Literaría 28jan • 2015

Eu sou uma viciada em livros

Post foto

Nos últimos dias eu tenho pensado muito sobre o meu comportamento como leitora. Eu nunca cheguei a admitir que eu tinha algum tipo de vício com livros, e que eu realmente poderia parar de ler quando eu tivesse vontade, porém, depois que eu comecei nesse novo emprego e levei comigo todas as minhas pequenas manias de leitora, percebi que talvez eu realmente seja viciada em livros.

Acredito que você nunca perceba que tem certas manias ou hábitos até começar a conviver com pessoas que fazem questão de observar isso em voz alta quase que todos os dias, certo? Há um tempo atrás eu estava voltando do trabalho em uma sexta feira e, enquanto todos planejavam o final de semana, eu continha minha animação para ir a livraria comprar novos livros. Foi então que surgiu o seguinte comentário: “Pare de ler livros e vá arrumar um namorado.”

Na hora eu não respondi, até porque não há sentido em debater coisas do tipo. Mas a frase ficou na minha cabeça durante todo final de semana, assim como todos os comentários que se seguiram nas outras semanas. Coisas como “Você se alimenta de livros?”, “Você não faz outra coisa além de ler?”, “Você não acha que é viciada em livros?”.

Talvez eu fosse, talvez não. Então comecei a pesquisar algumas coisas na internet que me fizeram concluir que: Sim, eu era uma viciada em livros.  E que isso não era exatamente um problema, já que a minha vida não era definida pelo tempo que eu gastava lendo Coração de Tinta pela 15° vez, ou pela porcentagem do meu salário que eu gastava em livros. Porém, para ilustrar melhor o que eu quero dizer, resolvi levantar 5 fatos que me fizeram concluir que eu realmente tenho um vício em livros, controlado, mas ainda um vício.

1. Não consigo acessar um site de compra online e não procurar livros em oferta.

online-shopping-big-bang-theory-need-help-gif

Promoções do Submarino simplesmente acabam comigo. Eu não consigo ver aquele banner escrito “75% off”, que meus dedinhos já guiam o cursos do mouse para clicar. É um problema quando isso acontece logo na semana do pagamento. Se eu não tivesse meus amigos para me manter na linha, eu não dúvido nada que compraria meu salário inteiro em livros.

2. Entrar em uma livraria e não conseguir não comprar um livro.

confessions-of-a-shopaholic

Quando eu não tenho dinheiro, eu nem entro. É muito difícil quando eu vou numa livraria e tenho que sair de lá sem nenhum exemplar novo. A minha tática hoje é ir de mãos abanando, ou seja, sem cartão de crédito, débito ou mesmo dinheiro. Me dói muito o coração ver todos aqueles livros que eu tenho imensa vontade de ler e não conseguir levar nem mesmo um ou dois pra casa.

3. Calculo preços comparando com a quantidade de livros que eu poderia comprar.

Airplane-gif

Minha pergunta é: quem nunca?! Na virada do ano, quando todos estavam fazendo suas apostas para a mega da virada, eu estava fazendo as contas de quantos livros eu poderia comprar com todo aquele dinheiro. E é um costume que eu tenho no meu dia a dia. Isso aconteceu na época da minha formatura, onde eu consegui economizar uns R$100 em cima do valor que eu tinha para comprar meu vestido, apenas para que eu pudesse comprar pelo menos três livros novos. Valeu muito a pena minha barganha.

4. Não consigo conter a animação quando compro um livro que queria muito.

dancing

Eu acho que não tem muito o que dizer sobre isso. Quem me conhece pessoalmente já me viu dando surtos de alegria por ai. Normalmente eu fico extremamente animada de uma hora para outra, e saio dando pulinhos contidos no meio da rua. Mas quando eu estou em casa, coloco uma música animada e começo a paquerar meu livro novo sem nenhum pudor. Minha mãe às vezes acha que eu tenho sérios problemas, mas a verdade é que nada me deixa mais feliz que um livro.

5. Não consigo não cheirar um livro. Nunca. 

741442

Lembro de uma vez que foi a uma livraria com o Vinicius Fagundes e eu cheirava todos os livros que eu tinha vontade de comprar, até o momento em que ele disse “Débora, para com isso”. Eu ri muito naquele dia, principalmente depois de perceber que era uma atitude automática, sabe? Eu simplesmente pegava o livro, folheava e cheirava. Não consigo controlar, livros pra mim tem cheiro de casa.

Bem, este foi um post bem simpes e muito pessoal. Eu queria mesmo compartilhar com vocês algumas das minhas manias de leitora, porque eu sei que muita gente aqui vai conseguir entender o que eu quero dizer. E quando disserem que você está lendo livros demais, ou que deveria arrumar um namorado, não se importem ou fiquei chateados… vocês sempre podem se apaixonar por um personagem literário.

25jan • 2015

Um Perfeito Cavalheiro, por Julia Quinn

Um Perfeito Cavalheiro é um romance de época, escrito pela autora Julia Quinn e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro....

23jan • 2015

Top 5: Desejos literários de 2015

Listas, eu simplesmente sou apaixonada por fazer listas. E claro, eu não poderia começar o ano sem pensar em todos os livros que eu quero...

21jan • 2015

Wishlist de Adaptações #4: O Circo da Noite

O circo chega sem aviso. Nenhum anúncio o precede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma menção ou propaganda nos jornais locais....

18jan • 2015

Selfie

Let\'s take a selfie?! Primeira coisa que vocês precisam saber sobre esta série é que ela é estrelada pela Karen Gillan, também conhecida como a Amie Pond de Doctor Who....

16jan • 2015

Decepção com a Saraiva Online

Quem acompanha o blog há algum tempo sabe que eu não sou de fazer esse tipo de publicação, mas como eu sei que muitos de...

14jan • 2015

Simplesmente Acontece, por Cecelia Ahern

Simplesmente Acontece é um romance, escrito pela autora Cecelia Ahern e publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito....

1 107 108 109 110 111 119
O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.