Literaría 07ago • 2019

Eu precisava desabafar sobre o blog

Quando eu penso no La Oliphant, eu sempre penso na minha primeira resenha. Eu estava sentada na cozinha da minha mãe, tinha acabado de ler O Circo da Noite e eu senti uma urgência de compartilhar a minha experiência com aquele livro. Eu lembro que não foi bem uma resenha, mas foi uma resenha, sabe? Eu nem sei contar quantos livros vieram depois dele.

E o nome do blog? Ah, foi na manhã de algum dia da semana. Eu estava quebrando a minha cabeça para encontrar o nome que resumisse o que eu queria com esse blog e lá estava Anna e o Beijo Francês. Para quem não sabe, o nome da protagonista desse livro é Anna Oliphant e daí o nome do blog, embora alguns de vocês tenham apelidado de La “Elefante” – o que eu amei.

Eu comecei com o blog numa época em que as pessoas ainda escreviam sobre o seu dia a dia, faziam projetos de fotografia e realmente colocavam todos os seus pensamentos numa folha em branco. Eu confesso que me sentia parte de uma comunidade e, por muito anos, o La Oliphant era algo que eu fazia por amor – embora eu não esperasse que pessoas fossem ler o que eu estava escrevendo aqui.

Mudamos de layout muitas vezes graças ao meu sol em gêmeos. Eu criei e recriei coisas aqui e procurei trazer propostas novas, livros novos e, mesmo nunca completando um projeto de leitura na minha vida, eu tive experiência literárias e não-literárias que jamais caberiam em uma publicação. Meu Deus, eu tive a oportunidade de conhecer a Erin Beaty pessoalmente, algo que a Débora de 2014 jamais sonharia.

Eu não sei qual foi o momento em que o blog começou a mudar pra mim, mas aos poucos isso foi se tornando mais pesado do que prazeroso, entende? Eu amo falar sobre livros, mas eu sinto que ninguém mais fala sobre livros como antes. Na época que eu comecei o blog, era o blog. Hoje eu tenho Instagram, Twitter, Facebook, Stories, Snapchat etc. As coisas mudaram, eu mudei.

Dois meses atrás foi a primeira vez que eu decidi que eu não queria mais sentar na frente do computador e escrever uma publicação aqui. Eu sentia que estava me matando para criar uma coisa que eu já não me sentia mais realizada fazendo. Foi um soco na boca do meu estômago, sabe? São quase 6 anos falando sobre livros e eu ainda não estou preparada para um fim.

Talvez esse seja o texto mais honesto que eu escrevi nesse blog nos últimos tempos, não sei.

O blog vai desaparecer? Não. Eu ainda não sei o que eu quero fazer aqui, mas eu quero fazer alguma coisa. O Instagram é um lugar lindo, porém não me dá espaço para expressar tudo o que eu senti com uma leitura. Eu também não sou uma pessoa do YouTube, sinto muito, não é um lugar que eu me sinto confortável e próxima das pessoas. O Twitter é o que é – achei que valia citar ele aqui.

Eu não sei o que fazer, sabe? Eu amo o La Oliphant, eu amo falar sobre livros, mas eu sinto que isso aqui não está certo. Falta alguma coisa que eu ainda não consegui descobrir o que é. Ultimamente eu tenho sentido falta de algumas coisas que eu nunca achei que eu fosse sentir falta… como escrever crônicas, por exemplo.

Mudanças são estranhas. Eu sou estranha.

Eu não sei o que o futuro vai resenhar para esse cantinho nos próximos meses, mas eu tenho certeza de que ele vai reservar alguma coisa. E deixo aqui o meu obrigada se você chegou ao final deste desabafo.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

4 Comentários

  • Elizete Silva
    08 ago 2019

    Olá! Então bate aqui, porque eu também sou estranha! Acho que chega um momento (na verdade vários) na nossa vida que realmente temos que repensar o que nos faz bem, o que queremos mudar, o que queremos daqui para frente. É muito válido e faz parte do nosso crescimento, eu amo fazer parte do blog e acompanhar as novidades e dicas de leitura. Esse é o momento para você decidir o que é melhor para VOCÊ e saiba que estaremos (eu pelo menos) aqui (no Instagram, Twitter, via sinal de fumaça), sempre que você precisar.

  • Tereza Cristina Machado
    08 ago 2019

    Eu bem lembro de vc falando sobre isso no Facebook, da falta de post, já dava entender que alguma coisa não ia legal… e esse fim de mês percebi melhor ainda que as coisas tinham mudado bastante por aí …
    Vou sentir falta das postagens aqui, pq eu pegava muitas dicas… Instagram, Twitter e afins não é muito minha praia, portanto não se sinta a estranha, afinal todo mundo tem o seu lado de diferente do resto da face da terra rs!
    Faça o que te deixar leve, que te faça bem, se tá pesado é hora de dar uma pausa sim e achar uma nova rota.
    Super entendo você! 😉
    E no que resolver, vou tá de olho por aqui!

  • Nathalia Silva
    08 ago 2019

    Sei bem como é isso. A paixão vai se perdendo aos poucos e nada volta a ser como antes. A gente muda, prioridades mudam… Eu tenho um blog e já cheguei a passar mais de 6 meses sem publicar nada. Nunca consegui voltar a ativa como eu era no início e acho que nunca mais vou voltar naquele ritmo. Mais é assim mesmo, no dia que eu estiver com saudades eu volto lá e dou as caras, por mais que quase ninguém apareça por lá. É um preço a se pagar por ficar tanto tempo longe.

    Boa sorte em sua jornada.

  • Angela Cunha
    07 ago 2019

    Mesmo conhecendo o blog há pouco tempo, é um lugar que gosto, pelas dicas, por tudo. Por toda sua dedicação. Mas é nítido que o prazer e a alegria em escrever aqui, já não estão mais presentes comparando a época em que vim parar aqui.
    Faça o que te deixar feliz, apenas isso. Não faça pelos outros, por ninguém, faça por você!
    Pense, descanse….e que seja feito o melhor, apenas isso.
    Beijo e oh, tente ficar em paz, ok??

  • Siga o @laoliphantblogInstagram