resenha-principe-cruel-holly-black-imagem 27 set, 2020

Amor à primeira vista: me apaixonei pelo universo de o príncipe cruel, da holly black

e existe amor à primeira vista quando se trata de livros? posso contar as inúmeras vezes que eu coloquei as mãos em um livro da holly black e nunca o li. a menina mais fria de coldtown esteve nas minhas mãos por anos até que decidi doá-lo na primeira oportunidade. arrependimento não mata, mas tira o sono. assisti muitos youtubers falando sobre o príncipe cruel. algumas críticas muito boas, outras nem tanto. eu não sabia o que esperar dessa série mas, sabia que aqui no brasil não se falava de outra coisa. livros tem uma maneira estranha de nos surpreender. sem uma indicação do livro, eu jamais escolheria ou colocaria holly black na minha lista de leitura. logo eu, a mesma que passou semanas falando de a corte de espinhos e rosas da sarah j maas e estava louca por outro universo fae.[...]
continue lendo
resenha-radio-silencio-alice-oseman 02 jul, 2020

Rádio Silêncio: um livro para refletir sobre quem você quer ser no mundo

  Sabe quando alguém te recomenda um livro e você até acha que vai gostar, mas acaba se surpreendendo com o quanto o livro te agarra? Minha leitura de Rádio Silêncio foi exatamente assim. Depois de muito tempo ouvindo a Débora falar o quanto eu ia adorar esse livro, eu me rendi e devorei essa história em 2 dias. Me faltam palavras para explicar o quando Rádio Silêncio me destruiu emocional e psicologicamente. Frances Janvier é uma adolescente focada inteiramente nos estudos, que tem como única válvula de escape criativo desenhar fanarts para o seu podcast favorito, Universe City.Sua vida vira de cabeça para baixo quando ela descobre que o criador anônimo do podcast é na verdade seu vizinho, o tímido e excêntrico Aled Last.[...]
continue lendo
desejo-e-escandalo-de-lorraine-heath 29 jun, 2020

Quando eu pensei que Lorraine Heath não poderia mais me surpreender

  Herói com sede de vingança e heroína com curiosidade inocente? Meu tipo de romance de época. Eu já conhecia a escrita da Lorraine pela série Os Sedutores de Havisham – da qual eu já falei bastante por aqui – mas eu não esperava me surpreender tanto com o primeiro livro de Sins of all Seasons. Primeiro porque eu raramente gosto de um primeiro livro, segundo porque eu não achei que outra série dela pudesse me conquistar tanto quanto Os Sedutores de Havisham. Eu amo quando um autor consegue me surpreender – quem não? Lorraine Heath é uma escritora inteligente, vocês precisam saber disso. Diferente das autoras que eu acompanho (Julia Quinn, Sarah MacLean, Tessa Dare), Lorraine não se prende as “regras” dos romances de época, colocando um algo a mais no enredo de Desejo & Escândalo.[...]
continue lendo
resenha-dez-coisas-amo-voce-julia-quinn 17 jun, 2020

Dez Coisas que Amo em Você é o melhor livro da trilogia belvestoke

  Alguém sabe me explicar porque o último livro dessa trilogia é sobre o Sebastian Grey e não o irmão gêmeo da Olivia? Já não basta o Winston ter passado completamente despercebido nos dois primeiros livros da série, Julia Quinn achou que seria interessante se esquecer completamente dele no terceiro livro também. R.I.P Winston. Amado, porém, esquecido. Apesar do súbito desaparecimento daquele que eu achei que seria o nosso herói, confesso que Dez Coisas que Amo em Você é o melhor livro da trilogia inteira. Primeiro porque não tinha muito espaço para Julia Quinn deixar pontas soltas, segundo porque o Sebastian te uma personalidade maravilhosa e não tem como ele não ganhar o seu coração. O humor de Dez Coisas que Amo em Você é muito melhor do que o dos seus antecessores. Sebastian Grey é um libertino debochado, não se importa muito se vai ou não herdar um[...]
continue lendo