tenho muita vontade. Eu já vi os outros livros dessa autora e eles estão na minha lista a séculos, mas também não tive vontade de ler. Vou tentar dá uma chance pra ela algum dia.

  • Kleyse Oliveira
    13 abr 2018

    Mulheeeer, quando eu vi essa capa não dei muita moral, mas agora lendo a sinopse eu já quero loucamente comprar para ler, pois eu adoro histórias assim que me tira da zona de conforto e essa pelo que vi nas redes sociais se encaixa perfeitamente.

  • Carol M
    13 abr 2018

    Eu já conhecia a autora, mas não li nenhuma obra ainda. Gosto muito de livros que relacionam universo virtual e realidade. Além disso, amo criar teorias quando o enredo deixa dúvidas sobre quem são os verdadeiros vilões, se alguém está mentindo.
    Obrigada pela indicação, Warcross entrou na minha lista de leituras.

  • Daiane Araújo
    13 abr 2018

    Oi, Débora.

    Super desejo esse livro!

    Quero gradativamente ler mais e mais livros de outros gêneros não explorados por mim!

  • Lili Aragão
    13 abr 2018

    Tenho que confessar que minha experiência com essa autora não foi positiva, não consegui curtir Jovens de Elite, mas a trama desse novo livro tá bem interessante e a experiência dela com games deve fazer toda diferença, assim vou acompanhar noticias e resenhas desse livro pra ver se tento mais uma história dela 😉

  • Pamela Liu
    12 abr 2018

    Oi Débora.
    Eu li O jogador no. 1 e gostei muito! Vi o filme e foi ok.
    Super ansiosa para ler esse novo livro da Marie Lu. A premissa é bem interessante. Espero gostar da leitura.
    Gostei bastante da capa.
    Beijos

  • SARA MAIA
    12 abr 2018

    sinceramente, EU JÁ VOU MARCAR ESSE LIVRO NO SKOOB!!!! hahaha
    eu não li nenhum da marie lu (apesar de querer, legend tá na minha lista há tempos mas ainda não consegui ler) e nem jogador nº 1 :((((((
    esse é o estilo de livro que eu gosto e eu tenho certeza que vou gostar <3 serião!
    bjs e obrigada pela indicação!

  • O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.