Resenhas 26abr • 2017

Caravalpor Stephanie Garber

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2017
1º livro da série Caraval
Número de Páginas: 352
Código ISBN: 9788581638560

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a Editora para resenha.

Comprar: Livraria CulturaLivraria SaraivaAmazon

Sinopse: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-lo está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Caraval está chegando ao Brasil pela Editora Novo Conceito, e depois de passar meses namorando esse livro no Tumblr, nós recebemos um convite da editora  para fazer uma leitura prévia do livro antes do lançamento, que está previsto para junho deste ano, e contar para vocês o que nós, do La Oliphant, achamos dessa leitura tão esperada. E o que eu posso dizer? Caraval é um livro que definitivamente vai surpreender muitos leitores.

Caraval conta a história da Scarllet, uma garota sonhadora e muito apegada a sua irmã Donatella. O seu sonho é conhecer Caraval, que seria mais ou menos como um circo, chegando a enviar diversas cartas por diversos anos, até se tornar adulta, pedindo que ele viesse a sua cidade. Agora crescida, e noiva, Scarllet finalmente recebe o convite tão esperado para conhecer Caraval, e desobedecendo as ordens de seu pai de não deixar a ilha, Scarllet parte ao encontro da Lenda e sua Trupe. O problema é que Caraval não é o que ela imaginava e Scarllet acaba correndo o risco de perder muito mais do que imagina.

Quando se trata de escrita, Stephanie Garber é apenas elogios – sério, parece que eu tava vivendo tudo na pele. A autora constrói o enredo de forma majestosa, dando ao leitor tudo o que ele precisa para se sentir exatamente dentro daquele universo – pelo menos foi o que aconteceu comigo. A sensação que eu tive era de estar vivendo toda a mesma maravilha que vivi quando li O Circo da Noite – um dos meus livros favoritos, e acredito que se você é fã desse livro, Caraval vai ser outro amor eterno na sua estante.

Eu gostei muito que a autora conseguiu criar a atmosfera mágica do livro no mesmo nível que conseguiu manter a tensão da história. Caraval não é algo simples, é perigoso e por isso você acaba se envolvendo cada vez mais com os personagens por pura curiosidade e angústia do que virá a seguir.  A parte mágica do livro não deixa a desejar, então se você gosta muito de uma boa fantasia, acredito que o universo criado irá te encantar. Eu, particularmente, sempre tenho receio do autor não entregar a magia da forma que eu espero e Stephanie fez isso muito bem em Caraval.

Meu único incomodo com o enredo foi o desenvolvimento da história que, em alguns pontos do livro pareceram se arrastar, como se a história estivesse parada mesmo que eu soubesse que não estava. O problema principal é que o enredo exagera muito mentiras espalhadas pelo quebra cabeça que é o universo de Caraval.  Em vários pontos do livro eu me sentia perdida porque não dava para ter certeza se nenhuma das informações estavam certas, e isso me deixou bastante confusa – sabe aquela sensação de nada é o que parece, só que o tempo todo? Então.

Scarllet foi uma personagem que durante o começo do livro eu tive um certo receio em me apegar, principalmente porque em boa parte do livro eu achei ela um pouco “chorona” demais. Confesso que até boa parte do livro, ela ainda não tinha me ganhado, mas eu tenho que admitir que o crescimento dela ao longo do livro a tenha feito ganhar meu carinho, mesmo que ainda não seja a minha personagem favorita do livro, eu não vou me surpreender nem um pouco se muitos leitores caírem de amores pela personagem.

Eu queria muito que a Stephanie Garber tivesse desenvolvido um pouco mais do livro, aprofundado mais em alguns pontos e nos contado mais sobre o universo em que a Scarllet vive, infelizmente, acho que esse foi um pouco que o livro pecou bastante. Como teremos um segundo livro, ainda sem título, existe a chance da autora corrigir esse erro e nos dar um pouco mais desse mundo tão maravilhoso. Fora esses pequenos detalhes, a leitura não deixa nem um pouco a desejar no final.

Caraval foi uma leitura gostosa, que me deu aquilo que eu estava precisando e deixou o seu gostinho de quero mais. Me surpreendeu nos pontos em que eu achei que fosse me desagradar e deixou um pouco a desejar nos pontos em que eu achei que iriam ser ótimos, ainda assim, se você for um leitor que gosta de YA, tenho certeza que essa vai ser uma leitura maravilhosa.

Créditos de Imagem: Imagem, Imagem, Imagem

Gostou da resenha? Curta nossa página no Facebook para acompanhar as novidades do blog.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

9 Comentários

  • Liziane Goulart
    03 maio 2017

    Oi!!
    A capa desse livro chamou a minha atenção, tenho visto bastante gente falar sobre esse lançamento.
    Pelo visto a escrita da autora é mesmo fascinante, estou bem curiosa com relação a essa leitura.
    Eu não gosto quando estou lendo e começo a sentir a leitura fluir de forma mais lenta e quando fico perdida então, nossa isso faz a minha expectativa baixar bastante.
    Estou decidida a ler e conhecer a história de Scarllet e espero gostar da trama.
    Beijão!

  • Juliana
    02 maio 2017

    Apesar de fantasia não ser meu gênero favorito, me supreendi na sua resenha, aparentemente a história tem um bom desenvolver, e suas fotos estão incriveis. Parabéns e com certeza irei ler essa obra.

  • Jéssica Melo
    01 maio 2017

    Olá Débora, esse livro promete ser bem popular, gostei do enredo e pelos seus comentários a escrita da autora é bem gostosinha *–* E ainda tem essa capa linda <3 Adorei a resenha, sem duvida vou querer lê-lo assim que for lançado.

  • Aline Belloni
    30 abr 2017

    Oi, Débora! Eu tenho visto muitos comentários divergentes quando o assunto é esse livro. Uns gostam, outros não. E isso tem me deixado louca, porque fico mega curiosa para ler essa obra – só que no momento não dá 🙁 *sniff sniff.

    Preciso ler essa história urgentemente e saber se ele é tão bom quanto dizem – ou não.

  • Maria Cecília
    28 abr 2017

    Oii Débora!
    Tenho uma imensa vontade de ler esse livro, o assunto que se trata nele me convence muito, além do mais a capa é maravilinda, já recebi vários spoilers dele, mas finjo que nem ouvi rsrs, quero muito lê-lo!
    Sua resenha está ótima, as suas fotos estão tão fofas, amei demais o post
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

  • ludmila cabral
    27 abr 2017

    adoro YA, mas n sei se eu curtiria mt esse livro, todo mundo esta falando dele e ressalvando pontos negativos que nem vc disse. eu tb acho que me sentiria perdida e isso me frustaria bastante..
    acho que provavelmente a autora vai se aprofundar msm no segundo livro, pq esse deve ter sido uma introdução basica, mts livros q tem fantasia fzm isso

    perolasdelivros.blogspot.com

  • Barbara
    27 abr 2017

    Eu estou paquerando “Caraval” por tempos por causa dessa capa maravilhosa.
    Estou arrependida de não ter nem ao menos participado da seleção do “Novo conceito” porque talvez eu tambem teria essa belezinha comigo.

    Bem, eu não gosto muito de universos magicos,o genero fantasia esta bem longe dos meus favoritos.
    Porém estou curiosa para conhecer essa estoria e como você disse que a escrita é otima é mais um ponto positivo.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

  • Sara Kerolen
    27 abr 2017

    Olá Débora *-*
    adorei a resenha estou curiosa pra ler , realmente quando o livro não foca no tema fica dificil, adorei as fotos mais mesmo assim ainda quero ler quem sabe ele me ganhe nunca se sabe.

    Bjsss

  • Morgana Brunner
    27 abr 2017

    Oiii Débora, realmente agora que o livro pecou bonito, como sendo de fantasia creio que deveria ter focado, pois como leitor a gente gosta desses mundo, de imaginar e vivenciar dentro de cada um, eu leria sim, mas fiquei um pouco desanimada, lindas fotos.
    Abraços

  • O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.