Lista 26jun • 2018

04 motivos para você ler As Crônicas Lunares

Olha aí, mais um post no La Oliphant falando sobre as Crônicas Lunares. Parece que a gente não cansa, né? Pois não cansamos mesmo! As Crônicas Lunares são uma das minhas séries YA favoritas, e eu estou sempre procurando por uma desculpa para falar mais delas. Então quando saiu a notícia de que a Rocco vai lançar o novo livro da Marissa Meyer aqui no Brasil, e a Débora me pediu para fazer uma listinha de alguns motivos porque você (sim, você) deveria ler as Crônicas Lunares, eu fiquei bem feliz.

Eu tenho que confessar que da primeira vez que ouvi falar da série, achei o plot meio bobo “Uma releitura de Cinderella, passada numa versão futurista da Ásia, que envolve robôs e alienígenas?” Mas pra você como fomos surpreendidos novamente As Crônicas Lunares hoje é uma das minhas séries favoritas, e eu vou agora listar apenas alguns dos motivos pelos quais você deveria começar essa leitura hoje mesmo. Ah, e aproveita e confere as resenhas dos livros que nós fizemos aqui no blog!

Um elenco de personagens incríveis.

Desde o primeiro momento da série, as Crônicas Lunares é repleta de personagens muito bem construídos e muito fáceis de gostar. Cinder, Kai, Scarlet, Wolf, Cress, Thorne, Winter, e isso são apenas os protagonistas. Se eu fosse listar todos os outros personagens secundários que marcar a história da saga, eu ficaria aqui o dia inteiro. E eu nem preciso falar pra vocês o qual incrível é a vilã da história, Levana. As Crônicas Lunares contam com personagens excelentes que ajudar o leitor a se envolver ainda mais nos acontecimentos da história.

Eu já falei várias vezes aqui no blog o quanto é importante pra mim que os personagens de um livro sejam interessantes e tenham qualidades que me façam gostar deles. Eu já passei por algumas leituras em que eu não via a hora do livro acabar para eu não ter mais que conviver com os personagens, e felizmente, esse não foi um problema que eu tive com as Crônicas Lunares. Na verdade, o problema foi o oposto. Por mais que eu estivesse doido para saber como a história terminava, ao mesmo tempo eu não queria abandonar esses personagens a quem eu realmente tinha me afeiçoado.

Uma das melhores vilãs da literatura YA.

Você talvez tenha notado que eu não mencionei a principal antagonista das Crônicas Lunares no tópico acima. Isso é porque ela é tão incrível que merece um tópico só pra ela. A Rainha Levana é o tipo de vilã que eu amo odiar. Fria, calculista e completamente cruel, Levana é uma força extremamente ameaçadora que encobre os heróis por todos os volumes das Crônicas Lunares. É a presença dela na história que dá o tom de desespero que leva os personagens a lutarem por suas vidas.

E como se não bastasse isso tudo, a backstory dela é simplesmente desoladora. Em Levana, vemos como a vida dela foi triste, e entendemos exatamente o que a levou a se tornar a rainha soberana de Luna. Não que isso justifique os atos horrorosos que ela comete ao longo das Crônicas Lunares, mas não é difícil que o leitor acabe sentindo um pouco de pena dela. Tudo isso completa a figura de Levana como uma vilã bastante complexa, o que deixa a leitura das Crônicas Lunares ainda mais interessante. Eu adoro uma vilã cruel com uma backstory trágica.

O world building é simplesmente demais.

As Cronicas Lunares são recheadas de elementos clássicos do universo scifi, como robôs, alienígenas, e soldados geneticamente modificados. E isso tudo ainda é misturado com um tom de releitura de contos de fadas muito legal. Os dois elementos se balanceiam muito bem para criar um universo completamente original e marcante, de um jeito que eu não tinha visto antes e que ainda não vi depois de concluída a leitura. Pra quem gosta de ficção científica assim como eu, e pra quem curte uma releitura de contos de fadas bastante original, esses livros são realmente um prato cheio.

Além disso, as Crônicas Lunares complementam esse world building de elementos fantásticos com um subplot político bastante complexo. O conflito entre a União Terráquea e Luna vai escalando cada vez mais ao longo dos livros, e enchendo a atmosfera da saga de mais e mais tensão. Em momento algum a situação perde o ar de urgência e o conflito nunca perde a importância, o que torna a leitura muito mais envolvente. Muitas vezes nesses livros YA, parece que os autores não sabem focar ao mesmo tempo nos conflitos pessoais e nos assuntos que envolvem o mundo da história, mas as Crônicas Lunares não tem esse problema.

Tem muita diversidade desses livros.

Muito tem se falado sobre diversidade a literatura, principalmente na literatura YA, e por ser centrado em uma versão futurística do continente asiático, as Crônicas Lunares tem uma quantidade bem interessante de personagens asiáticos. Kai e sua família, a família adotiva de Cinder, entre outros. Eu só não conto a Cinder nessa categoria por motivos que eu não posso revelar porque seria um spoiler. Mas mesmo assim, existe uma diversidade de etnias muito legal nas Crônicas Lunares, do tipo que eu gostaria de ver em mais séries YA de fantasia.

Além disso, as Crônicas Lunares faz paralelos a vários tipos de preconceitos, como o preconceito racial, com pessoas deficientes e com pessoas que sofrem de doenças mentais. Pode parecer bobo achar que um livro sobre aliens e robôs possa tratar desse tipo de assunto, mas eu pessoalmente acho que é muito legal ver uma história colocar esses assuntos em pauta, principalmente sendo uma história voltada para um público infanto juvenil. Esse é o primeiro passo para criar uma discussão que pode levar a algum progresso e eu acho que mais livros deveriam abordar esses assuntos.

Para concluir, leiam as Crônicas Lunares! Essa saga rapidamente se tornou uma das minhas favoritas e eu tenho certeza que vai se tornar uma das suas também!

Vinicius Fagundes ver todos os artigos
24 anos. Formado em Publicidade e Propaganda. Viciado em histórias. Desconhecido mundialmente.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

12 Comentários

  • Jade Sibalde
    30 jun 2018

    Já li os dois primeiros livros da série e realmente é maravilhosa! A figura da Levana é assustadora, me senti aflita em varios momentos! São livros ótimos de ler, rápidos mas envolventes. Lembrando a história deu vontade de ler os livros que faltam.

  • Ana Carolina Venceslau Dos Santos
    30 jun 2018

    Sou uma foca completamente assumida da Marissa Meyer Comecei a ler as crônicas lunares quando Apenas cinder era publicado no Brasil e me surpreendi com uma releitura maravilhosa Que essa autora conseguiu me proporcionar parei o segundo livro na metade mas por motivos de força maior Por que realmente é uma das poucas séries que realmente vale a pena

  • Micheli Pegoraro
    30 jun 2018

    Olá Vinicius,
    Estou doida para ler essa série há tempo! Essa proposta de trazer releituras inovadoras de contos de fadas com ficção científica é muito empolgante, a série tem tudo para me deixar viciada.
    AMO essas protagonistas fortes, destemidas e inteligentes, então já sei que as personagens irão me conquistar completamente. Sem falar nessa vilã, vejo muito comentários a respeito dessa personagem, que foi muito bem elaborada.
    Esses motivos que você trouxe me deixaram ainda mais animada e ansiosa para ler, vou dar um jeito de encaixar essa série na meta desse ano.
    Beijos

  • Bruna Lago
    29 jun 2018

    Adoro saber o que está mais agradando os escritores do blog, fico bem curiosa em conhecer esses livros e só pela capa a curiosidade bateu em saber mais dessa série.
    É realmente muito bom quando os personagens nos ganham no primeiro livro; tem alguns que você até queria que existisse pra ser amigo, hahaha. Muito bom que esse livro traz personagens tão bem criados.
    Achei o tema muito bem pensado e inteligente, juntar esses dois foi de uma sacada genial; vou procurar mais resenhas desse livro pra conhecer várias opiniões 🙂

  • Confesso que o que mais me chamou atenção quando eu conheci a série de livros foram as capas maravilhosas que eles tem. Cheia de detalhes, acho que elas traduzem muito bem o que vamos encontrar em termos de enredo. Por ser uma releitura científica de conto de fadas eu já me sinto atraída para a leitura, e depois de conhecer a vilã magnífica que a trama possui, minha vontade só aumentou. Acho que tu argumentou muito bem em favor da história, com certeza me convenceu!

  • Atraentemente Evandro
    26 jun 2018

    É interessante a forma como a autora reuniu diversos elementos simples e já vistos em outros enredos e transformou em uma série incrível como essa parecer ser. A bela construção das personagens e o cenário parecem encantar o leitor. Eu também adoro vilões, então eu também vou gostar da Levana.

    Evandro

  • GISLAINE DA SILVA LOPES
    26 jun 2018

    Oi Vinicius,
    Há tempos venho acompanhando resenhas e indicações dessa série e, confesso, acho toda a proposta muito interessante. Contos de fadas sempre tem muito a nos contar e quando eles vem em formato de reconto as possibilidades de novas histórias são imensas. Sobre a criação dos personagens, a autora me parece que soube buscar características memoráveis para cada um, principalmente para a vilã. Mas acho que o maior diferencial de As Crônicas Lunares está no elemento científico. Trazer esse lado Sifi foi uma jogada incrível da autora e quando eu ouço falar de uma Cinderela ciborgue fica difícil não me sentir curiosa. Algo que eu não sabia era que a ambientação da história fosse no continente asiático e achei isso bem interessante, principalmente quando você mencionou a diversidade das obras. Se a oportunidade surgir quero dar uma chance a esses livros, mas também preciso arrumar um tempo e espaço em minha interminável lista de leituras.

  • Pamela Liu
    26 jun 2018

    Oi Vinicius.
    Eu adoro essa série! Foi uma das séries de YA que mais me surpreendeu. A Rainha Levana é uma ótima vilã.
    Só falta eu ler Levana para finalizar a série.
    Ainda vou adquirir os livros físicos. Acho as capas lindíssimas.
    Beijos

  • Elizete Silva
    26 jun 2018

    Olá! O que mais me chamou atenção nessa série foi saber que era mais uma releitura dos meus contos de fadas favoritos (#sóamo), daí pesquisando mais, descubro que tem a melhor história de vilã que poderia existir e confesso que minha torcida foi toda para a Rainha Levana. Espero muito em breve conferir todos os livros.

  • Theresa Cavalcanti
    26 jun 2018

    Oi Vinicius,
    Faz séculos que esses livros estão na minha lista de leituras, mas sempre fui adiando a leitura. Amei esses 4 pontos que você colocou, e me fez ficar com mais vontade ainda.

  • Lili Aragão
    26 jun 2018

    Essa série tá na lista de desejados já e sempre que vejo um post falando dela presto bastante atenção. A trama parece bem diferente e eu amo releituras de contos de fadas. Quero sim ler 😉

  • Daiane Araújo
    26 jun 2018

    Oi, Vinicius.

    Apesar de não curtir muito releituras, essa é uma série que já tô querendo ler, pois contém características fundamentais em uma boa leitura, e eu me encantei pelos enredos.

  • Siga o @laoliphantblogInstagram