Literaría 04nov • 2018

Como explicar porque mulheres gostam de ler romances

Se você é leitor de romances – e isso inclui qualquer subgênero – provavelmente, pelo menos uma vez, alguém já te perguntou “porque você lê esse tipo de livro?” ou, às vezes, “como é que você consegue ler esse tipo de livro?”, ou melhor, “você não prefere ler livros de verdade?”. Às vezes a pessoa te pergunta por curiosidade mesmo. Às vezes você é abordada por um estranho no metrô de Botafogo que, por algum motivo, se acha no direito de criticar sua escolha de leitura, mesmo que ele nunca tenha te visto na vida.

São 17h (talvez 16h se você não for afetado pelo horário de verão), você está voltando de um dia de trabalho cansativo e é obrigada a decidir se agredir aquela pessoa fisicamente vale a pena o risco de amassar o seu livro e ser presa por agressão. Dependendo de quem for, essa decisão pode ser ainda mais difícil.

É claro, você sempre pode tentar explicar para às pessoas que o mundo é um lugar frio e vazio e que às vezes tudo o que você precisa é se transportar para um universo onde as pessoas boas são recompensadas com vidas maravilhosas e começar a chorar de forma escandalosa (de verdade ou não, a escolha é de vocês) até a pessoa sair correndo para o outro lado do metrô.

Mas eu não estaria aqui se eu não tivesse uma terceira opção, não é mesmo? A Jessica Avery criou uma lista de respostas sensacionais para esse tipo de situação, e eu achei que vocês poderiam achar essas dicas muito úteis. Então peguem papel e caneta porque hoje nós vamos aprender a pisar com classe na patrulha da leitura.

Porque, aparentemente, os únicos homens que prestam são os fictícios.

Essa resposta é particularmente útil se a pessoa estiver tentando dar em cima de você e, ao mesmo tempo, menosprezar sua escolha de leitura, pois todos sabem que isso deixa um homem ainda mais interessante, não é mesmo?

Mulheres gostam de romances porque talvez existam alguns bons homens não-ficcionais por aí, que sejam respeitosos, amorosos e bondosos, e romances nos ajudem a ter esperança de encontrar um.

As mulheres lêem romances porque não dão a mínima para encontrar um bom homem para amar, mas a mulher dos seus sonhos parece determinada a continuar um sonho.

Desculpa, mas a GAL GADOT não é a mulher dos seus sonhos?

As mulheres lêem romances porque estão em um relacionamento, são perfeitamente felizes e gostam de ler sobre outras pessoas que sofrem com as dores do amor.

As mulheres lêem romances porque gostam de ver as mulheres apresentadas na página como inteligentes, capazes e espertas. Não triste, bidimensional, e principalmente morta por causa da progressão da trama de um cara ou transformação emocional.

As mulheres lêem romances porque nos romances não há limites para o que uma mulher pode fazer ou ser – e os romances nos encorajam a sonhar alto. Quer ser uma princesa? Você pode ser uma princesa E umafutura epidemiologista talentosa (A Princess by Default por Alyssa Cole). Quer balançar uma espada na dinastia da China? Você pode empunhar essa lâmina como uma profissional (Butterfly Swords de Jeannie Lin).

As mulheres lêem romances porque os romances são muitas vezes extremamente dramáticos e incrivelmente românticos. Como um dos gêneros mais lucrativos, com uma história longa e distinta e um público fiel, o romance não tem nada para “provar” a ninguém. Pode abraçar sua linhagem de fogos de artifício emocionais e declarações apaixonadas com orgulho.

E “melodrama” não é um palavrão.

As mulheres lêem romances porque mesmo que às vezes eles partam nossos corações, sempre dão um jeito de colá-lo novamente.

As mulheres leem romances porque o romance é o gênero mais otimista e esperançoso do mercado, a ponto de sua insistência em finais felizes frequentemente precisar ser defendida de pessoas que acham que o cinismo é o mesmo que realismo.

As mulheres lêem romances estranhos, hipotéticos e desagradáveis ​​no metrô, porque nós queremos, nós os apreciamos, e sério? Não é da sua conta.


via GIPHY
Mas obrigada por perguntar, viu?

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

8 Comentários

  • Aline M. Oliveira
    09 nov 2018

    Adorei esse post! Eu não leio romances de qualquer tipo com muita frequência, porque não é algo que eu leia mesmo, mas adoro um romance de época e aqueles clichês bem água com açúcar.. E tem gente que me pergunta porque eu não leio mais romances, por eu ser mulher, tipo, oi? Então dá mesmo pra ficar bem fulo da vida, porque o que tem haver o tipo de livro que a gente tá lendo? Justamente como você falou, quero mais é me refugiar dentro dos mundos lindos, cheio de coisas boas e personagens maravilhosos, e esquecer por minutos que sejam, este mundo feio que a gente infelizmente tem que ver todo dia..

    Bjoxx

  • Maira Schein
    09 nov 2018

    Fico triste ao pensar que um dia já fiquei com vergonha por ler romances só porque alguém que eu achava interessante julgava esse tipo de leitura. Mas ainda bem que a gente vai evoluindo com o tempo e hoje, sinceramente, eu não me importo nem um pouco com o que qualquer pessoa possa pensar sobre as minhas escolhas literárias. Meus romances me deixam feliz (ou com o coração quebrado hahaha), e é a única coisa que importa e deveria importar pra qualquer leitor.

  • Pamela Liu
    06 nov 2018

    Oi Débora.
    Adorei todos os motivos listados pela Jessica Avery rsrs
    Gosto muito de ler romances. Para sofrer junto com os personagens, torcer por um final feliz, dar risadas ou chorar litros rs
    Beijos

  • Vitória Pantielly
    05 nov 2018

    Olá Débora,
    Amei esse post kkk
    Vivem me questionando sobre isso, mas confesso que no fundo eu gosto, porque posso dar uma bela aula para a pessoa, e acredite, os que me perguntaram, se arrependeram. O melhor de tudo é acabar com a frase “não é da sua conta”, com toda a graça e elegância kkkk
    Tudo o que pontuou é correto, isso e muito mais… Afinal, romance é vida <3
    Beijos

  • Luana Martins
    05 nov 2018

    Oi, Débora
    Ahhh, adorei esse post!
    Porque as pessoas tem que intrometer se lemos romances ou não, não é da sua conta oras.
    Vou anotar essas respostas para estar na ponta da língua, kkk.
    Leio de tudo um pouco, mas romance é predominante, e dá aquele quentinho no coração, encontro crush que na vida real não tem igual.
    Beijos

  • Kleyse Oliveira
    05 nov 2018

    Haha adorei essa lista. Eu nunca fui questionada sobre porque leio romances e acho que não saberia explicar mais o primeiro livro que li depois que cresci foi um romance é me apaixonei por esse gênero, mais leio outros também.

  • Angela Cunha
    05 nov 2018

    Mulheres amam um bom romance, fato!rs
    Eu acredito que hoje em dia isso já não seja mais um tabu, pois antigamente, as coisas funcionavam diferentes. Arrumava-se um monte de explicação. Relacionamentos não tão bons, sonhadoras, fúteis.
    Hoje as mulheres são fãs de romance, apenas por serem e pronto, sem muitas explicações!rs
    Eu sou fã assumida de um bom romance e se ele vier acompanhado de um bom drama, melhor ainda!!!
    Adorei o post!!!
    Beijo

  • Ludyanne Carvalho
    04 nov 2018

    Ah, eu amei essas respostas!
    Amo romance, amo me encantar e suspirar com essas histórias. Às vezes me encontro, às vezes me perco, às vezes é apenas um momento de distração; o que importa é que o romance traz sentimentos para o meu coração.
    Qualquer leitura é válida, acho extremamente desconfortável quando julgam a leitura alheia.
    Esse post é sensacional!

    Beijos

  • Siga o @laoliphantblogInstagram