Literaría 28ago • 2018

Hush Hush: 3 motivos para a adaptação de Sussurro não acontecer

Aparentemente alguém perdeu o memorando de que o momento certo para fazer uma adaptação de livro sobrenatural ficou lá em 2008, quando outra pessoa achou que era uma boa ideia dar vida aos personagens de Stephenie Meyer. Todo mundo lembra dessa fase, não é mesmo? Vampire Diaries estreou como série de TV no ano seguinte (2009) e o amor de todas as adolescentes da época se dividiam entre lobisomens, vampiros e anjos caídos. As garotas queriam ser a próxima Bella e os meninos estavam tentando entender o que tinha de tão interessante nesse tal vampiro que brilhava no sol, Edward. Foi uma fase muito intensa, até mesmo Felipe Neto se deu ao trabalho de fazer um vídeo falando sobre isso – todo mundo lembra né?

Foi uma boa época, mas infelizmente passou. Quando Divergente estreou nos cinemas, as pessoas já estavam um tanto quanto saturadas de adaptações literárias e, depois do fracasso em tentar transformar o romance de Tris e Quatro em um sucesso, o mundo dos livros foi deixado um pouco de lado e os roteiristas começaram a procurar um outro nicho de pessoas para destruir os sonhos. Mas, aparentemente, todo mundo percebeu isso menos a turminha dos anjos caídos.

Começou com aquela terrível adaptação de Fallen, e eu sei, muita gente é apaixonado pelos livros da Lauren Kate, mas mesmo com um fandom razoável, a adaptação não teve uma performance tão boa como esperado. Além disso, fazia anos que essa adaptação tinha sido anunciada e só em 2016 é que finalmente os fãs conseguiram uma data de estreia  do filme que, na minha opinião, não entregou metade do que foi o primeiro livro.

E agora eles acharam que era uma ideia brilhante adaptar Sussurro (hush hush).

Será que eles não aprenderam nada com a adaptação de Fallen? Muitos de vocês vão dizer que eu estou louca e eu entendo. Quando eu li a série em 2011 (eu acho), tudo o que eu queria era ver Patch Cipriano sem camisa na tela do cinema, mas isso foi há 7 anos atrás né? E para que vocês consigam entender melhor onde eu estou querendo chegar com isso tudo, aqui estão três motivos muito bons pelos quais eu acredito que a adaptação de Sussurro vai ser um tiro no pé:

O hype dos romances sobrenaturais já passou tem quase uma década

Foi em 2012 quando Amanhecer parte dois estreou nos cinemas e assim começava o fim das adaptações de sobrenaturais. E como eu sei disso? Você viu alguma outra adaptação com personagens sobrenaturais ganhar os cinemas desde então? Eu não vi. Quando Crepúsculo chegou ao capítulo final, o mercado editorial já estava mais do que investido nas distopias e ninguém mais falava sobre vampiros e lobisomens. A grande discussão da época era se você era #TeamPeeta, #TeamGale ou se o crush maior era no Finnick.

O público do sobrenatural daquela época (2009), hoje está com seu tempo e dinheiro investido em outras novidades do mercado editorial, como os livros de fantasia de autoras como Victoria Aveyard e os tão amados Young Adults que tem conquistado cada vez mais espaço. A prova disso está no sucesso que é a adaptação de Para Todos os Garotos que Já Amei. O público não quer mais se apaixonar por um ser sobrenatural, nós queremos mais Peter Kavinskys no mundo.

A onda de adaptações literárias naufragou junto com Divergente

E eu não posso ser a única pessoa que percebeu isso, sério. Depois do fracasso de bilheteria que foi a adaptação de Divergente, a indústria do cinema que, conseguiu nos saturar de adaptações em pouquíssimo tempo, percebeu que a estratégia deles era a pior de todas e seguiu seu caminho buscando novos roteiros a serem adaptados e os nossos universos literários forma, mais uma vez, deixados de lado – até Game of Thrones acontecer, mas acho que isso é assunto para outro post, né?

O que eu quero dizer é que, com a Netflix e todos os canais que temos hoje em dia, a indústria cinematográfica não está mais focada em enredos que eram sucesso em 2008, até porque, o mundo mudou muito de lá para cá e o comportamento das pessoas também. Eu mesma já não vejo os livros que eu achava maravilhosos naquela época com os mesmos olhos, vocês veem?! Se tinha um momento certo para essa adaptação de Sussurro acontecer, ela já passou tem quase 10 anos.

Todas as definições de crush foram atualizadas e Path Cipriano ficou no passado

Eu amei Patch Cipriano tanto quanto você, eu juro, mas isso foi em 2011 quando o mundo era outro e as expectativas eram outras. Com todas as discussões que estão sendo feitas hoje, a exigência do público leitor por heróis melhores e protagonistas menos apagadas, vocês realmente acham que Cipriano ainda seja um crush legal?! Eu lembro de algumas atitudes dele no livro e a forma como ele falava com a Nora em alguns momentos e penso “como eu pude achar que esse cara poderia ser o amor da minha vida?”.

E eu entendo, aquela cena onde ele diz “eu tiro a roupa para impressionar” deixou muita adolescente com o cabelinho dos braços arrepiados, mas isso era o que a gente queria quase 10 anos atrás e, me corrijam se eu estiver errada, mas essa coisa de protagonista que se apaixona pelo cara com a vibe de “bad boy” já tá mais batida que roupa na máquina de lavar, não é?! Eu quero me apaixonar pelos mocinhos, os heróis fofinhos que são fofinhos mesmos e que me fazem soltar um “own” atrás do outro durante a leitura, e vocês?

Sei que muitas de vocês provavelmente não vão concordar com o que eu estou dizendo aqui. É Sussurro, sabe? Todo mundo um dia amou esse livro com todas as forças do seu ser e, mesmo que a adaptação não fique tão boa assim, a gente quer ver Patch e Nora ganhando vida no cinema. Mas eu acho que tem certos baús que não devem ser revidados e o de Hush Hush é um deles.

Não esquece de deixar nos comentários o que você pensa sobre o assunto e quais são as suas expectativas para essa adaptação, tá bem?!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

10 Comentários

  • Bianca Melo
    03 set 2018

    Quando eu vi esse post, logo pensei: oooow, aí vem polêmica! Eu também amei hush, hush (apesar de, me julguem, nunca ter gostado muito do Patch, sempre fui #TeamScott ashausa), mas concordei com tudo o que foi dito. Além de Crepúsculo e TVD, que estão nas boas lembranças dos fãs até hj, não houve nenhuma outra adaptação do gênero com tanto sucesso assim. Fallen foi uma decepção (não consegui assistir meia hora de filme), e até as distopias me deixaram saturada nesses últimos tempos.
    Eu não sei se hush, hush será um fracasso total, mas contanto que eles entreguem o que tem nos livros – UMA ADAPTAÇÃO FIEL É RARA DE SE VER, NÃO É MESMO? – talvez valha a pena trazer esse universo à tona. Só não dá pra ficar só na promessa.

  • Lily Viana
    31 ago 2018

    Olá!
    Olha, eu conheci essa serie por acaso quando estava na americanas então iniciei a leitura e amei bastante, apesar que ainda não terminei de ler a serie completa mais mesmo assim eu te entendo perfeitamente, a serie foi lançada épocas passadas e para agora ser adaptada e bem esquisito, eu mesma tenho medo de que fazem merda com essa serie porque adoro bastante ela e prefiro que fique apenas nos livros e tenho prova com o livro Fallen, li ele e vi a adaptação e foi uma merda, não gostei nada.

    Meu blog:
    Tempos Literários

  • Iêda Cavalcante
    30 ago 2018

    Oiee!
    Concordo em gênero, número e grau com você. Hush Hush já deu o que tinha que dar. Na época eu ate tentei ler a série, mas não consegui nem terminar o primeiro livro, isso lá, ano atrás, imagine agora.
    Isso tudo já deu o que tinha que dar, as adolescentes que suspiravam já estão adultas e umas ate casadas, se eles acham que a gente congelou no tempo, vão ter uma grande decepção.
    Bjs!

  • Elizete Silva
    30 ago 2018

    Olá! Realmente concordo que os produtores estão um pouco (10 anos!) atrasados, eu li a série lá atrás e gostei bastante, mas a vibe hoje é outra, as fãs da história de Patch e Nora já estão mais grandinhas e buscam outro tipo de crushses (eu mesma não curti nem a escolha dos atores!) e depois do fracasso de Fallen (sério se eu tivesse a opção eu gostaria de “desassistir ” aquele filme!), não acho que eu me arriscaria a ver Hush Hush, e estragar uma série que gostei tanto.

  • Elidiane Lima
    29 ago 2018

    Oi, Débora!
    Das adaptações que você citou assisti apenas as da saga Crepúsculo, Divergente assisti só o primeiro filme e confesso que não gostei…
    Hush Hush eu conhecia faz tempo, li o primeiro livro anos atrás mas apenas no ano passado eu pude ler a série completa; é claro que eu me apaixonei pela série e estou aguardando ansiosamente a adaptação, mas com muito receio de eu acabar não gostando, confesso – será que o roteiro ficará legal? Os autores farão uma excelente atuação?… Torço para que as respostas sejam sim.
    Ps: Path Cipriano continua sendo um dos meus crush preferidos, e olha que eu nem curto tanto trama do tipo “protagonista que se apaixona pelo cara com a vibe de ‘bad boy’ “

  • Carla G. Costs
    29 ago 2018

    Concordo, temo pelo o que virar. Fallen foi muito ruim, muito mesmo. E Hush Hush, creio eu, que nao vai da certo.

  • Daiane Araújo
    29 ago 2018

    Oi, Débora,

    Ainda não terminei de ler a série, amei Hush, Hush, mas concordo contigo. Quando tudo tava no auge, mais acalorado naquela época, era com certeza o momento ideal para uma adaptação dessa série.

  • Jade Sibalde
    29 ago 2018

    Oi Débora, concordo plenamente com tudo que você falou. Dez anos é muita coisa, não dá para encarar como se os sucessos fossem eternos e os anseios dos fãs não mudassem. Em dez anos os leitores mudaram, os livros mudaram e a menos que seja um clássico há um motivo para se esquecer um livro. Recentemente estava revendo minha lista de desejados no Skoob e tinha livros que não me interessavam mais e havia se passado apenas um ano desde que os quis. Leitores amadurecem, literatura jovem amadurece. Esses livros fizeram muito sucesso por algo além de uma história bem feita para o momento, eles inauguravam um novo tempo com livros mais jovens tendo melhor divulgação, a internet avançava e a integração entre leitores também com as redes sociais. Hoje a novidade passou, os leitores que lembram já não são adolescentes, as preocupações e responsabilidades nos deixaram de legado maior senso crítico, é um caminho sem volta

  • Yara Guez
    28 ago 2018

    e por isso que eu te amo! falou tudo, eu fui a maior fa de sussurro, ate blog da serie eu tinha com um amigo. e na real, esse filme vai ser o flopp do ano kkkkkkk

  • Kleyse Oliveira
    28 ago 2018

    Annyeong Débora!
    Como eu não li esses livros só ouvia falar, então não estou tão eufórica como as pessoas que leram essa trilogia está após o anúncio da adaptação.
    E super concordo com você, a era das adaptação de romances sobrenaturais passou ha muito tempo e perdeu a graça.

  • Siga o @laoliphantblogInstagram