Resenhas 14maio • 2019

O Chamado do Cucopor Robert Galbraith

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: The Cuckoo's Calling
Gênero do Livro: Thriller, Mistério, Ficção
Editora: Rocco
Ano de Publicação: 2013
1º livro da série Cormoran Strike
Número de Páginas: 448
Código ISBN: 9788532528735

Obs: Este livro foi cedido pela editora em parceria para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso. Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega. Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O Chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.

Eu realmente saí da minha zona de conforto quando decidi que iria entrar de cabeça no universo criado por Robert Galbraith. Minha primeira experiencia com um thriller policial acabou vindo de uma leitura que já passou muito tempo na minha estante e, de um autor que eu nunca imaginei que eu realmente fosse ler. Mas o mundo leitor tem dessas surpresas e, eu não só amei O Chamado do Cuco, como estou completamente viciada na escrita de Galbraith.

O primeiro ponto que me chamou a atenção em O Chamado do Cuco, foi como o autor conseguiu equilibrar bem o desenvolvimento do protagonista com o desenvolvimento do enredo em si. Na minha pouca experiência com o gênero, um dos pontos que sempre me incomodou era o fato do autor ou dar mais atenção a investigação ou ao protagonista do livro. No caso de Galbraith, nós temos um perfeito equilíbrio disso.

“Sua morte era uma presença quase palpável no quarto, como se esperasse pacientemente, com educação, atrás das cortinas.”

A narrativa em terceira pessoa foi melhor do que eu poderia esperar. É quase impossível não mergulhar no mistério que envolve a morte de Lula Landry, principalmente depois de Cormoran Strike tomar a decisão de investigar o caso. Galbraith desenrola uma teia de informações e mistérios muito deliciosa e eu, por mais desambientada do gênero que fosse, não conseguia conter o meu impulso de ler mais um capítulo.

Cormoran é um protagonista completo, com uma das características que eu mais gosto: o passado problemático que reflete na sua personalidade grosseira. Seus problemas emocionais, pós-término de noivado, refletem na sua situação financeira e na forma que está levando a vida. O fato de Bristow procurá-lo para investir o caso de Lula é quase como um bote salva-vidas para um protagonista que estava realmente se afogando nas suas próprias emoções.

Embora o relacionamento dele com Robin não seja explorado mais a fundo nesse primeiro livro, o autor deixa claro que a secretária não passou despercebida aos olhos do detetive. Eu gostei muito de como, discretamente, Robin foi contribuindo para as descobertas de Strike, encontrando oportunidades de se mostrar útil para o seu novo chefe – embora algumas vezes ela se frustrasse com o fato de ele não reconhecer verbalmente isso.

“Os suicidas, segundo sua experiência, eram perfeitamente capazes de fingir interesse num futuro que não pretendiam habitar.”

Quanto se trata de Robin, algumas coisas ficaram soltas. Embora o autor equilibre a narrativa entre ela e Cormoran, eventualmente não sobrava espaço para explorar o lado emocional da personagem, principalmente por causa da investigação. Sabemos que o noivo não está nada satisfeito com a sua escolha de carreira e que ela realmente está determinada a trabalhar ao lado de Cormoran, mas O Chamado do Cuco não foi muito além disso, deixando em aberto diversas possibilidades para esses dois.

Os diálogos foram muito bem trabalhados para o desenvolvimento da história. Eu gostei como o autor conseguiu dividir bem as informações ao longo das quatro partes do livro, focando em detalhes importantes dos últimos dias de Lula Landry aos poucos, para que o leitor também tivesse a chance de bancar o investigador ao lado do protagonista. Além disso, os diálogos também ajudaram a revelar um lado bastante racional e detalhista de Cormoran.

Se vocês me perguntassem meses trás se eu acreditava me ver completamente apaixonada pela escrita e universo de Robert Galbraith, eu provavelmente diria que não. Mas a verdade é que o autor realmente conseguiu entregar personagens bem construídos e uma trama envolvente. A medida que enredo avança e Comoran vai encontrando as peças do seu quebra-cabeça, fica impossível de deixar essa leitura de lado.

O Chamado do Cuco foi uma surpresa muito gostosa, não vou mentir. Eu não sou uma grande leitora de thriller, mas com certeza foi um livro que me criou uma vontade desesperadora de conhecer e mergulhar mais nesse gênero. Agora que eu estou completamente apaixonada por Cormoran Strike, só posso respirar aliviada pela editora Rocco já ter lançado o quarto livro dessa série no Brasil.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

6 Comentários

  • […] primeiro livro da série, O Chamado do Cuco, nos apresenta pela primeira vez o detetive particular, Cormoran Strike, um homem com um passado sofrido, uma vida amorosa completamente arruinada e problemas financeiros extremamente preocupantes. Quando […]

  • Kleyse Oliveira
    16 maio 2019

    Oi Deb!
    E a primeira vez que vejo esse livro e pela capa e sinopse já sei que tem uma história muito interessante.
    Gostei da resenha tbm, vou add a minha lista para comprar e conhecer mais da obra e do autor.

  • Rayssa Bonai
    15 maio 2019

    Nunca imaginei que me interessaria em ler um Thriller, mas confesso que depois de ler sua resenha estou muito tentada a ler O Chamado do Cuco. Como esse não é o tipo de livro que estou habituada a ler, nunca dei muita atenção aos Thrillers, mas depois de ver sobre o que se trata O Chamado do Cuco, acho que tem grandes chances de eu me apaixonar pelo gênero. Gosto muito da mistura de mistério e investigação, o que me faz questionar porque nunca leio livros nesse estilo rsrs Estou muito curiosa para conhecer Cormoran Strike e seu passado problemático, além, é claro, de descobrir os mistérios sobre o caso de Lula Landry. Essa parece uma leitura daquelas que prendem o leitor, onde é impossível largar o livro enquanto não sanamos nossas dúvidas sobre a trama, adoro quando um livro me prende a esse ponto! Obrigada pela dica. Bjs.

  • Rayane B. de Sá
    15 maio 2019

    Thrillers não são geralmente o tipo de livro que leio, mas depois de ler a resenha me deu vontade de ler esse livro e descobrir o que causou a morte da modelo e acompanhar Strike em suas descobertas sobre o caso.
    Estou curiosa pra ler esse livro desde que soube que quem escreveu foi a J.K Rowling, vai ser legal ver ela narrando um romance policial, algo tão distante de Harry Potter.
    Adoro histórias cheias de segredos a serem revelados.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro. Gostei da indicação ❤

  • Angela Cunha
    15 maio 2019

    Esta série tem dado o que falar!!Até por trazer este lado escondido da J.K né? rs Ficou todo mundo meio curioso com este outro lado da autora!!!
    Eu me recordo muito bem deste livro, lançado já há algum tempo, mas ainda não tive oportunidade de conferir. Talvez agora com este burburinho, eu crie vergonha na cara!rs
    Adoro mistério e isso de segredos revelados e desta importância de todos os personagens, por mais que alguns tragam uma certa confusão!!!
    Lerei!
    Beijo

  • Tereza Cristina Machado
    14 maio 2019

    Eu gosto de thriller apesar de não ser o primeiro na lista na hora das compras hahaha policial então eu leio super rápido por conta da curiosidade mórbida rs!
    Eu acho que esse em especial deve ser o thriller muito maluco, eu encasquetei com esse cuco hahahahaha
    Por sua resenha eu gostaria de ler sim esse, fico grata pela dica 😉

  • Siga o @laoliphantblogInstagram