minhas leituras
Categoria(s): minhas leituras

Eu te darei o Sol, por Jandy Nelson

Escrito por Jandy Nelson e publicado pela Novo Conceito, Eu te darei o Sol é um romance voltado para jovens que, de forma incrível, narra a história de Noah e Jude: um casal de gêmeos que são, desde o útero, unidos ao ponto de um saber o que o outro sente, de conversarem com olhares e dividirem sensações mesmo quando separados pela distância. Apesar de toda essa ligação forte, esse relacionamento invejável entre irmãos não é algo simples.

“Por isso é que quase ninguém nota que Jude fala por nós dois, por isso é que conseguimos tocar piano somente a quatro mãos, nunca sozinhos, por isso é que nunca brincamos de joquempô, porque nunca, em treze anos, escolhemos coisas diferentes.”

Na verdade, inveja é uma palavra que tem lugar definido na história e logo mais vocês saberão o motivo. Por ora, Noah e Jude são um casal de irmãos que vivem em Lost Cove, na Califórnia, e são tão artisticamente talentosos que seu destino obviamente é ir para a CSA, a escola de artes da Califórnia. Assim como todos os irmãos do mundo, praticamente, ambos competem pela atenção da mãe, e isso faz com que tudo pegue fogo.

tedareiosol

Se a história se desenvolve aí e aí mesmo termina? De forma alguma. Algo muito, muito ruim acontece (e eu juro que é algo péssimo) e uma série de eventos tensos é desencadeada. Uma pitada grande de amor-que-não-dá-certo é adicionada à mistura e ta-dã, temos aqui o enredo de Eu te darei o Sol.

Esse livro é narrado tanto por Noah, quanto por Jude, e essa narrativa dupla é dividida em revezamento de capítulos, o que fez com que o livro fosse mais organizado  do que se tivessem ficado mudando pontos de vista no mesmo capítulo, sabe? E a história parte dos 13 anos deles, começando pela narração de Noah. Todos os capítulos são assim: narrados por um dos gêmeos em determinada idade, diferentes épocas. Você consegue ver o desenvolvimento dos personagens, já que a Jandy não “perde o fio da meada”.

capitulos

É claro que, quando o livro é narrado por mais de um personagem, a gente tende a gostar mais de um, ou de criar um “laço” com o jeitinho dele. Isso aconteceu comigo em relação ao Noah, no começo. Eu fiquei tão encantada com o talento dele -que eu nem conseguia ver suas pinturas e seus retratos, mas imaginava e já era fã-, e seu jeitinho diferente, porém impactante, de ser, que foi uma surpresa imensa quando me tornei team Jude na medida em que eles cresciam. Acho que foi pelas atitudes que o Noah tomava ao longo do livro e eu não entendia tão bem, sabe?

“Noah havia parado de respirar. Então houve momentos em que eu estive na vida sem ele.

Pela primeira vez. Nem mesmo no útero estivemos separados. Terror não chega nem perto de descrever a sensação. Fúria não chega perto. Comoção, não. Não há como descrever.”

Sobre a vovó Sweetwine? QUERO UMA! Não que eu não adore minhas vovós, mas poxa, uma vó fantasma que te dá conselhos e te acompanha por onde for, assim como ela faz com a Jude, quem não quer? Principalmente se essa vó for do tipo supersticiosa, aí é diversão e segurança na certa.

A temática do livro, o modo com que a autora a desenvolveu, tudo isso me conquistou. E o pior (ou melhor) é que eu sabia que não haveria decepção, pois esse é meu segundo livro da Jandy e eu praticamente pulei de alegria quando a Débora perguntou se eu gostaria de resenhá-lo. Eu só não imaginava que seria mais impactante ainda pra mim. Quer dizer, é disputa pela atenção dos pais, ciúme entre irmãos, personagens que não se encaixam nos meios em que vivem, relacionamentos, amor que não dá certo e você não pode fazer nada, e apertos no coraçãozinho enquanto você lê!!! Eu não aguentei, eu li rápido, no desespero, com nó na garganta e mil suspiros.

contracapa

Tá certo que eu sou meio louca, mas como manter a sanidade com esses livros que despertam tantos sentimentos ao mesmo tempo e que te fazem dançar por dentro, até que, quando você nota, tá de queixo caído? Eu tenho muita coisa a falar sobre esse livro, mas ficaria aqui por uns dois anos. Poderia passar a vida falando dos personagens todos que vivem nessas páginas, ou das situações… Se você gosta de sentir, ou tá precisando sentir, ou precisa sentir o coração aquecidinho: Eu te darei o Sol. Digo, a Jandy Nelson já embrulhou ele pra presente em formato de livro, é só você aproveitar.

 

 

Gostou? Compartilhe!pinterest twitter facebook
Rafaela Rodrigues

Formada em Letras Port/Inglês/Literaturas, viciada em livros, textos e séries, clichê de sempre. É prima (bem) distante da Beyoncé e um dia vai ser dona de uma editora e lançar todas as continuações dos livros que gosta, mas que nem os próprios autores quiseram escrever.

Deixe seu comentário

  1. Olá, que resenha maravilhosa! Já li um livro da autora e gostei demais, de forma que estou louca para ler Eu te darei o sol. Com uma resenha dessas, fiquei com mais vontade de ler ainda, no livro anterior da autora, ela conseguiu me fazer ter sentimentos de uma maneira inigualável. Espero gostar desse segundo livro também.

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Mari, obrigada! Foi O Céu está em todo lugar, o livro que você leu? Se sim, realmente, também amei! Ela tem uma forma de tocar o leitor sem apelar muito pra um drama escrachado e eu adorei isso! Beijos.

  2. Olá
    eu fiquei muito encantado quando vi esse livro ,depois que eu me aprofundei no conteúdo dele ai é que me surpreendeu de vez kkk, isso sim me deixou bem curioso, espero poder comprar o livro adore essa capa
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog – http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      HAHA Netinho, surpreendente é uma palavra muito correta pra descrever a história do livro! Lê sim, assim que tiver a chance! Você vai adorar. Beijos!

  3. Leticia comentou:

    Oi Rafa…
    Fiquei curiosa para saber o que tão ruim acontece. Eu acho que este livro ia me agradar.
    Nossa, voce gostou mesmo do livro, diante de tantos elogios só me resta querer muito ler o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Então, Lê, muitas coisas ruins acontecem HAHAHA mas tem explicações e tudo o mais, bom desenvolvimento…são draminhas válidos. Sim, acho que falar que eu gostei é pouco haha
      Beijos!

  4. Fiquei bem triste quando abri minha caixinha que a editora enviou e não achei esse livro lá, apesar de ter solicitado :/ Espero poder ler em breve e me apaixonar por essa leitura assim como você! Adorei a resenha, ficou ótima!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Caramba, espero que você receba sei lá, mesmo que mais tarde, ou que consiga lê-lo! É ótimo e você não vai se arrepender! Obrigada e beijos! 😉

  5. Luanna comentou:

    Eu solicitei o livro, mas ainda não recebi. Estou bem ansiosa para a leitura do mesmo, pois já vi algumas resenhas e todo mundo tem adorado bastante. Sua resenha ficou muito boa, porém te confesso que iria ler o livro apenas pela capa, que é muito bonita. Jandy realmente tem uma bela escrita, decepção não é algo que rima com esse livro. Fora que acho que a temática vai me impactar bastante, estou muito ansiosa.

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Poxa, Luanna, que chato! Olha, também gostei bastaaante da capa (apesar de discordar com a editora, que teve a ideia de relançar um outro livro da Jandy com uma padronização da capa), mas não foi o que me chamou a atenção não haha.
      Sim, a Jandy é muito boa no que faz! Tô louca pra que apareçam mais e mais livros dela por aqui!
      Beijos.

  6. Francine Porfirio comentou:

    Oi, Rafa!
    Eu gostei muito de conhecer melhor esse livro. Não sabia o que esperar e acho que o enredo tem tudo para me agradar. Esse lance de inveja entre irmãos é muito comum, mas entendi que a autora soube abordar o tema com um quê sombrio (qual o limite da inveja?). Enfim, me interessei e espero ler.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Pois é, ela abordou com maestria e originalidade esses temas que estão tão em alta atualmente, sabe? De verdade, vale muito a leitura! Beijos!

    2. Rafaela Rodrigues comentou:

      Pois é, ela abordou com maestria e originalidade esses temas que estão tão em alta atualmente, sabe? De verdade, vale muito a leitura! Beijos! (:

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Olha, não só parece, realmente é! Você vai gostar, acho. <3 Volta aqui pra contar sua opinião depois de ler, combinado? Beijos!

  7. Oi, Rafa!
    Nossa, a sinopse do livro havia ganho minha atenção e já o queria ler, mas com sua resenha quero muito, muito mesmo lê-lo e o mais rapidamente possível!! E já ouvi falarem muito bem da escrita da autora, então estou super ansiosa pelo livro!!
    Excelente resenha!!
    Bjs

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oi, Ileana!
      Olha, a sinopse realmente chama a atenção, e nossa, ainda bem que o livro cumpre o que diz. Não que eu tivesse tido dúvidas, pois já disse ali que confio na Jandy hahaha Obrigada!

  8. Oiiii
    Eu realmente estou louca para ler esse livro.
    Adoro esses temas mais bombásticos, mais sérios, surpresas, suspenses, dramas. AMO
    Eu adorei sua resenha, ficou muito bem escrita e objetiva.
    Adorei as fotos hehehheehhe
    beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com/2015/06/parceria-loja-mimos-da-re.html
    http://colecoes-literarias.blogspot.com/2015/06/divulgacao-lancamento-e-promocao.html
    http://colecoes-literarias.blogspot.com/2015/06/sorteio-herdeira.html

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oizinho, Angélica! Tudo sim. Olha, vale esperar promo porque promo é seeeeempre boa coisa, mas quando você colocar as mãos nele…vai sentir que deveria ter lido assim que lançou hahahaha
      Beijos!

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Olá, Ana! Fico feliz que tenha gostado da resenha, e indico fortemente! <3 Beijos!