Lista 02jul • 2019

3 motivos para ler Lendo de Cabeça para Baixo

O livro da Jo Platt caiu nas minhas mãos por causa da parceria do blog com a editora Rocco e eu não poderia ter escolhido uma leitura tão perfeita quanto Lendo de Cabeça para Baixo para esse blog, de verdade. Todo mundo que passou por uma decepção amorosa, ou mesmo sentiu que a vida estava fora do seu controle vai conseguir se identificar com essa protagonista, eu juro.

Lendo de Cabeça para Baixo conta da história da Rosalind Shaw, uma jovem que achou que estava vivendo o momento mais lindo da vida dela até descobrir que o seu noivo a havia abandonado no dia do seu casamento sem nenhuma explicação. Rosalind mergulha em uma depressão profunda depois desse acontecimento, passando dias a fio sem sair de casa e mal conseguindo levantar-se do sofá.

Com a ajuda do seu amigo Tom, ela acaba se tornando coproprietária de uma livraria de livros antigos e se mudando para uma cidade no interior. Isso faz com que Ros conheça novas pessoas, e comece de novo, mas é quando o seu vizinho acidente mente mata o seu porquinho da índia é que Ros começa a ver uma verdadeira mudança.

Lendo de Cabeça para Baixo é um livro que fala muito sobre o processo de luto e como lidamos com os nossos sentimentos, mas não é um livro baixo astral, pelo contrário, é um enredo divertido, com muitos mal-entendidos e situações que fazem o leitor rir até a barriga doer. E se você ainda não está convencido de que é uma leitura para se ter na estante, aqui estão alguns motivos pelos quais você deveria dar uma chance para esse livro.

Ros Shaw tem um pouco de todos nós

Qualquer pessoa que já passou por uma decepção, seja amorosa ou qualquer outra, vai se identificar com a Ros de alguma forma. O impacto que o abandono do noivo teve na vida dela é visível e, por mais que ela sempre tenha sido uma mulher forte e bem resolvida, o fato de não saber por que o noivo a deixou – e no dia do casamento deles, foi muito mais do que Ros conseguia aguentar.

O processo de “cura” dela é lento e o leitor tem a oportunidade de vê-la melhorar a cada dia, no seu próprio tempo. Apesar de ser um livro que traz uma protagonista com um emocional despedaçado, Jo Platt consegue abordar com muito cuidado – e carinho – o processo de reabilitação da protagonista. É muito interessante ver Ros dando pequenos passos e aos poucos se permitindo novas experiências e alegrias.

Enaltece a amizade entre mulheres

Ros e George tem uma amizade linda, apenas. Embora Ros esteja se permitindo algumas coisas aos poucos, sua amizade com George definitivamente foi fundamental para que ela começasse a ver a sua própria vida com outros olhos. Eu me apaixonei pela forma como elas construíram uma amizade honesta e como a Ros, mesmo com a suas limitações, se esforçava para apoiar a amiga, não importando a situação.

A George é uma mulher incrível, às vezes eu só queria desesperadamente abraçá-la. Eu não sei como Jo Platt conseguiu criar uma personagem secundária dão alto astral e carismática e não a fazer perder o brilho mesmo com todas as coisas que ela passa durante o enredo. É lindo ver como ela e Ros se apoiam nos momentos difíceis.

A escrita da Jo Platt é simplesmente maravilhosa

Conhecer a escrita de Platt foi um dos pontos altos do meu ano. Eu amei o fato de que ela entregou para os seus leitores um livro com uma conexão emocional tão linda e inspiradora. Terminar Lendo de Cabeça para Baixo com a sensação de que as coisas vão melhorar é um presente que ninguém pode tirar de um leitor.

Jo Platt escreve de uma forma envolvente e divertida, conseguindo tirar dos momentos tristes do enredo, motivos para fazer o leitor rir e se divertir com as situações cômicas da protagonista. São poucos os autores que conseguem mostrar o lado positivo de um enredo que tinha tudo para ser um grande saco de tristeza.

Lendo de Cabeça para Baixo está na minha lista de melhores leituras do ano e todo mundo que já colocou esse livro na estante, não se arrependeu. Então, se você está procurando por um livro para te fazer sentir abraçado, com uma protagonista linda e uma escrita divertida, com certeza esse é o livro para você!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

4 Comentários

  • Jabes Guedes
    05 jul 2019

    Olha me apaixonei por essa história, já quero saber como ela vai superando tudo, e que capa!! Ótima resenha, parabéns!

  • Gisele Thais Costa
    05 jul 2019

    De cara já me apaixonei pela capa desse livro, e sua resenha com esses motivos me fizeram querer ler logo. Adoro histórias que conversam com algo que já passamos ou sentimos, parabéns pela resenha maravilhosa!

  • Angela Cunha
    03 jul 2019

    Desde que vi a capa deste livro já me apaixonei, aí começaram a pipocar as resenhas e pronto, me identifiquei na mesma hora.
    Ros tem muito de cada um de nós. Esse sobreviver, recomeçar, pegar de volta o que é seu, no sentido literário do sentimento, do estar ali, do sentir…
    E fora este recomeço, tem isso dos livros, que acho tão gostoso..rs
    Com certeza, lerei a obra e vou ficar assim também, toda feliz!!!!
    Beijo

  • Tereza Cristina Machado
    02 jul 2019

    Aí fiquei com vontade de por no colo, e achei legal saber que ela vem se recuperando aos poucos no enredo (até pq na vida real é assim e gosto de ver na ficção também rs!)… eu fiquei pensando que seria um livro bem depressivo mas se vc tá dizendo que é divertido eu acredito, pq depois de tanta perdas quem ler precisa se divertir um pouco.
    Gostaria de ler o livro 😉

  • Siga o @laoliphantblogInstagram