Resenhas 19jun • 2018

A Garota dos Pesadelospor Kendare Blake

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: Girl of Nightmares
Gênero do Livro: Young Adult, Horror, Fantasia
Editora: Verus
Ano de Publicação: 2018
2º livro da série Anna
Número de Páginas: 266
Código ISBN: 9788576866770

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Passaram-se meses desde que o fantasma de Anna Korlov abriu uma porta para o Inferno em seu porão e desapareceu, mas o caçador de fantasmas Cas Lowood não consegue seguir em frente. Seus amigos lhe lembram que Anna se sacrificou para que Cas pudesse viver - não caminhar em meio aos mortos. Ele sabe que eles estão certos, mas aos olhos de Cas nenhuma garota viva que ele conhece pode se comparar a garota morta por quem ele se apaixonou. Agora ele está vendo Anna em todos os lugares: às vezes quando está dormindo e às vezes em pesadelos reais. Mas algo está muito errado... estes não são apenas devaneios. Anna parece torturada, despedaçada de novas maneiras cada vez mais horríveis sempre que ela aparece. Cas não sabe o que aconteceu com Anna quando ela desapareceu no inferno, mas ele sabe que ela não merece o que está acontecendo agora. Anna salvou Cas mais de uma vez e é hora de retribuir o favor.

Desde que eu concluí a leitura de Anna Vestida de Sangue, eu venho implorando para o universo que a continuação não demorasse muito para chegar na minha estante. Pois parece que o universo me ouviu, e A Garota dos Pesadelos já está entre nós. E pra ser sincero, eu não sei dizer porque, mas essa continuação não foi exatamente o que eu estava esperando. Não que tenha sido uma leitura ruim, até que foi boa mas não entregou o tipo de história que eu esperava quando concluí a leitura do primeiro livro.

Em Anna Vestida de Sangue, o fantasma de Anna Korov salvou a vida de Cas Lowood. Meses depois, Cas tenta continuar a sua vida, mas é assombrado por visões de Anna sendo torturada no Inferno. Apesar dos avisos de seus amigos de que tudo isso está apenas na cabeça dele, Cas sabe que Anna está em perigo. Anna salvou sua vida, e Cas vai fazer de tudo para retribuir o favor.

A escrita da Kendare Blake continua muito boa, mas um dos meus elementos favoritos do primeiro livro não está tão presente em A Garota dos Pesadelos. Eu senti falta do tom sobrenatural e assustador que me conquistou no primeiro livro, mas A Garota dos Pesadelos entrega uma coisa diferente. Nessa continuação, o enredo tem um tom mais voltado para o mistério. Se o primeiro livro era Sobrenatural, o segundo é Buffy, A Caça-Vampiros. As cenas de terror foram alguns dos meus momentos favoritos na leitura de Anna Vestida de Sangue, e eu realmente queria que A Garota dos Pesadelos tivessem mais momentos assim, mas eu acabei curtindo muito essa mudança de tom.

Substituindo esse tom de terror, o livro introduz vários detalhes sobre o universo da série, e explica um pouco mais sobre a backstory do Cas e sobre o pai dele. Tudo isso é ótimo, apesar de ficar muito claro que a atmosfera desse livro é diferente do primeiro. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, principalmente se você tenha gostado muito do tom assustador do primeiro livro. Nesse caso, essa mudança na atmosfera da história é no mínimo decepcionante. Eu realmente acho que existe uma forma de expandir o universo do livro sem sacrificar o tom de terror que foi o principal atrativo do primeiro livro para mim, mas não posso dizer que isso tenha sido um grande problema para mim.

“- Só estou dizendo que nem sempre tem que ser espíritos ou magia. Às vezes as assombrações estão na sua cabeça. Isso não significa que elas não sejam reais.”

Cas continua sendo um protagonista legal, e fica muito claro na leitura desse segundo livro o quanto os eventos de Anna Vestida de Sangue o mudaram. No primeiro livro da série, ele é bem mais arrogante e pretensioso, mas ao longo da duologia, ele se torna mais humilde e consegue formar laços verdadeiros com seus amigos. Ele ainda é um pouco arrogante, mas não de um jeito que me faça ficar irritado com ele. Ele é um bom narrador para a série, e a narrativa dele tem bastante personalidade.

Thomas e Carmel continuam sendo ótimos personagens de apoio, mas o foco do livro está completamente no Cas e na procura que ele embarca para encontrar Anna. É o mistério que carrega a história do livro, e é através desse mistério que descobrimos mais e mais sobre o papel de Cas como caçador. Esse enredo é super bem desenvolvido e você sente de verdade o desespero de Cas, e o quanto ele realmente quer salvar Anna. Eu curti bastante a história de onde vem a arma que Cas usa, e acho que esse plot daria uma spin off bem legal.

Você talvez tenha percebido que eu não falei nada sobre o romance entre Cas e Anna até agora, e isso é porque sinceramente, o romance deles nunca funcionou pra mim. Além de ser um romance completamente impossível, afinal Anna é um fantasma, o foco do relacionamento dos dois pra mim nunca foi o romance. Para Anna, o relacionamento deles é a única chance de redenção que ela tem e para Cas, é uma consequência da forma como ele se isolou do mundo dos vivos. É uma dinâmica super interessante, mas pra mim como romance não funciona.

“- Eu a amo.
– Ela está morta.
– Isso não significa pra mim o mesmo que para outras pessoas.”

E essa redenção que Anna quer é um dos meus pontos favoritos nesta série. Apesar de adorar a “Anna Vestida de Sangue”, a versão mais violenta e furiosa do primeiro livro, a backstory dela é tão trágica e o remorso que ela sente sobre tudo que ela fez é tão sincero, que não tem como não torcer para que ela consiga algum tipo de final feliz. Por isso os momentos entre ela e Cas são legais, porque é tão legal ver o lado humano de uma menina que foi praticamente condenada a ser um espírito matador.

No geral, A Garota dos Pesadelos é uma continuação ótima, apesar de bem diferente de seu primeiro capítulo. A segunda parte dessa duologia sacrifica os momentos mais assustadores, mas acrescenta vários nossos elementos ao seu universo, e continua a exploração do relacionamento entre os personagens. Não é exatamente o que eu queria da continuação de Anna Vestida de Sangue, mas é uma ótima leitura, que eu recomendo com toda a certeza. E eu vou aproveitar esse momento para pedir por mais duologias YA, porque não podemos viver apenas de trilogias e sagas enormes.

Ficou interessado em A Garota dos Pesadelos? Então coloque esse livro na estante agora!

Vinicius Fagundes ver todos os artigos
24 anos. Formado em Publicidade e Propaganda. Viciado em histórias. Desconhecido mundialmente.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

11 Comentários

  • Ana Carolina Venceslau Dos Santos
    30 jun 2018

    Ainda não tive oportunidade de ler esse livro mas já li o livro anterior Anna vestida de sangue que é o primeiro livro dessa série e posso afirmar com toda a certeza de que é um livro maravilhoso e completamente diferente do que eu esperava o romance apesar de Paranormal não foi ao Clichê ou repetitiva Foi simplesmente incrível

  • Eu adoro essas capas e vou venerá-las pelo resto da vida! Com relação ao enredo, eu acho que os momentos de terror são realmente um diferencial interessante, mas talvez essa mudança se relacione também com o plot diferente do segundo livro, o que eu acho que faz bastante sentido. Tô muito curiosa com a leitura do primeiro livro, na verdade eu esperava que todos estivessem lançados antes de eu começar a ingressar na trilogia, mas acho que eu não vou aguentar tanto tempo. Pra mim o romance entre os protagonistas parece um pouco forçado, acho que não é esse o verdadeiro foco que a história precisa.

  • Elizete Silva
    25 jun 2018

    Olá! Confesso que não os livros e a história não me prendeu. Interessante essa mudança de tom do primeiro para o segundo livro, acho isso um ponto positivo. Num primeiro momento não leria os livros, mas quem sabe mais para frente não mude de opinião.

  • Micheli Pegoraro
    21 jun 2018

    Olá Vinicius,
    Não sabia que esse volume já tinha sido publicado. Lembro que quando Anna Vestida de Sangue foi lançado os leitores ficaram bem empolgados com a história, até eu que não curto muito esse estilo de leitura fiquei interessada em ler, mas acabei deixando de lado e esqueci do livro.
    Essa trama é bem elaborada, com personagens bem construídos, instigando o leitor a acompanhar o desfecho da história. Confesso que não me sinto confortável com terror, mas adoro um suspense e uma narrativa repleta de mistérios, então fico feliz com a mudança de tom nesse segundo livro.
    Estou curiosa para conhecer a história da Anna e do Cas, espero ter a oportunidade de ler logo.
    Beijos

  • Atraentemente Evandro
    20 jun 2018

    Eu já tinha lido visto a capa do Anna Vestida de Sangue e não sabia dessa continuação. Eu tanto me interesso por sobrenatural e terror quanto por enredos em que o mistério se sobressai, então essa duologia é uma ótima pedida. Também não sei como seria esse “romance” pra mim. Fiquei curioso em fazer a leitura.

  • Gislaine Lopes
    19 jun 2018

    Oi Vinicius,
    Nossa, faz tempo que foi lançado Anna Vestida de Sangue que já havia até me esquecido desse livro, ao qual fiquei curiosa para ler, mas ainda não o fiz. O plot dessa série é bem interessante e a autora nos entrega uma história onde o impossível se torna possível. Adoro histórias sobrenaturais e traze-las para um livro é mexer muito com a imaginação do leitor. Sequências nesse gênero tendem a sofrer algumas mudanças bem significativas e a maior, geralmente, é a ambientação. A Garota dos Pesadelos pode ter perdido a essência inicial ou ter sofrido uma modificação, mas o ar de mistério é algo que me intriga também. Acho que agora que o 2º livro foi lançado vou me aventurar nesse mundo e espero gostar.

  • Lili Aragão
    19 jun 2018

    Oi Vinicius, já vi algumas resenhas desse livro mas a trama assustadora que é mais acentuada no primeiro livro é o que não me atrai, não gosto de leituras de terror, mas achei a história criativa e bacana e mesmo que essa continuação não tendo sido o que você esperava parece ser muito boa também e deve agradar a quem curte o gênero 😉

  • Theresa Cavalcanti
    19 jun 2018

    Oi Vinicius,
    Eu já tinha visto algumas coisas relacionadas com o primeiro livro desse série, mas não tive a oportunidade de ler ele. Estou com vontade, mas sabendo que tem um pouco de terror me deixa um pouco apreensiva.

  • Pamela Liu
    19 jun 2018

    Oi Vinicius.
    Não sou muito fã do gênero terror, por isso não tinha me interessado pelo primeiro livro.
    Mas estava bem curiosa em relação a história, pois vi várias críticas positivas sobre ela.
    Que pena que a continuação não te agradou completamente, apesar de não ter sido uma completa decepção.
    Anna parece ter tido um passado bem turbulento e da qual ela se arrepende. A tentativa da redenção é algo que me interessa bastante.
    Beijos

  • Bruna Lago
    19 jun 2018

    Vi alguns comentários sobre o primeiro livro, mas tá aí um gênero que eu não gosto muito. Acredito que não iniciaria a leitura, nem compraria os livros. raramente leio algo assim, só quando a sinopse chama mesmo minha atenção e fico tão curiosa que não fico quieta até ler. Mas esse não me prendeu.
    Que bom que gostou da leitura, percebi que não foi tão boa quanto o primeiro, mas não está de todo ruim.

  • Daiane Araújo
    19 jun 2018

    Oi, Vinicius.

    Mesmo não contendo o elemento principal, presente no livro anterior, essa alta tensão contida, aqui, traz um diferencial para a obra, por esse ponto ser crucial para o desfecho final.

    Os personagens parecem ter personalidades duvidosas e desproporcionais, então, não sei se eu curtiria a leitura.

  • Siga o @laoliphantblogInstagram