Um ano novo está se iniciando, e junto com ele muitos livros novos estão por vir. Quem já começou a juntar dinheiro ou a fazer a lista de livros que pretende ler esse ano? Eu já. Depois de finalmente ter conseguido bater a minha meta de[...]"/>

03 jan, 2016

5 livros contemporâneos que você precisa ler

livros contemporâneos

Um ano novo está se iniciando, e junto com ele muitos livros novos estão por vir. Quem já começou a juntar dinheiro ou a fazer a lista de livros que pretende ler esse ano? Eu já. Depois de finalmente ter conseguido bater a minha meta de leitura em 2015 (aquele desafio do Goodreads, sabe?) eu já comecei a me programar para um novo desafio, e consequentemente já selecionei alguns livros contemporâneos para entrarem nas metas de 2016.

Mas hoje não estamos aqui para falar dos livros que eu quero ler, mas sim de algumas leituras de 2015 que – definitivamente – precisam entrar para a sua lista de leitura este ano. Entrando em clima de férias, aproveitando que o verão está sob nós, eu resolvi separar algumas leituras contemporâneas que podem fazer das suas férias, as melhores!

Os livros listados abaixo foram leituras que eu fiz nos últimos anos e que me encantaram com suas particularidades. Alguns desses livros foram resenhados aqui no blog, outros ainda estão por vir, mas todos eles são leituras que eu recomendo muito que sejam feitas em 2016 – caso você não tenha tido a oportunidade de lê-los em 2015.

Aristóteles e Dante descobrem os Segredos do Universo, por Benjamin Alire Sáenz

livros contemporâneos

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo conta a história de dois adolescentes com um jeito muito peculiar de ver o mundo, tentando descobrir os segredos do universo, mas principalmente, tentando descobrir a si mesmos.

O enredo é simplesmente fantástico. A narrativa se completa e não deixa a desejar quando se trata de impressionar o leitor. Benjamin Alire conseguiu construir um universo para falar de um assunto tão debatido como homossexualismo, de uma forma tão discreta, sutil e, principalmente, poética que ficou bem claro para mim o que ele queria passar ao leitor com esses personagens.

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo é uma daquelas leituras que não podem faltar na estante de um leitor, principalmente se você gosta de se envolver com a história, se aprofundar nos personagens e ficar com a melhor ressaca literária de todos os tempos,

Ela Não é Invisível, por Marcus Sedgwick

livros contemporâneos

Talvez este seja o livro menos contemporâneo da lista, mas por ter sido uma das minhas leituras favoritas, não podia deixa-lo de fora desta indicação de jeito nenhum.  O livro conta a história de Laureth, uma jovem cega que, ao receber um e-mail muito curioso a respeito de seu pai, parte com seu irmão mais novo para Nova York para tentar descobrir o que realmente está acontecendo.

O enredo é maravilhoso, criativo. Apesar de Laureth ser cega, o autor buscou não utilizar isso como ponto chave para a história se desenvolver. É apenas uma informação a mais sobre a personagem, mas não algo que a defina dentro da história. Os personagens são peculiares, diferentes, interessantes e escrita Marcus Sedgwick é leve e ao mesmo tempo tão envolvente que é impossível não se entregar ao livro.

Ela Não É Invisível faz com que você veja o mundo através dos olhos de uma menina de 16 anos que não enxerga. É um universo completamente novo, onde você precisa tatear a leitura para entender onde está indo durante todos os capítulos. Uma experiência de leitura que te deixa arrepiada a cada minuto e te faz desejar, constantemente, ser parte daquele universo tanto quanto seus personagens.

Yaqui Delgado Quer Quebrar a Sua Cara, por Meg Medina

livros contemporâneos

Yaqui Delgado Quer Quebrar a Sua Cara é um livro que vai falar sobre o bullying de uma maneira que muitos leitores não esperam. O livro conta a história da Piddy Sanchez, uma menina de 16 anos que é obrigada a se transferir para uma nova escola, perto de casa e deixar para trás os seus antigos colegas de turma e começar o ano letivo na Daniel Jones High School.Os problemas de Piddy começam logo nas suas primeiras semanas de aula, quando uma menina da sua turma diz que Yaqui Delgado quer quebrar a cara dela. Sem entender o porquê, Piddy tenta não se apegar a essa informação, afinal, ela nem ao menos sabe quem é Yaqui Delgado.

O enredo do livro vai te dando uma sensação de desespero ao longo da leitura. Meg Medina tem uma escrita muito simples, muito fluida e isso contribuiu muito para que eu pudesse me identificar com a personagem e imergir no que ela estava sentindo. Vejam, esse não é um livro sobre como lidar com o bullying, mas sim um livro que explica os efeitos que as agressões gratuitas do bullying podem causar em uma pessoa. Conforme Yaqui Delgado vai se tornando mais violenta, mais presente na vida de Piddy, ela começa a se desconstruir, a questionar tudo o que ela como pessoa e pior, ela começa a questionar as pessoas a sua volta.

Yaqui Delgado Quer Quebrar a Sua Cara é uma leitura que te faz pensar muito sobre bullying. Quem não sofre, não sabe como é. Às vezes a gente acha que a pessoa está sendo dramática ou que as coisas não passam de uma brincadeira sem graça, mas na maioria dos casos, é tudo muito sério e pode transformar uma pessoa, destruí-la.

Dois Garotos se Beijando, por David Levithan

livros contemporâneos

Dois Garotos Se Beijando conta a história de vários jovens homossexuais que vivem situações diferentes sobre a sua sexualidade. Entre esses jovens existe Craig e Harry , amigos que já foram namorados e que decidem criar um protesto contra a violência aos homossexuais onde eles passariam 32 horas se beijando para quebrar o recorde de beijo mais longo.A ideia principal do beijo era mostrar para as pessoas que é perfeitamente normal dois garotos se beijando. Porque não apenas dois garotos. Porém, o próprio enredo do livro nos leva a conhecer outras situações de jovens assim como Tariq, Craig e Harry. Em paralelo com o desafio de 32 horas se beijando, o narrador do livro nos conta a história de outros jovens que vivem situações completamente diferentes, mas que possuem – de certa forma – o mesmo sentimento.

O enredo do livro é bastante completo. O autor nos apresenta diversas situações, onde não vemos apenas a família que aceita bem a escolha do filho, mas também aquela que se revolta quando descobre e aquela que não sabe bem como agir em relação à situação. Temos as pessoas que aceitam, as pessoas que respeitam e também as pessoas que se revoltam. Mas muito mais que isso, nós temos os envolvidos, as pessoas que sofrem, as pessoas que sentem na pele, e isso torna a narrativa ainda mais intensa.

É uma leitura que tem um combo de sentimentos que a gente simplesmente não consegue ignorar. Você se entrega na leitura nas primeiras páginas e sente seu coração apertar até o desfecho do livro. Foi umas das experiências literárias mais incríveis e emocionantes que eu tive nos últimos tempos e certamente um livro que todo mundo deveria ler, gostando ou não dá temática.

Carta de Amor aos Mortos, por Ava Dellaria

livros contemporâneos

Carta de Amor ao Mortos talvez não seja o meu favorito da lista, mas ele trata de um tema que me encantou a sua maneira e acho que é uma leitura que vale muito a pena. O livro conta a história da Laurel, uma jovem que perdeu a irmã a pouco tempo e através de um trabalho da escola, ela começa a escrever cartas para as celebridades que já morreram e através dessas cartas ela consegue expressar como realmente se sente.

O livro tem a sua beleza. A narrativa de Ava é envolvente, você consegue se identificar com os dramas da personagem e fazer parte daquilo. Apesar de algumas coisas do enredo não terem combinado com meu gosto literário, eu achei a questão do luto muito bem abordada, a autora teve todo um cuidado na hora de desenvolver o enredo e as cartas são maravilhosas.

Esses foram os livros que eu selecionei para essa lista, se você leu algum deles, não esqueça de deixar nos comentários a sua opinião e se tiver algum outro livro que ache que deveria entrar nessa lista não deixe de compartilhar com a gente!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

12 Comentários

  • gabrielribs
    janeiro 11, 2016

    Oee,
    Desses eu já li Dois Garotos se beijando e Carta de amor para os mortos e acho livros incriveis e são tipo, favoritos do universo pra mim uheu e os outros eu estou doido para ler!

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

  • Priscila Assis
    janeiro 09, 2016

    Oii,

    Os três últimos livros citados estão na minha lista para ler. Mas desses, o que estou mais curiosa em ler é o Dois Garotos se Beijando. Já vi muito comentários positivos, o que aumenta a minha curiosidade.

    beijos

  • Carol
    janeiro 09, 2016

    Oi Débora!
    Adorei sua lista! Ainda não li nenhum deles mas Carta de amor aos mortos e Dois garotos se beijando já estão na minha lista para ler há tempos! Eu ja achava a capa de Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo lindissima e depois do seu post já estou desejando ele ainda mais. Adorei!
    Beijos
    Carol
    http://www.sobrevicioselivros.com

  • Erika
    janeiro 08, 2016

    Oi Débora, tudo bem? Da sua seleção conheço dois, Ela não é invisível, que me chamou a atenção pela capa e Carta de amor aos mortos, que também gostei. Espero que em 2016 tenhamos muito mais livros excelentes para ler. Beijos, Érika

    >> http://www.queroseralice.com.br <<

  • Marijleite
    janeiro 07, 2016

    Acredita que todos os cinco livros selecionados por você são livros que quero muuuuito ler? Pois é, todos os cinco estão na minha lista mental de desejados, mas o que mais quero ler é Ela não é invisível.

  • Daniela
    janeiro 06, 2016

    Confesso que não li nenhum deles, mas amei a dica. Já anotei todos pra ler assim que puder!

  • Catharina
    janeiro 05, 2016

    Oie
    Eu com certeza adorei as dicas e quero ler todos, principalmente Cartas de amor aos mortos e Dois garotos se beijando, amo livros contemporâneos, são ótimos

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Rodrigo Costa
    janeiro 05, 2016

    Nossa,adorei suas indicações!
    Eu li e AMEI “Cartas de amor aos mortos” e tenho muita vontade de ler “Dois garotos de beijando”,pois já li duas obras do Levithan e gostei muito de sua narrativa.
    Enfim…adorei seu post!.Parabéns!

  • Julie Yukari
    janeiro 05, 2016

    Quero ler todos!!!

  • Beatriz Andrade
    janeiro 04, 2016

    Oi Débora, eu já conhecia esses livros mas nunca li nenhum deles. Estou muito interessada em ler Ela não é invisível e Cartas de amor aos mortos

  • jessica
    janeiro 04, 2016

    Olá Débora.
    Ótimas dicas! Pretendo ler carta de amor aos mortos! Dois garotos se beijando, eu vi a resenha aqui no seu blog e gostei muito, mas como a lista de 2016 é extensa, vou passar essa. Achei as demais capas lindas!
    Beijos

    Blog Relicário de Papel

  • Tainara Fermino
    janeiro 04, 2016

    Aristóteles e Dante descobrem os Segredos do Universo é um livro simplesmente incrível