minhas leituras
Categoria(s): minhas leituras

Ateliê Fashion – Estampas Para Colorir, por Rafaella Machado

Demorou, mas não conseguimos escapar da grande onda dos livros de colorir. A resenha de hoje é do Ateliê Fashion – Estampas Para Colorir, o livro de estreia da designer Rafaella Machado, que foi lançado esse ano pela Galera Record. A proposta do livro é fazer com que você relaxe e deixe o estresse de lado, enquanto colore as diversas e inéditas padronagens criadas por Rafaella. É perfeito para quem, além de gostar de livros de colorir, também tem certo interesse por moda e design.

Ateliê Fashion

O livro possui 80 páginas grossinhas – ou seja, acredito que dê para usar aquarela e canetinha de boas-, todas elas com estampas em branco, prontinhas para serem coloridas com carinho e cuidado; os desenhos são, na maioria, detalhados, o que talvez agrade quem tem paciência, tempo e dedicação pra tantos detalhes – e cores variadas de lápis e canetinhas. A capa é uma coisa lindinha: a padronagem de matrioskas, bonequinhas russas que tanto me encantam, coloridas com uma paleta que chama atenção, mas de um jeito bom.

Ateliê Fashion

Eu já disse anteriormente que os desenhos do Ateliê Fashion são quase todos detalhados, e adiciono que, se folhearmos rapidamente as páginas, talvez venha aquela impressão de que as estampas sejam repetidas: gente, respira, voltemos ao título e veremos que são estampas para colorir; padrões. Padrões são repetições por definição, e as repetições da Rafaella nem foram exageradas!

Ateliê Fashion

Nunca tive habilidades para colorir, então, um livro do tipo nunca esteve na minha listinha de compras e digo isso sinceramente. Eu arrisco, entretanto, com alguns caderninhos de desenho, mas sempre rola uma preguicinha de pintar as criações, portanto, aproveitei que estava de molho por conta de uma cirurgia e decidi que a hora era aquela, de finalmente tentar aprimorar meus talentos inexistentes para arte. Até que não me saí tão mal, mesmo não conseguindo fazer pinturas tão bonitas quanto as que vejo por aí desde que esse tipo de livro começou a bombar pelas livrarias.

Ateliê Fashion

Inevitavelmente a vontade de comprar aquelas maletas de zilhões de lápis de cor, gizes, canetas e aquarelas nasce e cresce dentro da gente, e tudo o mais que nos permita dar vida àquelas páginas pré-desenhadas. Ainda que não se tenha habilidade, costume ou paciência de colorir todos aqueles detalhes por um longo período- que foi o meu caso -, dá pra se distrair. Só pode se tornar um problema, o mesmo perder o foco, se virar uma obrigação, uma corrida pela perfeição. Quer dizer, o intuito do livro de colorir é a tranquilidade, a distração. É um livro pra espairecer.

Ateliê Fashion

Preciso explicar minha nota para Ateliê Fashion, que foi baseada na minha experiência com pintura, desenhos e tudo o mais, da infância até aqui. Por mais leiga que eu seja no quesito arte, não pude deixar de julgar algumas das estampas como cansativas, não sei porquê. O livro é para acalmar, e todas essas coisas, mas eu simplesmente não consigo ver paz em diversos detalhes pedindo por cor, minha ansiedade não permite. Isso, somando ao fato de que não é um hobbie meu, não me faria adquirir o livro – mas eu bem que gostei da oportunidade de sentir vontade de comprar mais material de pintura outra vez, viu? Deu saudades da infância.

Gostou? Compartilhe!pinterest twitter facebook
Rafaela Rodrigues

Formada em Letras Port/Inglês/Literaturas, viciada em livros, textos e séries, clichê de sempre. É prima (bem) distante da Beyoncé e um dia vai ser dona de uma editora e lançar todas as continuações dos livros que gosta, mas que nem os próprios autores quiseram escrever.

Deixe seu comentário

  1. Oi Rafaela! Eu adorei este livro de colorir, achei fofo e lindo!!! Os livros não me atraem mas se tivesse que começar nesta vibe escolheria este ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oi, Joice! Que bom que gostou dele! (:

  2. Rafaela te entendo, já li muita opinião de pessoas que gosto e admiro dizer que ao invés de relaxar ficou ansiosa para colorir da melhor forma possível e em tempo hábil. Realmente deve ser complicado, eu sei que não tenho esse dom por isso nem me atrevi a comprar nenhum dos livros que foram lançadas. Até gosto de pintar, mas nada que supere meu amor por outras atividades. Penso que cada pessoa tem que buscar aquilo que a faz feliz. Desejo que vc relaxe e pinte quando tiver tempo e vontade. Beijos e sucesso!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Haha obrigada, Aline! É realmente complicado pra mim ter um relacionamento com livros de colorir. Por isso, também não compraria um pra chamar de meu! Mas, né, olha só esse destino…às vezes, até que eu pinto um pouquinho ali, outro acolá…

  3. Oi Rafa, na minha adolescência eu desenhava bastante, e depois aprendi o quanto é gostoso colorir, mesmo o livro sendo direcionado para curar o estresse e desenvolver a habilidade, alguns desenhos são muito elaborados fazendo as pessoas perderem a paciência, por isso eu entendo a sua frustração.
    Bjkas

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oi, Dani, também criei um gostinho por desenhar durante a infância e adolescência, mas colorir…é uma coisa que exige tanto capricho (na minha opinião hahahaha), pra ficar bonitinho e apresentável, que meus dons artísticos inexistentes não permitem! Mas, né, fazer o quê!
      Beijos!

  4. Joyce comentou:

    Ola Rafa eu tenho dois livros de colorir em casa e estou adorando pintar para mim relaxa e muito amente, descansa e são desenhos tão lindos, adorei essa bonecas russas estão lindas. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oi, Joyce! Fico feliz que você goste de pintar e tenha compartilhado sua experiência com esses livros aqui! (: E obrigada!

    1. Rafaela Rodrigues comentou:

      Oi, Suzana! Verdade, preguiça é um ótimo adjetivo para aquelas estampas pequenas, cheias de detalhes…não consigo…ahahahaha beijos!

  5. Esse livro é muito fofo, parece mágico, mas não sei se conseguiria também vencer minha ansiedade e colorir tantos detalhes! bjs

  6. Diana Canaverde comentou:

    Olá… tudo bem???
    Eu morro de preguiça de pintar… estou com um livro aqui paralisado kkkkkk mas sei que um dia eu vou conseguir pintá-lo, nem que seja uma folha… eu o ganhei… mas depois eu vou passar para a minha filha rs… OS desenhos desse não me atraem… e até que suas pinturas ficaram legais… Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

  7. Hello!
    Hahaha..eu ja to super na moda com os livros de colorir, tenho 2 e amo!
    Ateliê Fashion – Estampas Para Colorir eu tinha visto para vender, e gostei mto do papel, ele ser grossinho como vc disse, a gente poder usar canetinha é uma benção, pq a minha mao sempre doi mtooooo.
    Essas matrioskas sao um amor, sempre gostei e as cores usadas na capa deixou mto fofo.
    Eu te entendo qdo fala que alguns desenhos são cansativas, a ideia é pra relaxar, mas tem uma hora que tem tantos detalhes para se preocupar que a vontade é de pegar a caneta e rabiscar mtoo..hahah…oq tb nao deixa de desestressar.
    Beijos

    https://meumundinhoficticio.blogspot.com.br