Lista 06jul • 2019

4 livros perfeitos para leitores iniciantes

Uma das mensagens que eu mais recebo no Instagram do blog é “como eu faço para me tornar um leitor?”. Sendo bem sincera com vocês, eu acho que todo mundo é um pouco leitor, mas ainda não encontrou aquele livro que faz com que você se apaixone por todos os outros sabe? No meu caso, foi quando eu li As Crônicas de Nárnia pela primeira vez.

Mas eu sei que nem todo mundo tem a sorte de encontrar aquele livro aos doze anos de idade. Eu conheço pessoas que demoraram anos para desenvolver seu amor pelos livros e muitas outras que, apesar de ler com frequência, ainda não encontraram na literatura aquilo que muitos de nós já encontramos: um refúgio.

E essa vai ser a inspiração da minha lista de leitura de hoje. Selecionei alguns livros da minha estante que eu sempre recomendo quando se trata de querer se apaixonar por leitura. São livros que me fizeram rir até a barriga doer, que me emocionaram à sua forma, mas que, ao mesmo tempo, deixaram a sua marca na minha vida. Ou seja, o combo do amor literário para quem quer se apaixonar por livros.

Confira todos os livros da lista:

Heroínas, de Pam Gonçalves, Laura Conrado e Ray Tavares

Este é o livro de um tempo novo, um tempo que exige que as mulheres ocupem todos os espaços, incluindo a literatura. Laura Conrado imaginou as Três mosqueteiras como veterinárias de uma ONG, que de repente contam com a ajuda de uma estudante que não hesita em levantar seu escudo para defender os animais.

A Távola Redonda de Pam Gonçalves é liderada por Marina, que diante do sumiço do dinheiro que os alunos de sua escola pública arrecadaram para a formatura, desembainha a espada e reúne um grupo de meninas para garantirem a festa que planejaram. E Roberta é a Robin Hood de Ray Tavares. Indignada com a situação da comunidade em que vive, a garota usa sua habilidade como hacker para corrigir algumas injustiças.

 

Fiquei Com o Seu Número, de Sophie Kinsella

A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz… Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular.

Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel.

Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

 

Os Noivos do Inverno, de Christelle Dabos

Honesta e cabeça-dura, Ophélie não se importa com as aparências. Mas, por baixo de seus óculos de aros largos e cachecol desgastado, a garota esconde poderes únicos: ela pode ler o passado dos objetos e atravessar espelhos.

A vida tranquila que leva em Anima se transforma quando Ophélie é prometida em casamento à Thorn, herdeiro de um distante e poderoso clã.

Agora, ela terá que deixar para trás tudo o que conhece e seguir seu noivo até Cidade Celeste, a capital flutuante de uma gelada arca conhecida como Polo.

Ali, o perigo espreita em cada esquina, e não se pode confiar em ninguém. Sem se dar conta, Ophélie torna-se um peão em um jogo político mortal, capaz de mudar tudo para sempre.

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, de Jennifer E. Smith

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades.

Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres.

Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Agora eu quero sabe de vocês, leitores desse blog: qual foi o livro que fez com que vocês se apaixonassem por livros? Não esqueçam de enviar essa lista para aquele amigo que até quer começar a ler, mas não sabe por qual livro começar, talvez uma dessas indicações acabe sendo perfeita para ele!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

8 Comentários

  • Gêmea má
    29 jul 2019

    Eu concordo com o que vc disse a respeito de não ter encontrado o livro perfeito, mas ao mesmo tempo discordo completamente das sugestões. Quer dizer, no lugar do primeiro eu sugeriria diga 33 ou gatos guerreiros. No lugar do de fantasia eu sugeriria o livro Magya e assim por diante. A propósito, o que fez eu me apaixonar por literatura foi a série vagalume. Mais especificamente o livro Zezinho, o dono da porquinha preta. hehe

  • Nathalia Silva
    28 jul 2019

    Esse é um post bem interessante para os blogueiros fazerem nos blogs. Justamente para incentivar a parcela da população que não conhece ou não tem o hábito de ler. Das suas dicas, confesso que não li nenhum dos livros e dos mesmos, só conheço a escrita da Sophie Kinsella – a rainha dos chicklits.
    Sobre o livro que me fez apaixonar por livros? Bom, acredita que foi um romance de banca? Não lembro nem o nome da autora, mais o nome do mesmo era Perto demais e li quando tinha 13 anos. Aos 19 anos, li outro chamado A carícia do vento que me fez realmente se apaixonar pelos romances. Esse livro especialmente está no meu coração.
    Espero que mais pessoas possam encontrar A história que vai mudar a sua forma como encarar os livros. 🙂

    Bjus

  • Jady Santos
    22 jul 2019

    Que post mais lindo.
    Da lista li apenas ‘A probabilidade estatística do amor a primeira vista’ e amei de mais, é um livro que super recomendo para quem está começando a entrar no mundo literário.
    Sempre gostei de ler, mas não fui incentivada, porem no ensino médio eu fiquei amiga da minha professora de inglês e ela me emprestava alguns livros. Naquela época li os livros do Percy Jackson e me apaixonei pela escrita da Paula Pimenta, ‘Fazendo meu filme’ se tornou um dos meus livros favoritos da vida.
    Hoje também sou blogueira e pretendo fazer desse passa tempo uma profissão daqui alguns anos.
    Beijos.

    https://garotaeraumavez.blogspot.com/

  • Elizete Silva
    22 jul 2019

    Olá! Acredito que o livro que deu start para eu amar a leitura, foi O Menino no espelho, de Fernando Sabino, depois disso vieram vários autores que me fazem perder a noção de horário e são responsáveis pela diversas aventuras que eu já vivi, da sua lista, já tive a oportunidade de ler Fiquei Com o Seu Número, da Sophia Kinsella (que é um desses autores que eu amo) e A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, que é um livro muito gostoso de ler, e estou doida para conferir Os Noivos do Inverno.

  • Gisele Thais
    11 jul 2019

    O livro que me trouxe pra esse mundo de livros foi O Símbolo Perdido, Dan Brown. E desde então não parei mais!! Adorei sua lista!

  • Angela Cunha
    10 jul 2019

    Como alguém consegue sobreviver não sendo leitor? rs
    Juro pra você que não entendo isso de jeito nenhum. Mas a gente sabe que tá cheio de amigos por aí que sequer pegaram um livrinho na vida, exceto na obrigatoriedade da fase escolar.
    Adorei as dicas e de todos os livros citados, não li nenhum.rs
    Mas morro de vontade ler Os Noivos do Inverno, desde que li a resenha aqui no blog e espero fazer esta leitura em breve!!!
    Beijo

  • Ludyanne Carvalho
    09 jul 2019

    A probabilidade… e Heroínas são incríveis, e realmente são perfeitos para iniciantes.
    Fiquei com o seu número parece ser bem divertido.
    Mas me permite discordar? Não acho que Os noivos do inverno seja bom para iniciar na literatura, apesar de ser uma leitura fascinante, há muitos detalhes; às vezes isso tira a concentração. Pelo menos eu senti isso.

    Beijos

  • Tereza Cristina Machado
    09 jul 2019

    Eu confesso que me rendi a leitura no início de 2018, foi quando de fato se tornou um “refúgio” pra mim, antes eu só lua esporadicamente e também resolvi abrir mão de alguns gastos só pra comprar livros hahahahaha.
    Dessa sua lista eu li recentemente fiquei com o seu número, bem divertido, nunca vou esquecer do quanto eu rir com a Poppy cantando pro japonês lá com a musica da Beyoncé hahahahahaha.
    Amei a capa do último livro hahahahaha.

  • Siga o @laoliphantblogInstagram