minhas leituras
Categoria(s): minhas leituras

Younger, por Pamela Redmond Satran

Younger é um Chick-Lit escrito pela autora Pamela Redmond Satran e publicado no Brasil pela Editora Record. Recentemente o livro foi adaptado para a televisão em uma série de mesmo nome, estrelando Hillary Duff e Sutton Foster.

Há um ano atrás o marido de Alice contou à ela que queria se divorciar. Saiu de casa, deixando-a desempregada com uma casa enorme para manter e uma filha de vinte e poucos anos arrumando as malas para ir trabalhar como voluntária na África. Um ano depois, ela estava basicamente no mesmo lugar, vivendo na mesma casa, esperando que a filha ligasse para dar notícia e sendo rejeitada em todas as entrevistas de emprego que fazia. Apesar de estar na casa dos quarenta, Alice tem um rosto muito jovem, podendo facilmente convencer as pessoas de que ainda não chegou nem aos 30.

Younger_01

Na noite de Ano Novo, sua amiga Maggie resolve fazer um projeto com ela, vestindo-a com roupas e acessórios que a iram fazer ter a aparência de uma jovem de vinte e poucos anos. Porém, o que era para ser apenas uma brincadeira de uma noite, acaba se tornando algo permanente. Com a nova identidade, Alice consegue um emprego na Editora que havia trabalhado quando mais nova, sem que ninguém saiba que, na verdade, ela não é uma recém-formada em Literatura Inglesa. Além disso, ela acaba conhecendo Josh, um jovem de 25 anos, que apesar de mais novo, faz com que Alice comece a sentir coisas que ela acho que não tinha mais idade para poder sentir.

“Podia sentir alguma coisa palpitando em meu peito de novo, perigosamente perto do coração. Quando desviei de seu olhar, mirei em seus lábios, e quando tirei meus olhos dos lábios dele, eles se fixaram em seus ombros, os quais eram muito fáceis de se imaginar nus.”

Narrado em primeira pessoa durante todos os capítulos, acompanhamos a história do ponto de vista da Alice. Para mim, que nunca fui muito fã de enredos narrados em primeira pessoa, fiquei simplesmente encantada com essa escolha de narrativa. Apesar de a história ter muitos personagens interessantes, a autora consegue fazer com que a narrativa explore todos os elementos da história, não focando apenas na personagem principal e convidando o leitor a se envolver no livro como um todo.

Younger_04

O desenvolvimento do enredo é simplesmente perfeito, não deixando nenhuma ponta solta durante os capítulos e prendendo o leitor em um drama que você não consegue ter a menor ideia de como vai terminar. O que mais me chamou atenção foi o fato da autora não ter pressa de nos mostrar a Alice transformada em uma jovem de vinte e poucos. Ela deu passos pequenos no livro, fazendo com que a gente participasse do processo e pudesse ter uma compreensão mais profunda da personagem.

“Sabia que Maggie estava certa. Se eu fosse ter sucesso, teria que engolir minha ansiedade e jogar com Teri o seu próprio jogo. Eu, finalmente, terei que ser corajosa o suficiente para agir como uma adulta.”

Alice foi uma personagem que me fez rir ao mesmo tempo que fez com que eu me emocionasse. Durante toda a leitura foi possível conhecer todas as suas inseguranças, os seus medos, e também os sonhos que ela ainda queria ter a oportunidade de realizar. Como mãe e dona de casa, Alice sempre colocou sua vida pessoal em segundo plano, priorizando os desejos do marido e da filha e deixando sua vontade de construir uma carreira no mundo editorial de lado.

Younger_03

Parando para pensar, isso é basicamente o que acontece com a maioria das mulheres na casa dos quarenta que, acabaram deixando de se realizar profissionalmente para cuidar da família, ou mesmo se casar. Muitas delas, depois de um certo tempo, sentem vontade de voltar para a vida profissional e encontram todo o tipo de barreira que a própria Alice encontra durante o enredo do livro.

“E então, me tornando mais jovem, eu tinha, de alguma forma, amadurecido. eu me tornara o meu real eu adulto.
A pessoa que agora pegava a mão de Josh na sua.”

Os personagens secundários são ativos e presentes durante todo o enredo, cada um contribuindo para que a história fique ainda mais interessante. Maggie, a amiga lésbica de Alice, chama muita atenção da amiga por sempre estar se colocando em segundo plano, incentivando-a a sair da sua zona de conforto e obrigando-a a enfrentar o mundo de peito aberto. Lindsay, por outro lado, representa a classe das mulheres preocupadas em constituir uma família. Sem foco nenhum na sua carreira profissional, ela investe todas as suas energias em um relacionamento que não é nem um pouco saudável, apenas para garantir um futuro estável que inclua marido e filhos.

Younger_02

O que mais me fascinou foi o fato da autora não abordar apenas a questão do mercado de trabalho para pessoas que estão acima dos trinta anos, mas também o relacionamento entre pessoas de idades muito diferentes e o desejo de uma mulher de querer ser mãe após os quarenta. O relacionamento entre Josh e Alice não foi escrito de forma leviana, apenas para incluir um romance no enredo, mas sim de forma que você conseguia perceber o envolvimento dos personagens e perceber que eles realmente estavam apaixonados um pelo outro. Gostei muito de como a autora tratou o desfecho dos dois nos últimos capítulos do livro.

Eu já esperava achar Younger um livro ao menos divertido de se ler, mas confesso que depois dessa leitura eu fiquei simplesmente apaixonada pela Pamela Redmond. Younger não é apenas um Chick-Lit que você vai desejar muito ter na sua estante, mas um livro que também te faz pensar sobre as coisas que você está deixando de fazer seja por medo ou insegurança. E podem acreditar quando eu digo que essa é a sua próxima ressaca literária.

Gostou? Compartilhe!pinterest twitter facebook
Débora Costa

Uma intelectual contemporânea que entende a importância da convergência de mídias, telas e narrativas. Acompanhando mais séries do que deveria e não consigo fazer uma coisa de cada vez. Ainda quero escrever um romance de época um dia.

Deixe seu comentário

  1. Oi Débora, tudo bem?
    Eu vi você recomendando a série na página do blog e fiquei bem interessada!
    Achei a premissa desse livro bem interessante, acho que deve ter várias situações engraçadas nesse livro.
    fico feliz que o livro tenha te encantado tanto! Muito bom quando os personagens evoluem ao decorrer da história né?
    Concordo com você que a sociedade em geral acaba excluindo pessoas mais velhas e de maneira bem injusta pois eles contribuem tanto quanto qualquer jovem!
    Adorei a resenha :).

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

  2. Olá!
    Eu fiquei com muita vontade de solicitar o livro, mas fiquei com o pé atrás, agora me arrependo! 🙁
    Quero muito assistir a série também.
    A trama é bem fofa, acho que vou adorar!

  3. Olá, querida!
    que bela resenha.
    Caraca, a vida de Alice virou de cabeça para baixo. Que loucura e o pior é que isso acontece com muita frequência. Mas Alice dá uma super guinada, pena que ela não conseguiu o emprego sem ter que se disfarçar. Não sabia da série, vou tentar assistir alguns episódios.

  4. Olha eu comprei o meu na amazon, mas ainda não chegou pra mim, espero que chegue logo, porque é um dos livros de lançamento que estou ansiosa para ter em mãos. Adorei as suas fotos com o livro e também sua resenha ficou incrivel. Me deixou ainda mais curiosa para ler e também de assistir a série no qual a Hilary Duff interpreta. Espero gostar bastante. Amei a sua resenha, sério, fiquei apaixonada xD

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/lancamento-editora-butterfly.html

  5. Oi flor, pela sua resenha pude perceber que você está muito apaixonada por esse livro e epal história em? E eu com certeza amaria também, porque amo um chick-l quanto mais próximo da realidade melhor. Apesar que eu acho que todos os chick-lits tem muitas verdades e fatos que me faz sentir dentro da história, na pele das personagens.

    Amei a sua resenha e adorei a dica, não conhecia nem o livro e nem a serie.

    bjs

  6. Adorei a sua resenha, ela me fez sentir como se o livro fosse uma amiga contando uma história louca.
    Eu confesso que ainda não li nada da autora, mas agora estou pronta para começar. Além disso sou apaixonada por romance com diferença de idade, meu fraco rs.
    Obrigada pela indicação, e principalmente pela diversão da resenha.

  7. Achei o enredo muito interessante e saber que é um livro leve, divertido e emocionante, como não desejar? Gostei bastante da sua opinião sobre Younger, acho que vou curtir bastante a leitura, fora que estou adorando o gênero e acredito que esse livro vai me fazer ficar mais encantada!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com

  8. Oi Débora, tudo bem?
    Enquanto lia sua resenha já fui no skoob marcar o livro como quero ler para não esquecer.
    Amo chick-lits, e pela forma que você se apaixonou por ele já quero ler!
    O mais interessante na premissa dele foram os temas abordados, gostei.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

  9. Débora confesso não conhecia esse livro, mas como adoro o estilo já desejo ler. Sua resenha foi bem completa e me fez ter certeza que a narrativa é ótima e o enredo além de divertido nos faz pensar se estamos levando a vida que realmente desejamos ou se estamos deixando “a vida nos levar”. Amei a dica e pode deixar que vou correndo anotar no meu skoob para não esquecer. Amei a dica. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

  10. Olá!
    De cara, eu curti a capa do livro. Vi outro dia em um site mas não sabia sobre o que se tratava.
    Agora, após ler sua resenha, já estou louca para ler o livro!
    Parece ser bem divertido, ao mesmo tempo que emocionante.
    O fato de ser um livro que nos faz pensar sobre o que deixamos de fazer por medo, também contribui para ser um dos próximos na minha lista de leituras =)
    Ótima resenha!
    Beijos!

    http://www.livrosdajess.com

  11. Sabe aquele livro que você lê as resenhas e fica querendo ir nas lojas online comprar na hora, então esse é um desses. Já tem muito tempo que não leio um Chick lit, e esse está na minha meta, mas na meta prioridade Hahahahah, eu acho que vou gostar muito, gostei da sua abordagem na resenha. Espero poder ler em breve. 😉

    Bjs Mih!
    paradisebooksbr.blogspot.com

  12. Oie, tudo bom?
    Que livro é esse? Quero pra ontem. Sou uma leitora de chick-lits e esse lançamento da Record tem a premissa que adoro em livros do gênero. Achei interessante a trama dar enfoque também para os personagens secundários e toda a discussão sobre a idade da protagonista também é algo bacana. Adorei toda a proposta do livro e espero ler em breve.
    Beijos,
    http://www.livrosyviagens.blogspot.com.br/

  13. Catharina comentou:

    Olaa
    Vi muitas resenhas sobre e essa foi minha última leitura, eu gostei bastante da escrita e da história, a capa esta lindinha e sua resenha esta ótima.

    Reality of Books
    Beijos

  14. Joyce comentou:

    Ola Debora amo esse gênero de leitura , e já fiquei encantada com a capa premissa, e lendo sua resenha me encantou a forma da autora escrever e abordar certos temas . Já estou indo comprar para ler. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  15. Oi, tudo bem?
    O livro parece ser fofo e divertido, acho que ideal para ler após algum mais tenso. Mas teve uma coisa que me incomodou, e não é apenas nesse livro, mas também em outros que já li e alguns filmes e séries. Como assim ninguém no trabalho sabia a idade dela? Tipo, ninguém, ninguém mesmo? Porque eu entendo os colegas não saberem, mas quem a contratou sabe sim, afinal, temos que apresentar documentos em qualquer emprego. Essa não foi a primeira vez que vi isso em uma obra americana, e fiquei me perguntando como é o processo de contratação lá, kkkkk
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

  16. Cida comentou:

    Oi! Li este livro estes dias e adorei, achei a trama muito realista e bem divertida, agora quero ver o seriado de TV.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

  17. Oiee, tudo bem? As mensagens do livro, mesmo que maquiadas com um toque de humor, são muito significativas. Adorei a abordagem da mulher na área de trabalho, o fato de optar por cuidar dos filhos e claro o desejo de ser mãe depois dos 40. Muito bom o livro.

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

  18. Oi Débora, adorei a história desse livro, me surpreende nunca ter visto nada sobre ela até agora lendo sua resenha, a capa é tão linda, corri para o skoob assim que li a resenha e adicionei. Amei a resenha me deixou super entusiasmada. Bjkas

  19. Oi Debora

    Não sou muito fã de Chick Lit mas alguns ainda conseguem me conquistar esse em especial acho que seria um deles, fiquei com vontade de ler e é ótimo ler um livro que traz um universo mais realista e realmente várias mulheres abandonam sua carreira profissional para cuidar apenas da vida pessoal e ficam completamente perdidas quando são inseridas ao mercado de trabalho novamente.

    Adorei a dica e pretendo ler em breve.

    Beijos
    http://www.livrosechocolatequente.com.br

  20. Andy comentou:

    Oi Débora!
    Você me convenceu a dar uma chance a esse livro!! Na verdade, fiquei com vontade de lê-lo agora mesmo, principalmente depois de assistir um teaser da série rs, a qual pretendo acompanhar futuramente (depois de ler o livro). Adoro chick-lit então espero gostar bastante de Younger *-*
    Beijos,
    Andy – StarBooks