Resenhas 14ago • 2018

A Duquesa Feiapor Eloisa James

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: The Ugly Duchess
Gênero do Livro: Romance de época, Regência,
Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2018
3º livro da série Contos de Fadas
Número de Páginas: 272
Código ISBN: 9788580418491

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia? Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado. Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses. Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote. E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação. Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.

Eu já falei para vocês que eu amo Eloisa James? Acho que já, não é mesmo? Quando eu penso que ela não pode escrever mais um livro maravilhoso, ela me aparece com A Duquesa Feia para provar que eu estava completamente errada. Além de ter uma narrativa deliciosa, o terceiro livro da série Contos de Fadas nos trás personagens apaixonantes, diálogos maravilhosos e uma protagonista capaz de provar por A mais B que não precisa de um marido para ser a mulher mais feliz da Inglaterra. Como é que não ama esse livro, me diz?

Eu realmente não achei que eu fosse gostar de outro livro dessa série mais do que eu gostei de Quando a Bela Domou a Fera, mas eu estava errada. A Duquesa Feia é um romance que te conquista logo no primeiro capítulo com a escrita viciante de Eloisa James. A autora nos joga diretamente no olho do furacão, quando James, o nosso duque, está prestes a tomar a decisão que vai mudar o rumo da sua vida e de Theo, nossa heroína e, a partir desse momento, a leitura de A Duquesa Feia se torna um caminho sem volta para quem está lendo.

“Nas semanas e nos anos seguintes, quando olhasse para trás, ela identificaria aquele instante como o momento exato em que seu coração se partiu em dois. O momento que separou Daisy de Theo, o tempo Antes e o tempo Depois. No tempo Antes, ela tinha fé. Tinha amor. No tempo Depois… teve a verdade.”

Embora os diálogos de Quando a Bela Domou a Fera sejam mais engraçados e conquistem o leitor, A Duquesa Feia não deixou a desejar neste ponto. Os questionamentos de Theo sobre a vida conjugal e sobre outros aspectos da vida de um homem solteiro te arrancam gargalhadas até o estômago doer. Eu gostei bastante de ter a oportunidade de conhecer os protagonistas ainda muito jovens, sem muita experiência e descobrindo a maior parte das coisas juntos. Isso fez com que fosse mais fácil me conectar com o relacionamento deles e entender as suas dores.

O ritmo de A Duquesa Feia é muito gostoso, embora eu ache que o período em que o casal ficou separado tenha sido longo demais e o reencontro curto demais. Acho que essa é a minha única reclamação sobre o enredo. Eu consegui entender muito bem como cada um deles, James e Theo, cresceu ao longo dos anos em que ficaram separados, mas eu queria mesmo era ter explorado muito mais do relacionamento deles agora que haviam se reencontrado e precisam colocar as pendencias do passado em dia.

Theo é uma protagonista maravilhosa. Acho que qualquer leitor que já teve qualquer tipo de insegurança na vida vai conseguir entender exatamente como ela se sentiu quando percebeu que James havia se casado com ela apenas por causa do seu dote. É meio que impossível você não sentir a mágoa dela, mesmo que a autora mostre o lado de James o tempo todo, na esperança de não fazer com que os leitores fiquem com raiva dele. Minha maior alegria foi ver que, apesar da dor, ela conseguiu tomar as rédeas da vida dela e se tornar uma mulher maravilhosa.

“- Me parece que você reagiu ao desafortunado fim do nosso casamento indo na direção oposta. Eu me atirei ao perigo, você se cercou de retidão.”

E honestamente? Eu acho que James é o herói mais descente que eu li até hoje. E eu sei, “descente” nem ao menos soa como um elogio, mas é. Apesar de ele ter magoado muito a Theo por causa do casamento por interesse, você sabe o tempo todo que ele estava realmente apaixonado por ela e que, eventualmente, o sentimento iria despertar para os dois. O fato de ele ter dado o espaço que ela precisa, mesmo sabendo que aquilo o destruiria por dentro, só provou que o sentimento dele era verdadeiro, embora as atitudes que ele teve no passado mostrassem o contrário.

Eu acho que eu nunca torci tanto para um casal se acertar. Eloisa James criou personagens que são completos opostos e que tem muitos defeitos e, na prática, talvez não funcionassem tão bem juntos. Mas Theo e James se conhecem muito bem e o relacionamento deles é construído em cima de uma amizade de longa data, onde eles aprenderam a confiar e a entender as limitações do outro. É meio que de partir o coração pensar que eles passaram tanto tempo separados por causa de uma decisão idiota, quando poderiam ter sido felizes desde o começo, sabe?!

Ah, e eu tenho que dizer que eu senti muita falta de ver os personagens de outros livros sendo mencionados nessa série. Eu sei que é uma coisa meio idiota, mas eu já estava mais do que acostumada a reencontrar todos aqueles personagens por quem eu já me apaixonei em outros livros da mesma série (Sarah Maclean que o diga, né?). Eu tenho para mim que Linnet e Theo teriam se dado muito bem, caso tivessem tido a oportunidade de se conhecerem. Conseguem imaginar que squad poderosa que seria essa? Fica registrado o desejo de um livro apenas sobre a amizade delas.

“- Você não reconheceria um amor verdadeiro nem que ele batesse na sua cabeça – declarou James, cruzado os braços sobre o peito.”

Eu amei demais a leitura de A Duquesa Feia e, confesso que foi muito mais do que eu estava esperando, sabe? Os personagens são apaixonantes, a escrita de Eloisa James não deixa a desejar e o romance é de roubar o coração de qualquer leitor. Recentemente eu descobri que ainda temos uns 2 livros e mais alguns contos dentro do universo da série Contos de Fadas e eu confesso que mal posso esperar para ver o que a Eloisa James está reservando para nós.

Aproveite as promoções da Amazon e coloque A Duquesa Feia na estante agora!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

7 Comentários

  • […] Torre do Amor é o meu livro favorito e eu acho que nunca mais vou conseguir superar essa leitura. Um romance que te deixa sem fôlego, diálogos tão perfeitos que te deixam se palavras e protagonistas que te envolvem na trama do começo ao fim. Se isso não […]

  • Elidiane Lima
    31 ago 2018

    Oi, Débora!
    Da série Contos de Fadas li apenas Quando a Bela Domou a Fera, e eu me encantei de tal forma que penso igual a você antes de sua leitura de A Duquesa Feia, não acho que irei gostar tanto de outro livro da série como eu gostei do primeiro livro… mas quem sabe Eloisa James acabe me surpreendendo também?!
    Pena que o relacionamento dos protagonistas depois do reencontro não tenha sido explorado bastante, provavelmente quando for ler A Duquesa Feia acharei esse detalhe também negativo…
    Mas enfim, não vejo a hora de ler esse livro! Abraços.

  • Lily Viana
    30 ago 2018

    Olá!
    Já li resenha desse livro e vi comentários bastante positivos sobre ele.. A historia e uma recriação do conto de fada e adoro muito quando os autores fazem isso, podemos ver o quanto eles recria uma historia com base daquilo..Gostei muito desse romance e pretendo ler em breve.

    Meu blog:
    Tempos Literários

  • Elizete Silva
    27 ago 2018

    Olá! Adorei a capa desse livro, também gosto muito da escrita da Eloisa, e estou amando essas releituras, Theo e James parecem ser personagens ótimos e que terão que lidar com suas inseguranças para conseguir que seu relacionamento de certo, ótimo saber que ainda teremos mais livros dessa série, só espero que a editora não demore muito em publica-los aqui no Brasil.

  • Iêda Cavalcante
    18 ago 2018

    Oiee!
    Confesso que também mal consigo esperar pelos outros livros e nem li nenhum ainda rsrs
    Desde que essa série começou a ser lançada por aqui de cara me apaixonei pelas capas, que capricho da Arqueiro, elas são maravilhosas!!!
    Depois comecei a ler resenhas sobre eles e me encantei, semana passada comprei os dois primeiros e já estou ansiosa pra conhecer a escrita da Eloisa e seus personagens.
    A duquesa feia fará parte da minha próxima compra com certeza.
    Bjs!

  • Kleyse Oliveira
    15 ago 2018

    A duquesa feia está na minha lista para futuras compras desde que vi várias resenhas positivas sobre ele em alguns igs que sigo o Instagram.
    Como adoro um romance e estou conhecendo aos poucos os de época, então coloquei esse na minha lista de prioridade para comprar. Bjs

  • Daiane Araújo
    14 ago 2018

    Oi, Débora,

    Ao fugir da mesmice – presente nas características das mocinhas -, a autora engloba e abrilhanta a história de forma célebre. E, é claro, por deixar viável a sua força da personagem e o amadurecimento enraizados do personagem.

    Da série, esse é o livro que eu mais quero ler, pois não tem como não se encantar com essa proposta.

  • Siga o @laoliphantblogInstagram