Lista 13dez • 2018

Os meus 5 romances de época favoritos de 2018

Existe algo mais difícil no universo do que pedir para um leitor fazer uma lista com os seus livros favoritos? Não tem! Eu estou há dias quebrando a minha cabeça para tirar essa publicação do rascunho mas, honestamente? Eu não consigo mesmo me limitar aos 5 livros. Sendo assim, saibam que no meu coração, essa lista chega aos 20 livros com facilidade e eu só não coloquei todos aqui porque isso ia ficar enorme.

Para essa lista, eu resolvi focar apenas nos romances históricos regenciais, o que exclui do gênero os livros que tem teor fantástico, tudo bem? Eu também resolvi não colocar nenhum livro da Julia Quinn nessa lista pelo simples fato de que ela já é uma autora mais do que consolidada no gênero e o meu objetivo aqui é que vocês experimentem coisas novas, tudo bem?

Tendo isso em mente, o meu critério final para essa lista foram os livros que mais me emocionaram e fizeram com que eu me apaixonasse pelo gênero como se fosse a primeira vez.

A Duquesa Feia, por Eloisa James

Baseado na história O Patinho Feio, esse é o terceiro volume da série Contos de Fadas.

Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia?

Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado.

Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses.

Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote.

E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação.

Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.

Um Sedutor sem Coração, por Lisa Kleypas

Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.

A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.

Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.

Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?

Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.

O Segredo do Conde, por Lorraine Heath

Numa noite de verão, Edward Alcott cede à tentação e beija Lady Julia Kenney em um jardim escuro. No entanto, a paixão que ela agita dentro dele, deve ser deixada nas sombras, isto porque ela ama seu irmão gêmeo, o Conde de Greyling. Mas quando a tragédia ataca, para honrar o voto que ele faz ao seu irmão moribundo, Edward deve fingir ser Greyling até a condessa entregar seu bebê.

Depois que seu marido retorna de uma estada de dois meses, Julia o encontra mudado. Mais ousado, mais atrevido e mais perverso, mesmo que ele limite seus encontros para beijos. A cada dia que passa, ela se apaixona mais profundamente.

Para Edward, as brumas do desejo provocadas naquela noite há muito tempo são rapidamente reavivadas. Ele anseia ser o marido dela de verdade. Mas se ela descobrir sua artimanha, ela o desprezará – e a lei inglesa o impede de se casar com a viúva de seu irmão.

No entanto, ele deve se atrever a arriscar tudo e revelar seus segredos se ele realmente deve levar tudo.

A Torre do Amor, por Eloisa James

Quando Gowan, o magnífico duque de Kinross, decide se casar, seu plano é escolher uma jovem adequada e negociar o noivado com o pai dela. Ao conhecer Edie no baile de apresentação dela à sociedade, ele acredita que, além de linda, ela também seja a dama serena que ele procura e imediatamente pede sua mão.

Na verdade, o temperamento de Edie é o oposto da serenidade. No baile, ela estava com uma febre tão alta que mal falou e não conseguiu prestar atenção em nada, nem mesmo no famoso duque de Kinross. Ao saber que seu pai aceitou o pedido do duque, ela entra em pânico. E quando a noite de núpcias não é tudo o que podia ser…

Mas a incapacidade de Edie de continuar escondendo seus sentimentos faz com que o casamento deles se desintegre e com que ela se recolha à torre do castelo, trancando Gowan do lado de fora.

Agora o poderoso duque está diante do maior desafio de sua vida. Nem a ordem nem a razão funcionam com sua geniosa esposa. Como ele conseguirá convencê-la a lhe entregar as chaves não só da torre, mas também do próprio coração?

Uma Proposta e Nada Mais, por Mary Balogh

Primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, Uma Proposta e Nada Mais é uma história intensa e cativante sobre segundas chances e sobre a perseverança do amor.

Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela.

Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa.

Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.

Gostaram dessa lista? Não esqueçam de me contar nos comentários a experiência de vocês com os romances de época. Eu quero saber qual foi o livro que fez vocês se apaixonarem pelo gênero e quais fazem parte da sua lista de favoritos desse ano, tá bom?

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

7 Comentários

  • Luana Martins
    31 dez 2018

    Oi, Débora
    Ainda não li nenhum desses romances de época.
    Mas tenho muito interesse em todos os livros que você citou começando pela série Clube dos Sobreviventes.
    Tenho o livro da Paola Aleksandra para ler, mas sempre passo outras leituras na frente.
    Beijos

  • Nil Macedo
    30 dez 2018

    Essa série dos contos de fadas da Eloisa James parecem ser todos excelentes. Também estou lendo a série da Lisa, os Ravenels e estou gostando bastante.
    Não sei porque mas não consigo gostar das capas desses livros da Mary Balough. 🙁

  • Aline Bechi
    18 dez 2018

    UAU! Um sedutor sem coração já está na minha lista a um tempo.
    Confesso que só li um romance de época, mas A Duquesa Feia foi o que mais me chamou atenção (e é um livro que eu tinha visto por ai e nunca dado muito “valor”). Vou adicionar a minha lista!

  • Pamela Liu
    17 dez 2018

    Oi Débora.
    Eu AMO romances de época.
    Todos esses livros estão na minha lista de desejados.
    ADORO os livros da Lisa Kleypas e estou doida para ler essa nova série dela.
    Da Eloisa James só li Um Beijo à meia-noite, mas não gostei muito. Mas quero dar uma chance aos outros livros dela.
    Das outras autoras ainda não li nenhum livro. Super curiosa para conhecer a narrativa delas.
    Beijos

  • Angela Cunha
    15 dez 2018

    Eu acho que se tivesse que indicar um bom romance de época, ficaria totalmente perdida..rs
    Quase não li o gênero neste ano que está terminando,apesar de amar o gênero!E espero que no próximo ano, eu consiga incluir mais livros assim nas minhas leituras!
    Mas sou doida para ler esta série de contos de fadas da Eloisa e não vejo a hora de fazer isso!
    Amei as indicações.
    Beijo

  • Kleyse Oliveira
    14 dez 2018

    Eu não lembro qual romance de época li primeiro para fazer eu me apaixonar por esse gênero, mas com certeza foi nacional. Adorei as dicas são todos maravilhosos que ano que vem quero comprar ou ganhar para ler.

  • Ludyanne Carvalho
    14 dez 2018

    Totalmente impossível escolher livros favoritos, escolhemos alguns e ainda tem mais uns 50 na memória.
    Gostei das indicações, são livros que não li, mas pretendo ler mais romance de época em 2019.

    Beijos

  • Siga o @laoliphantblogInstagram