livros
Categoria(s): livros

Novembro 9, por Colleen Hoover

de Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano de Publicação: 2016
Número de Páginas: 340
Código ISBN: 9788501076250
Sinopse: Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Temos mais um livro da Colleen Hoover na estante. Talvez esse tenha sido o mais desejado depois de Talvez Um Dia, apesar de eu ainda ter um pouco de receio com os livros da autora depois das intermináveis continuações de Métrica que, até hoje, acho que são desnecessárias e a não tão boa experiência lendo Nunca Jamais. Acompanhei muitas resenhas positivas de Novembro 9 quando ele foi lançado nos EUA no ano passado, e confesso que parte da minha animação para ler o livro veio de todos os elogios que ele recebeu no GoodReads. Por sorte, assim como em Talvez Um Dia, Colleen conseguiu superar as minhas expectativas e me dar um enredo que valeu a pena a leitura em diversos aspectos.

Novembro 9 conta a história de Fallon, uma jovem ex atriz que teve a sua carreira interrompida por causa de um acidente na infância. Justo no dia em que está se mudando para New York, Fallon conhece Ben, um jovem escritor com quem acaba passando todo o dia junto. A conexão entre os dois é inegável e, para não perderem a oportunidade do encontro, os dois entram num acordo de se encontrarem todo o dia 9 de Novembro durante cinco anos. Nenhum contato entre os dois é permitido durante o período e ambos precisam realizar algumas tarefas. Enquanto Fallon precisa cumprir com algumas tarefas estipuladas por Ben, o jovem tem a missão de escrever um livro baseado na experiencia dos dois. O problema é que, quanto mais o sentimento entre eles cresce, mesmo com a distância, mais Fallon começa a se questionar se aquele relacionamento é real.

resenha-novembro-9-um

Neste livro, Colleen trás uma narrativa em primeira pessoa que se divide entre os pontos de vista de Fallon e Ben. Essa é a segunda vez que vejo a autora trabalhar esse tipo de narrativa em um livro, a primeira foi em Nunca Jamais, e na época eu não gostei muito do resultado. No caso de Novembro 9, a escolha dessa narrativa funcionou muito bem para o desenvolvimento da história, porque conseguíamos acompanhar o crescimento de ambos os personagens e ter uma ideia bem mais profunda de como eles estavam se sentindo durante toda a experiência de se encontrarem apenas uma vez por ano.  Um ponto muito positivo para o livro foi eu ter conseguido perceber a maturidade dos personagens através da passagem de tempo do livro e como voz deles ia mudando conforme eles iam envelhecendo.

Apesar de eu ter as piores experiências literárias com enredos que exploram essas grandes passagens de tempo, Novembro 9 se saiu muito bem quando se trata de criar uma ponte entre o ano anterior e o ano seguinte. A autora tomou cuidado para que as informações conseguissem se encaixar e que os personagens, apesar de passarem meses longe um do outro, não perdessem a química nem a conexão que tem um com o outro desde o primeiro capítulo do livro. Houve apenas um ponto do livro que me desagradou bastante, o suficiente para tirar meia estrela, que foi o desfecho.

resenha-novembro-9-cinco

Mesmo a história caminhando muito bem, Colleen escolheu inserir mais alguns elementos na história que acabaram sendo “a mais” do que o necessário. Os personagens principais já tinham passado por muitos desafios e aprendido com eles, prontos para seguir em frente com suas vidas. Porém, quando a autora começou a inserir mais acontecimentos no enredo, eu senti que a história se perdeu bastante, fazendo com que os personagens passassem por mais situações do que era necessário e colocando um “peso” no enredo que não precisava.

Eu gostei bastante da forma como o relacionamento de Fallon e Ben se desenvolve ao longo dos anos. Mesmo se vendo apenas uma vez por ano, os dois conseguiram construir, pelo menos até um certo ponto, uma relação saudável onde um sempre tentava incentivar o outro a sair da sua zona de conforto e enfrentar seus medos. Gostei bastante de como Ben sempre encontrava formas diferentes de mostrar para Fallon que havia uma vida além do mundo em que ela havia se trancado, e de como Fallon fazia de tudo para que Ben não desistisse de escrever seu livro, mesmo quando as situações pediam isso.

resenha-novembro-9-tres

Apesar do principal do enredo ser o relacionamento dos dois, acredito que Colleen fez um ótimo trabalho explorando as relações familiares de ambos os personagens desse livro. O relacionamento de Fallon com o pai, pelo menos para mim, foi um dos pontos fortes do livro, mesmo que não tenhamos muitas cenas dos dois juntos, o que me ajudou bastante a formar uma conexão com a personagem no começo do livro. A família de Ben também não deixa nem um pouco a desejar, mesmo eu ainda mantendo a opinião de que certos acontecimentos não eram necessários.

Novembro 9 foi uma leitura que terminou com um saldo bastante positivo. Mesmo com os pontos negativos, os personagens do livro agregam muito a leitura e a história em si passa uma mensagem que vale muito a pena ser lida. Mais uma vez Colleen Hoover trouxe um romance que mexe com o coração do leitor, que nos faz chorar e sofrer junto com os personagens. Acho que, só por esse motivo, Novembro 9 já é um livro que vale muito a pena você colocar na sua estante.

Gostou? Compartilhe!pinterest twitter facebook
Débora Costa

Uma intelectual contemporânea que entende a importância da convergência de mídias, telas e narrativas. Acompanhando mais séries do que deveria e não consigo fazer uma coisa de cada vez. Ainda quero escrever um romance de época um dia.

Deixe seu comentário

  1. Olá!
    Nunca li nada da Colleen Hoover mas tenho bastante vontade pois ouço diversos elogios aos livros dela. Gostei muito da premissa desse que me lembrou Um Dia por conta dos encontros anuais sempre na mesma data e só pela resenha já me senti cativada pelos protagonistas. Colleen parece ser uma autora e mesmo com os pontos negativos Novembro 9 parece ser uma ótima leitura.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

  2. Aiii, só leio resenhas positivas sobre esse livro, eu o ganhei ontem, então estou mais do que ansiosa para iniciar a leitura e mergulhar nesse mundo delicioso que a autora deve ter construído, parabéns pela linda resenha.

    Beijos

  3. Fabiana comentou:

    Olá, tudo bem?
    Esse livro é um dos meus favoritos. Eu simplesmente amei a historia. Não vi tantos pontos negativos como você, mas acho que um livro é de um jeito para cada pessoa. Enfim, super recomendo a leitura. Beijos

  4. Colleen tem uma boa escrita, mas não curto livros intermináveis, como você bem citou Métrica, li pouco de Colleen e apesar de ter apreciado, não é um livro que compraria, que entraria em minha lista de desejos no momento.

  5. Sabe que eu só não curti muito Essa Garota, achei que Pausa foi bacana… E para mim o que estragou Nunca Jamais foi o fato de seguirem por aqui a publicação como nos EUA, de uma parte por vez, fazendo assim com que o livro ficasse aberto e a demora no próximo cansa (se bem que não estou tão empolgada já que vi que na terceira parte a coisa meio que vai ladeira abaixo em alguns momentos).
    Estou muito empolgada com esse livro, li algumas quotes que me emocionaram e eu acho que irei sentir novamente o que senti com Um caso Pedido – de me conectar com os personagens e sofrer junto com eles e torcer por eles e tudo o mais.
    Se bem que eu sou apaixonada pelos livros da CoHo e mesmo quando não gosto muito eu ainda defendo a leitura deles hehehe
    Adorei sua resenha!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

  6. Olá,
    Desde o lançamento da obra, fiquei bem curiosa para ler e conferir como a Colleen iria tratar do assunto e quais sentimentos conseguiria despertar em mim. Quero muito conferir o relacionamento criado entre Fallon e Ben e como evoluem no decorrer da obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

  7. Olá Débora, quero ler esse livro desde que foi anunciando seu lançamento aqui *-* Pela sua resenha apesar de alguns poucos pontos negativos o livro trás um enredo bem bacana e também adoro narrativas intercaladas *-* Sem duvida pretendo lê-lo em breve, sua resenha ficou muito boa *-*

    meumundo-meuestilo.blogspot.com.br

  8. Oi, Débora ^^
    Estava bastante animado com esse lançamento da Hoover mas desanimei geral ao ler outra resenha que deixava claro somente a narração dos encontros do casal, sem dar espaço para descrever as situações ao redor deles e dos personagens secundários. Isso me incomoda demais, parece que os protagonistas são o centro do mundo e isso eu não curto em nenhum enredo, tem que ter a construção dos cenários e o foco deve sair deles em algum momento pois eles são humanos, oras.
    Fico feliz em saber que os capítulos alternados entre os protagonistas te agradou, Débora. Eu gosto bastante desse formato desde o momento em que li As Crônicas de Gelo e Fogo. <3
    Parabéns pela resenha e que outras obras da Hoover te agradem como Novembro 9 agradou.
    Bjs