Resenhas 16jul • 2018

Uma Noiva Para Winterbornepor Lisa Kleypas

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: Marrying Winterborne
Gênero do Livro: Romance de época, Regência
Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2018
2º livro da série Os Ravenels
Número de Páginas: 336
Código ISBN: 9788580418576

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Amazon

Sinopse: Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais. No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda. Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão. Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade. Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

A felicidade da minha vida foi a Arqueiro ter anunciado o lançamento desse livro ainda este ano, sério. Eu me apaixonei completamente pelos Ravenels quando li Um Sedutor sem Coração e, depois de como as coisas ficaram no final do primeiro livro dessa série, eu estava roendo unhas de ansiedade para colocar as minhas mãos em Uma Noiva para Winterborn e, devo dizer que, está muito difícil escolher qual dos dois livros me proporcionou a melhor leitura até agora. Eu vou enlouquecer com esses Ravenels, é muito sério isso!

Mas, vamos falar do enredo, não é mesmo? Neste segundo livro, nossos protagonistas são Rhys e Helen, personagens que nos são apresentados no primeiro livro da série. Como eu mencionei na minha resenha de Um Sedutor sem Coração, Kleypas resolveu trabalhar uma série interligada, logo, alguns acontecimentos do segundo livro, começam exatamente nas últimas páginas do primeiro. Sendo assim, quando o enredo de Uma Noiva para Winterborn começa, nós nos deparamos com a nossa heroína determinada a conquistar o coração do seu amado.

“Depois de 21 anos sendo tímida, previsível e estando sempre sentada em silêncio nos cantos, Helen havia descoberto um prazer rebelde em deixar as pessoas perplexas.”

Um ponto muito positivo nesse segundo livro foi que os personagens são completamente donos das suas vontades e desejos, então não temos muito daquela enrolação e aquele “gosto, mas não sei se gosto”. Desde o primeiro capítulo você tem certeza de que Helen e Rhys estão apaixonados um pelo outro, embora nem eles mesmos saibam da natureza deste sentimento. Assim, os conflitos desse enredo não são sobre se eles vão ficar juntos exatamente, mas se o sentimento que eles estão construindo é forte o suficiente para sobreviver as provações que o noivado deles irá sofrer.

E é assim que a Lisa Kleypas te agarra pela mão e não te deixa dormir até terminar o livro. Sério, eu não conseguir parar de ler esse livro e quando eu terminei, eu senti muita saudade desses personagens. Uma Noiva para Winterborn tem os melhores diálogos e um humor que faz com que você saia de uma cena muito intensa e caia na gargalhada logo em seguida, só para dar aquela sensação de relaxamento. Além disso, os personagens do primeiro livro estão mais do que ativos nesse segundo romance, então se você se apaixonou por eles, vai poder matar a saudade e ainda se divertir muito com essa família.

Helen foi uma das heroínas que eu mais gostei até hoje. Está andando lado a lado com a minha devoção à Penelope de Julia Quin e a Seraphina de Sarah McLean. Sua personalidade não é forte e nem mesmo marcante, na verdade, Helen é discreta e eu diria que também é um pouco frágil e, apesar de isso parecer uma coisa bem ruim, Helen também é acompanhada de uma vontade única e é essa vontade que a torna mais do que interessante. Eu gostei muito de ver como ela desabrochou ao longo do enredo e, como encontrou forças para mostrar para as outras pessoas o que ela queria realmente. Rainha de tudo e de todos que chama, né?!

” — Tente me deixar e vai ver o que acontece. Vá para a França, ou para qualquer outro lugar, e vai ver quanto tempo levo para alcançá-la. Nem cinco minutos, maldição!”

E nós ainda temos o Rhys que, merece sim um parágrafo inteiro dessa resenha para falar apenas dele. A personalidade taciturna dele me encanta demais, mas o carinho que ele tem coma Helen desde o começo do livro foi o que me ganhou. Eu gostei muito que a Kleypas tenha conseguido escrever um bad boy de coração mole. Você sabe que ele é muito rigoroso com tudo a sua volta, mas quando se trata da sua noiva, da mulher que ele ama, o Rhys derrete de um jeito tão lindo que é impossível não se apaixonar por ele desde a primeira página.

O romance de Uma Noiva para Winterborn tem conflitos diferentes do que os leitores de romance de época estão acostumados. Nesse enredo, tudo gira em torno de como o nosso casal principal vai escolher lidar com as diferenças de personalidade, os conflitos que vão surgir ao longo do caminho e o quão honestos eles conseguem ser um com o outro. Eu gostei muito que a autora tenha escolhido uma abordagem diferente, fugindo um pouco do mais do mesmo que estamos acostumados. É verdade que, nem todo mundo gosta dessas mudanças, mas para mim foi muito positivo e me permitiu me apaixonar por esses personagens de um jeito diferente.

Uma Noiva para Winterborn foi um dos livros mais gostosos que eu já li. Um sopro de ar fresco que o gênero estava precisando. Eu realmente espero que os próximos livros dessa série sigam a mesma linha e que a Lisa Kleypas siga sempre inovando com os seus personagens e desafiando os leitores do gênero a um enredo completamente novo. A série Os Ravenels era tudo o que a minha prateleira de romances estava precisando e eu mal posso esperar pelo lançamento do terceiro livro!

Quer ler Uma Noiva para Winterborn? Então aproveite as promoções da Amazon e garanta já o seu exemplar!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

8 Comentários

  • […] com esse espírito livre dela e o desejo que ela tinha de ser dona do próprio destino. Os romances de época tem uma mania muito grande de criar protagonistas que querem ser independentes mas pouco fazem pra isso realmente acontecer e, diferente de tudo, a […]

  • Jade Sibalde
    31 jul 2018

    Oi Débora!
    Até hoje só li um livro da Lisa Kleypas, Pecados de Inverno, e não me interessei por outro. Admito que a primeira coisa que me chamou atenção foi o nome do protagonista, Rhys, na hora só mentalizei o Rhysand de Corte de Espinhos e Rosas <3! Não sei se lerei esse mas fica dica mesmo assim. Beijos

  • Pamela Liu
    25 jul 2018

    Oi Débora.
    Estou doida para ler essa nova série da lisa. AMO todos os seus livros e a sua escrita é incrível.
    Faz tempo que não leio nada tão bom que eu tenha aquele desejo de não largar o livro até terminar a história. Bom saber que esse segundo livro tem essa característica rs
    Helen e Rhys parecem ótimos personagens e já quero acompanhar a sua história e saber como vão acabar juntos.
    Beijos

  • Lily Viana
    20 jul 2018

    Olá!
    Eu amei a resenha, com certeza irei amar essa trama… Eu obtenho o primeiro livro e com certeza estou desejando muito ler ele, sei que é um romance super fofo e que irei amar. Já li varias resenhas e me encantaram bastante. Gosto de quando o livros sempre estão interligados um ao outro, podemos ter um pouco da noção da conexão da trama e de como tudo começou.

    Meu blog:
    Tempos Literários

  • Iêda Cavalcante
    20 jul 2018

    Oi Débora!

    Lisa é diva né?
    Sou até suspeita pra falar porque sou apaixonada pela escrita dela.
    Também fiquei eufórica quando vi que a Arqueiro ia lançar mais essa série.
    Sobre o livro amei tudo de diferente que ela conseguiu colocar no livro, e isso deles já serem noivos e a gente acompanhar o sentimento em si e não o começo dele me animou, porque nunca li nada assim, estou ansiosa para conferir.
    Bjs!

  • Micheli Pegoraro
    18 jul 2018

    Oi Débora,
    Sou suspeita pra falar dessa autora, a Lisa Kleypas é uma das minhas autoras favoritas de romance de época, e não vejo a hora de ler essa nova série e conhecer a família Ravenels. Nem tenho dúvidas, já sei que vou me apaixonar pela família.
    Adorei saber que os livros são interligados, trazendo os protagonistas do livro anterior para nós leitores matarmos a saudades.
    Com certeza a Helen irá me conquistar com sua garra e determinação, e quanto ao Rhys… ah esse mocinho irá me arrancar muitos suspiros.
    Estou ansiosa para ler essa série e conferir esse enredo inovador que a autora trouxe para o gênero.
    Beijos

  • Vitória Pantielly
    17 jul 2018

    Oi Débora,
    É um dos meus livros desejados, mas lendo sua resenha percebi que a história é bem mais bonita do a sinopse aparenta! A autora conseguiu sair do clichê de montar um romance com o casal se apaixonando, achei legal que ela se dedicou mais a decisão dos dois…
    O livro é mesmo bem amorzinho, não vejo a hora de ler, gosto bastante da autora!
    Beijos

  • Daiane Araújo
    17 jul 2018

    Oi, Débora,

    É sempre positivamente bom quando o casal engloba em um relacionamento se submetendo a diversos obstáculos, assim, a base do relacionamento se solidifica, a união se fortalece.

    E, é claro, a leitura também se torna fluída, pois o leitor fica na ânsia de ver o desenrolar de tudo.

    A proposta do livro me ganhou de imediato! ❤

  • Siga o @laoliphantblogInstagram