Resenhas 17jun • 2019

Esse Duque é Meupor Eloisa James

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: The Duke Is Mine
Gênero do Livro: Romance Histórico, Regência,
Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2019
5º livro da série Contos de Fadas
Número de Páginas: 320
Código ISBN: 9788580419429

Obs: Este livro foi cedido pela editora em parceria para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Nas mãos de Eloisa James, autora de best-sellers do USA Today e The New York Times, os contos de fadas que amamos quando crianças assumem uma nova vida vibrante e sensual. Era uma vez, numa época não muito distante… Para Olivia Lytton, seu noivado com o duque de Canterwick é mais uma maldição do que uma promessa de ser feliz para sempre. Pelo menos o título de nobreza dele ajudará sua irmã, Georgiana, a garantir o próprio noivado com o carrancudo – e lindo – Quin, o duque de Sconce, um par perfeito para ela em todos os sentidos. Quer dizer, menos em um, porque Quin está apaixonado por Olivia. A curvilínea, teimosa e inconformista irmã gêmea de sua noiva desperta um desejo desconhecido nele. Mas Quin nunca coloca a paixão à frente da razão, e a razão lhe diz que Georgiana é a noiva perfeita. Quando eles não conseguem resistir à paixão, correm o risco de colocar tudo a perder – o noivado de Olivia, a amizade dela com a irmã e o próprio amor dos dois. Agora só há uma coisa capaz de salvá-los, e ela espera no quarto, onde um magnífico colchão guarda respostas transformadoras ao enigma mais romântico de todos. No quinto livro da coleção Contos de Fadas, Eloi

Eu nunca sei como começar as resenhas dos livros da Eloisa James, de verdade. Sempre que eu acho que um livro dela não vai ser tão bom quando o anterior, ela me prova mais uma vez que consegue se superar e eu termino mais um dia com uma ressaca literária que eu não consigo explicar. Esse Duque É Meu já era um livro esperado na minha estante, mas eu jamais poderia me imaginar tão apaixonada pelos protagonistas assim.

De todos os livros da série, eu acho que Esse Duque É Meu é o que tem o enredo mais romântico de todos. Nós temos protagonistas que criam uma conexão imediata um com o outro, o que pode ser bastante perigoso se o autor não souber desenvolver a narrativa de uma maneira inteligente, o que Eloisa James com certeza sabe fazer. A narrativa te envolve do começo ao fim e depois do primeiro capítulo não tem mais como você largar esse livro.

“Amo você mais do que qualquer outra coisa no mundo, mais do que minha vida. Se o amor é perigoso, então não quero viver em segurança.” 

A construção dos personagens é um ponto muito positivo desse romance. Nós temos uma protagonista que está para entrar em um casamento que ela não deseja e um herói naturalmente romântico que teve seu coração partido pela sua primeira esposa. Eu gosto como Eloisa James consegue encontrar um equilíbrio perfeito para mostrar ao leitor tudo o que esses personagens sentem sem transformar o enredo em algo clichê e cansativo.

Um ponto que me chamou bastante atenção nesse livro é que a narrativa é um pouco diferente do habitual. A autora faz uma breve contextualização da história, como se estivesse em uma conversa acalorada com o leitor que me agradou muito. Como o conto de fadas que inspirou esse livro não é dos mais conhecidos, eu acho que isso ajudou bastante a entender como a história caminharia.

Olivia é uma personagem muito debochada e eu acho que nunca descrevi uma protagonista de romance de época assim. Quando ela fica muito nervosa, começa a fazer piadas sobre a situação e entrega os melhores diálogos do livro inteiro. Eu gosto muito da forma como ela lida com a situação do casamento arranjado porque, mesmo não querendo se casar, ela obedece aos desejos da família e é extremamente compreensiva com seu noivo, que tem suas limitações.

“Você compreende a emoção. Eu não. Não quer dizer que minha mente seja inútil. Gostamos de coisas diferentes. Porque deveria aborrecê-la falando de matemática? Em vez disso, você pode me ensinar a rir.”

Acho que o grande diferencial de Esse Duque É Meu é o fato do noivo de Olivia ser uma boa pessoa. Ele talvez não fosse ser um bom marido para ela por conta da sua condição, mas ainda assim, ele tinha uma personalidade que o tornava especial a sua maneira. O fato de a autora ter criado uma relação de amizade entre eles me comoveu bastante e fiquei satisfeita de ela ter fugido do clichê do “antagonista” neste livro.

Eu preciso dizer, apaixonados por romances de época que eu amo Quin. Ele não é o meu herói favorito, mas ele tem uma qualidade que eu admiro muito: esperança. Mesmo tendo seu coração destruído, no fundo, ele nunca desistiu da ideia de encontrar um grande amor e o fato de ele ter se permitido de todas as formas amar Olívia, o torna um dos personagens que mais merecia ganhar um final feliz.

Esse Duque É Meu também nos entrega uma matriarca que é de fazer a gente arrancar os cabelos. Tudo bem que, no grande clímax do livro até que ela foi uma mão na roda, mas ninguém merece uma mãe que faz basicamente um concurso para escolher a futura esposa do filho. Eram tantas regras que eu nem consigo contar. Ainda bem que Olivia tinha um senso de humor maravilhoso, viu?

O que dizer? Eu amei demais essa leitura. Mais uma vez Eloisa James ganhou um espaço de destaque na minha estante e no meu coração. Esse Duque É Meu foi uma leitura maravilhosa, inspiradora e com diálogos divertidos que fazem você rir e se apaixonar pela história da Olivia e do Quin. E como esse é o quinto e último livro dessa série, eu só posso dizer que cada um dos livros valeu a pena a sua maneira e que eu queria muito poder apagar as histórias da minha mente apenas para poder viver todas essas emoções mais uma vez.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

5 Comentários

  • Jora
    25 jun 2019

    Nem acredito que ainda não li os livros dela. Sempre fico receosa de comprar porque geralmente me decepciono com histórias que parecem releituras, e no final acabo comprando algum livro mais na minha zona de conforto. Personagens que não se odeiam a primeira vista pra depois descobrir o amor são uma variação gostosa de se ler nesses livros; talvez eu me renda aos livros de Eloisa James em breve. Meu coração tem sempre espaço para um novo amor.

  • Rayane B. de Sá
    20 jun 2019

    Oiii ❤ Gosto bastante quando releituras de contos de fadas clássicos são criadas. É legal observar as diferenças e semelhanças entre as histórias. Saber essa série são releituras em formato de romances de época, me dá muita vontade de ir ler.
    Ainda não li nada da Eloisa James, apesar de já ter visto várias críticas positivas a respeito dessa sua série.
    Acho que vou adorar Olivia de cara, ela parece ser a alma desse livro. Também nunca vi uma mocinha debochada em romances de época, mas confesso que isso me agrada bastante.
    Estou curiosa tanto para conhecer Olivia e Quin, quanto para saber como o romance vai se desenvolvendo entre eles.
    Estava com um pé atrás sobre começar uma série tão longa e não ter lido nada ainda da autora, mas agora que sei que os livros são bons, quero ler o quanto antes rsrsrs ❤

  • Tereza Cristina Machado
    18 jun 2019

    Eu amo releituras e todos eles estão na minha lista dos sonhos hahahaha só pelo fato de ser releituras… agora fiquei curiosa pq vc disse que é uma releitura mas não disse de qual era, quero saber rs! Depois vou pesquisar.
    Acho lindo amor a amizade e essa trama aí com gêmeas e etc parece ser bem interessante. Com certeza quero ler a série inteira 😉

  • Elizete Silva
    18 jun 2019

    Olá! Confesso que estava com um pé atrás com a sinopse por conta de uma gêmea “roubar” o pretendente da outra, mas quando comecei a ler, fui entendo melhor a história e me encantei com as irmãs e o Duque, também não conhecia muito sobre o conto da Princesa e a ervilha, que inspirou essa história, e fiquei com vontade de ler para saber se a autora foi fiel na sua adaptação, Olivia com certeza é uma protagonista maravilhosa, mas senti falta de saber mais sobre sua irmã, achei que o final poderia ter mais algumas páginas, no geral é um bom livro de romance de época, deu para dar boas risadas, e derramar algumas lágrimas também né, ah a capa é uma das minhas favoritas dessa série!

  • Angela Cunha
    18 jun 2019

    Como sou maluca para ter e ler essa saga da Eloisa James!!!A cada livro lançado, o coração dispara. Amo essa releitura de contos de fadas, ainda mais trazendo essa parte mais sensual, mais caliente!
    E pelo que li acima, nesta obra, a autora caprichou no romance, desenhando com isso, um roteiro ainda mais amorzinho e isso é fabuloso.
    Outro detalhe muito importante, as capas!Todas são lindíssimas!
    Quero e com certeza, lerei todos os livros!!!
    Beijo

  • Siga o @laoliphantblogInstagram