Resenhas 12set • 2018

A Mulher Entre Nóspor Greer Hendricks e Sarah Pekkanen

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: The Wife Between Us
Gênero do Livro: Thriller, Mistério, Ficção
Editora: Paralela
Ano de Publicação: 2018
Número de Páginas: 352
Código ISBN: 9788584391066

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard – bem sucedido, protetor, o homem dos sonhos – ela finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, ela começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém está perseguindo a, alguém quer o seu mal. Mas quem?

Gosto bastante de thrillers, e quando a premissa de A Mulher Entre Nós me prendeu os olhos por tempo o suficiente, a vontade de ler surgiu e ficou. Na verdade, a capa já me chamou a atenção, para início de conversa. O livro, escrito por Greer Hendricks e Sarah Pekkanen, me serviu como prova de que algumas pessoas provavelmente estão destinadas à escrita conjunta. As reviravoltas bem posicionadas ao longo do livro acabam por transformar o relacionamento e as vidas de Vanessa e Emma em algo totalmente instigante.

De um lado há Vanessa, uma ex-mulher que, até determinado ponto do livro, pode ser lida como inconformada com o término e um pouco louca. Do outro, Nellie, uma doce e jovem noiva, professora de educação infantil, se preparando para as novidades da vida de casada. No centro de tudo, há Richard, mais velho, o homem perfeito, que sabe se portar em qualquer situação e por quem é impossível não se apaixonar. Ingredientes perfeitos para um enredo de tirar o ar.

“Richard não pode casar de novo.
Começo a fazer os preparativos. Da próxima vez que a encontrar, vou estar pronta.”

Uma parte considerável do início do livro não me causou muita empolgação, mas foi apenas até eu entrar no ritmo. O livro é narrado por diferentes pontos de vista: Vanessa e Nellie dividem as páginas do livro e, por conta disso, temos a chance de compreender cada lado, aos poucos ganhando um quebra-cabeças para montar ao longo da leitura. Descobrir quem é bom ou quem é ruim se torna uma tarefa difícil ao longo das páginas, pois como a própria sinopse nos avisa, assumir coisas não é uma opção quando o assunto é A Mulher Entre Nós.

É uma leitura rápida, pois os capítulos são bastante curtos. Ainda assim, é o suficiente para que as informações não fiquem faltando. Há muita tensão durante a leitura, as coisas apenas acontecem rápido e vários flashbacks aparecem ao longo do texto, o que requer uma atenção extra durante a leitura. É uma prova de que nem toda leitura rápida, fluida, possa ser desprovida de atenção.

Senti falta, sim, de conhecer mais sobre os personagens: me peguei querendo entender mais sobre cada um, até sobre Richard, a quem peguei aversão logo no início da história, provavelmente contrariando o fluxo que de impressões causadas por Vanessa, que se mostrava um estorvo na vida do novo casal, tentando impedir a união. No entanto, essa mesma falta de profundidade é compreensível, uma vez que a proposta do livro não parece ser essa (apresentar personagens com profundidade, permitindo análises cuidadosas), e sim a de fazer a história ser ativa e prender a atenção do leitor, como ocorreu comigo.

“Mesmo quando não estou presente, estou sempre com você.”

Mais uma vez, citando a contracapa, ao ler, muitas suposições são feitas, sim. E tenho até medo de falar sobre elas aqui, porque muito pode contar como spoiler. Mas, por fim, uma das minhas primeiras suposições estava correta – acredito que por não ser exatamente uma novidade, especialmente em thrillers do gênero-, mas não estragou o final para mim. O livro possui uma história (três, na verdade) bem estruturada e bem executada. Uma leitura rápida e proveitosa, principalmente para quem gosta do gênero.

A Mulher Entre Nós é o resultado de um casamento literário entre duas autoras que deu certo, que desestabiliza a gente daquele velho costume de apostar em um final, em uma verdade sobre a história, por serem várias opções – muitas inimagináveis. O inimaginável não é impossível, claro, e pensar nele não estraga a leitura; livros que nos deixam ativos são deliciosos.

Para quem gosta de tensão, um bom suspense, e quer gastar algumas horas preso a um livro até chegar na última página, fica a recomendação. E, por favor, quem já leu, vem discutir comigo, porque não posso dar spoiler, mas esse livro mexeu comigo.

Rafaela Rodrigues ver todos os artigos
Estudante de Letras Port/Inglês/Literaturas, viciada em livros, textos e séries. Português ou inglês? Ah, tá muito ocupada com um desses hobbies pra poder decidir. É prima (bem) distante da Beyoncé e um dia vai ser dona de uma editora e lançar todas as continuações dos livros que gosta, mas que nem os próprios autores quiseram escrever.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

7 Comentários

  • Michelli Prado
    17 set 2018

    Este é um livro que já esta na minha lista de desejados, gosto bastante da proposta da historia e a forma da narração, pois assim prende a gente na leitura. Espero ser uma das minhas próximas aquisições. Eu também adoro o mistério da capa.

  • Patrini Viero
    17 set 2018

    Eu adoro thrillers e esse é um dos que me chamou atenção recentemente. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas acho que ele tem tudo pra ser uma experiência agradável. Gostei da escolhas das autoras de nos dar o ponto de vista de ambas as protagonista, isso torna o enredo mais intrincado e nos permite conhecer os dois lados da história. Apesar de saber que não é o foco da história, acho que eu também sentiria falta de mais profundidade nos personagens, mas mesmo assim é impossível não ficar curiosa pra leitura.

  • Pamela Liu
    13 set 2018

    Oi Rafaela.
    Estou sempre em busca de bons thrillers e parece que A mulher entre nós é um ótimo candidato.
    Achei interessante ter o ponto de vista das duas mulheres e provavelmente o marido não é tão perfeito assim rs
    Não leio mais a contracapa e sinopse de livros, pois muitos carregam spoilers.
    Espero ler o livro em breve.
    Beijos

  • GISLAINE LOPES
    13 set 2018

    Oi Rafaela,
    Se a recomendação é de thriller pode ter certeza que vou querer conferir, pois é um gênero que amo ler. Confesso que a sinopse de A mulher entre nós me lembrou, e muito, A garota no trem, mas não posso deixar que isso influencie de alguma forma em minhas expectativas em relação a leitura. Não dá para culpar Vanessa se esta vier a agir como uma ex descontrolada, pois passar por um divórcio e ainda ser trocada deve ser péssimo. Mas claro que isso só me faz pensar até que ponto suas ações podem contribuir para o mistério dessa história. Consigo ver que cada personagem tem um papel muito importante nessa trama, principalmente Vanessa e Nellie. Mesmo que ao final algum aprofundamento a mais de cada personagem tenha feito falta, fiquei intrigada com a proposta de Greer Hendricks e Sarah Pekkanen.

  • Daiane Araújo
    12 set 2018

    Oi, Débora,

    Ainda não o li, mas o livro já chama a atenção por colocar em cheque sentimentos conflituosos – gerados pelo fim de um relacionamento -, e o que o mesmo é que capaz de fazer com uma pessoa, beirando à obsessão e loucura.

    Com bastante precisão, podemos dizer que ambas as mulheres, são de suma importância para o desenvolvimento e desfecho da história, pois paralelo à isso, podemos ver que as mesmas irão causar confusão no leitor, por ter a oportunidade de ver e tentar entender os dois lados da história… E, até mesmo, podendo fazer descobertas à respeito de tudo e de todos. Acho essa jogada brilhante e sensacional.

    Preciso realizar essa leitura o quanto antes!

  • Kleyse Oliveira
    12 set 2018

    Mulheeeer. Eu sou doida para ter esse livro não só esse mais os outros desse autor, primeiro que adorei a capa do livro e segundo já li tanta resenha positiva e também a sinopse que fiquei mega curiosa para ler o enredo todo.

  • Ludyanne Carvalho
    12 set 2018

    Ah, não sou fã de thriller…
    A capa é legal, mas sinto que falta algo a mais para essa história chamar atenção; acho que faltam spoilers haha… mas compreendo que perderia a graça da história, ainda mais pra quem curte o gênero.

    Beijos

  • Siga o @laoliphantblogInstagram