01mar • 2015

por

O livro no Skoob e no Goodreads.

Número de Páginas:

Comprar:

Sem Esperança é o segundo volume da série Hopeless, escrito pela autora Colleen Hoover e publicado no Brasil pela Galera Record. Neste livro iremos conhecer o enredo de Um Caso Perdido contado do ponto de vista de Dean Holder.

Anos após do desaparecimento de sua amiga de infância, Hope, Holder ainda não consegue esquecer completamente a sensação de que tudo o que aconteceu no passado foi, em parte, sua culpa. Com a morte de sua irmã, sua vida muda completamente e, depois morar com seu pai por alguns meses, ele decide que está na hora de retornar à cidade onde vivia e cuidar de sua mãe.

Sem Esperança_01

É então que ele conhece Sky e, ao olhar em seus olhos, tem a sensação de que encontrou alguém que havia perdido há muitos anos . Será que ele finalmente havia encontrado Hope? Mas Sky era mesmo o que a sua identidade dizia, e por alguma razão ele simplesmente não conseguia dar as costas para aquilo e deixá-la de lado. Conforme a relação dos dois vai se tornando cada vez mais intensa e difícil de se negar, Holder começa a deseja que a garota não fosse ninguém menos do que apenas Sky.

O livro é narrado em primeira pessoa, no ponto de vista de Holder, que conhecemos em Um Caso Perdido, o primeiro volume da série. Diferente do que eu esperava, os primeiros capítulos do livro são os mais importantes. É onde a autora permite que o leitor conheça um pouco do personagem antes de sua vida ter essa grande mudança. Podemos acompanhar o seu relacionamento com a irmã, e ter uma breve ideia de quem era Less, e como ela estava se sentindo em relação às coisas que estavam a sua volta.

“Ficar com ela me fazia pensar no amanhã e no dia depois de amanhã e no dia seguinte e no ano seguinte e na eternidade. Preciso disso agora, pois se eu não abraçá-la de novo… vou terminar olhando para trás mais uma vez, deixando o passado me engolir completamente.”

Um dos pontos que eu mais gostei na construção da narrativa do Holder, foi que a autora deu um tom muito mais pessoal para a história. Ao longo dos capítulos, nós podemos ver cartas que o personagem escreve para a irmã, o que faz com que o leitor consiga ter um envolvimento maior com a história e visualizar exatamente o que o personagem está sentindo naquele momento em relação ao que está acontecendo ao seu redor.

A coisa que mais me incomodou dentro de toda a proposta do livro foi a história não ter ido mais além do que aquilo que já havíamos visto em Um Caso Perdido. Boa parte do enredo se resume as mesmas cenas do primeiro livro, só que do ponto de vista masculino. Foi bem interessante ver o que se passava na cabeça do Holder enquanto ele e Sky ainda estavam se conhecendo, mas por outro lado, eu já sabia exatamente o que estaria escrito no próximo capítulo e isso me deixou bastante entediada com a leitura.

Sem Esperança_02

Dean Holder é um personagem bastante intenso. O ponto de vista dele trás muitos conflitos internos e muitos assuntos não resolvidos que eu não tinha compreendido muito bem no primeiro volume da série. Mas, ainda assim, ele não tem nada “além” do que a autora já havia mostrado pra gente dentro de Um Caso Perdido. Não é um segredo como ele se sente em relação a Sky e o que ele pensa em relação a tudo o que acontece durante o enredo em si. Isso acabou deixando o personagem um pouco previsível, cru.

Por outro lado, foi muito legal ver a Sky pelos olhos de outro personagem. Eu tinha gostado bastante dela no primeiro livro, mas ainda tinham traços da personalidade dela que me incomodavam, e acho que ao vê-la por um ponto de vista diferente eu consegui compreender melhor a personagem e me envolver mais com o que o livro estava propondo.

“Meu coração está dizendo para eu simplesmente ir embora. Less já me avisou mais de uma vez que isso não é da minha conta. No entanto, ela não sabe como é ser o irmão de alguém.”

Sem Esperança não é um livro ruim, mas também não foi uma leitura tão boa quanto foi Um Caso Perdido. Acredito que muitas pessoas estivessem esperando – ou pelo menos eu estava – algo mais parecido com “Pausa”, segundo livro de Métrica, onde a autora conta a história do ponto de vista do Will, mas alguns meses depois do fim do primeiro livro. Infelizmente, não foi esse tipo de enredo que ela escolheu para Sem Esperança, embora eu entenda que havia uma necessidade de mostrar as coisas pelo ponto de vista do Holder, afinal, ele está muito envolvido em tudo o que aconteceu com a Sky desde o começo.

Se você gostou muito de ler Um Caso Perdido e se apaixonou por Holder, a leitura de Sem Esperança é fundamental para que você conheça mais sobre o personagem e se apaixone ainda mais por ele. A escrita de Colleen Hoover não decepciona neste livro, então se você está procurando aquele enredo envolvente, Sem Esperança pode ser uma boa escolha.

Tags: , ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

23 Comentários

  • Bruna Souza
    abril 02, 2015

    Oi, tudo bem? Um caso perdido será uma das minhas leituras de Páscoa (vou tomar vergonha na cara e ler o livro que já tenho a quase um ano, rs). Mas não leria Sem esperança por agora, mesmo você falando que é fundamental para quem gostou do primeiro. A sua resenha não foi a primeira que vi falando que o livro não acrescenta nada de novo, e que isso foi um pouco decepcionante. Acho que seria um livro para ler beeeem depois do primeiro, quando já tivesse esquecido algumas coisas.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

  • Aline Gonçalves
    março 12, 2015

    Oie, tudo bom?
    Eu preciso muito ler Um Caso Perdido porque a escrita da Colleen Hoover é incrível. Vi muitas pessoas reclamando desse segundo livro justamente porque ele não trás nada de novo e simplesmente reconta a história do ponto de vista do Holder. Acredito que isso desanime um pouco a leitura e talvez seja indicado ler a sequência bem depois de ter lido o primeiro livro.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

  • Ana Caroline
    março 11, 2015

    Oi, tudo bem?

    Eu ainda não li Caso Perdido nem Sem Esperança, mas já li tantas resenhas que sei mais ou menos sobre o que se trata. Holder parece realmente ser um fofo e eu adoro conhecer a versão do personagem masculinos para os fatos.

    Beijos.

  • Kel Araujo
    março 08, 2015

    Pra mim esse é o melhor livro da Colleen. Não achei que foi mais do mesmo de Um Caso Perdido. É um ponto de vista totalmente diferente e ela inseriu várias coisas que só o Holder viveu, só o Holder sabia. As cartas para a irmã, a forma como a morte dela acontece… como vc falou, tem um tom bem mais pessoal. Amei. Acho que a Colleen narra bem melhor através de personagens masculinos. Não que os femininos sejam ruins, nada que ela escreve é ruim. Mas ela dá show nos pontos de vista masculinos =P

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

  • Caroline Volodka
    março 07, 2015

    Oi!

    Eu PRECISAVA ler uma resenha deste livro, pois acabei “Um caso perdido” nesta semana e não sabia se deveria ler o próximo ou não. Que pena que o enredo não muda… queria uma continuação, com certeza. Mas tem um outro livro, que fala sobre a Six… esse sim eu quero ler!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.com.br

  • Karol
    março 06, 2015

    Oi, Débora! Como vai?
    Não li Um Caso Perdido, tenho muito interesse, e consequentemente não li Sem Esperança. Acho interessante quando se tem um livro com a mesma história e perspectiva diferente, porém algumas coisas deveriam ser acrescentadas, e até foram, né, como o começo do livro. Creio que irei gostar do livro quando o ler, pelo menos é o que espero. Adoro cartas e é muito legal conhecer mais a personagem através delas, sim <333 O Holder parece ser um cara um tanto quanto interessante.
    Beijinhos,
    Karol.
    http://www.heykarol.com

  • Andrea
    março 04, 2015

    Eu tenho bastante vontade de ler algum livro da Colleen Hover! Todo mundo adora ela! Eu acho interessante a ideia de escrever outro livro de outro ponto de vista. Para os fãs, dá para matar as saudades e dá para saber um pouco mais sobre o outro personagem… Mas, por outro lado, de vez em quando é chato repetir a mesma história, né?
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

  • Maiara Vieira
    março 04, 2015

    Oi Débora,

    Eu não li nenhuma das obras da Colleen Hover.
    Minha colaboradora leu Um caso perdido essa semana e pelo que ela falou gostou muito do livro.
    Pelo que você falou creio que se certa maneira é importante para história entender o Holder.
    Quero conhecer essa história também.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

  • Fernanda Bizerra
    março 03, 2015

    Oiee.

    Flor eu não li as obras e claro que fiquei curiosa com algumas resenhas, mas não tenho tantas expectativas a respeito. Espero gostar um pouco da obra e me divertir

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

  • Janna
    março 03, 2015

    Olá Débora, eu li apenas Um Caso Perdido e estava curiosa a respeito de Sem Esperança, confesso que imaginava que seria algo semelhante a Métrica e Pausa, mas ainda bem que li sua resenha, sendo assim não irei com tanta expectativa para a leitura…
    Gostei muito do Holder e gostaria de conhecer um pouco mais dele….
    Parabéns pela ótima resenha e por nos mostrar os pontos negativos e positivos do livro.

    Beijos!!!
    @lpdiversao
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

  • Kétrin N. Galvagni
    março 02, 2015

    Oi Débora, ouço falarem tão bem sobre esses livros, estou muito ansiosa para ler! Pretendo comprar em breve os dois e começar a leitura para ver o que encontro, mas espero gostar muito 😀

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

  • Roberta Gouvêa
    março 02, 2015

    Oi, Débora, tudo bem?
    Eu li “Um Caso Perdido” e fiquei completamente apaixonada pela história e, principalmente, pelo Holder. Achei ele um personagem fantástico.
    Já comprei esse livro, mas por causa da greve dos caminhoneiros, vai demorar um pouco pra chegar, mas estou super ansiosa. Apesar de você ter dito que não tem muito mais informações que no primeiro livro, ainda sim quero ler.
    Ah, sobre a nova identidade visual do blog: está linda demais. Na verdade, todas que já passaram por aqui são lindas e diferentes. O blog sempre arrasa!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

  • Gabriela
    março 02, 2015

    Olá,
    Li Um Caso Perdido e adorei, por isso solicitei essa continuação pela Galera e espero não me decepcionar, porém essa autora sempre arrasa na escrita.
    Beijos.
    Memórias de Leitura – http://memorias-de-leitura.blogspot.com.br/

  • Ana
    março 02, 2015

    Um Caso Perdido foi uma das minhas leituras preferidas do ano passado, por isso fiquei super feliz ao descobrir que teria um livro no ponto de vista do Holder. Acho que ele sempre foi um personagem com um grande potencial pra ser explorado, principalmente como narrador, onde estaríamos mais próximos dos seus sentimentos. Infelizmente, as críticas que tenho acompanhado de Sem Esperança não são das melhores, por isso estou um pouco receosa que o livro esteja abaixo das expectativas. Comprei ele na internet e estou esperando chegar, mal conseguindo conter a ansiedade pra tirar minhas próprias conclusões, haha.

    Beijos,
    Ana

    http://www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

  • Camylla
    março 02, 2015

    Que pena q vc n gostou tanto.. Esse negócio de escrever a mesma história no ponto de vista do personagem masculino é bem típico de new adult! Ainda n li sem esperança mas já espero q n passe do mesmo ponto q um caso perdido.
    Eu estou louca para ler pq a historia de cada um deles é bem emocionante!
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

  • Paula de Franco
    março 02, 2015

    Olá, Débora.

    Eu estava jurando que era uma continuidade do primeiro livro e não uma versão do Holder, isso me deixou bem desanimada, mas nada que me faça desistir da leitura. Gosto demais da escrita da Colleen e tudo que vem dela me deixa louca de curiosidade. Fiquei interessada com essas cartas que você disse que o livro tem, adoro cartas, bilhetes e email em livros. Irei fazer essa leitura em breve. Espero gostar apesar de tudo.

    Beijos.
    http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

  • Juliana Garcez
    março 01, 2015

    Oie! Tudo bem?

    Nunca li nada da autora e confesso que tanto a sinopse de Um Caso Perdido quanto a de Sem Esperança não me atraem. Eu não sou muito fã de livros que contam a visão de uma “mesma” história sob visão de outro personagem, acho eles em geral bem chatinhos. Uma pena você ter ficado entediada com a leitura em alguns momentos… Porém, fico feliz que ainda assim você recomenda o livro para algumas pessoas! 🙂

    • Débora Costa
      março 01, 2015

      Oi Juliana,
      Eu recomendo muito a leitura dos livros da Colleen, mas confesso que esse eu estava esperando que fosse um pouco além do que a autora propos. Para quem gostou muito do livro e quer entrar nesse universo de novo, a leitura vai ser ótima, mas acho que eu queria algo diferente nesse segundo volume da série. Vamos ver o terceiro, né?!

  • Camila Lopes
    março 01, 2015

    Oiee Débora!

    Então, a Mandi do blog que leu e resenhou Um Caso Perdido e disse ter sido uma das melhores leituras de 2014, a autora parece que se destacou muito com este e outros livros, e parece boa tambem dentro do gênero new adult. Não sou fã, mas encaro quando é um bom livro.. e uma pena que Sem Esperança não seja tudoooo isso que os leitores dela esperavam!
    Mas pelo menos vale a leitura e um ponto de vista masculino é bem legal sempre!

    Uma coisa que acho que já está comum demais dentro do new adult é escrever histórias sobre trocentos personagens da mesma trama, sobre seu ponto de vista, sua vida e tudo. Acho legal, mas todos os autores estão fazendo isso, uma hora enjoa né? hahaha
    Se a história é boa, vale, se não… me deixaria de saco cheio!

    Adorei a resenha, muito realista em relação a expectativa do livro.
    Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    • Débora Costa
      março 01, 2015

      Oi Camila,
      Quando eu li Um Caso Perdido, eu gostei muito. Eu estava esperando um roteiro completamente diferente e simplesmente me surpreendi com a proposta da autora. Eu entendi bem o que ela queria com Sem Esperança, mas eu não achei necessário porque a personalidade e sentimentos do Dean ficaram claros pra mim no primeiro livro.
      Não deixa de ler Um Caso Perdido quando tiver a chance, você vai gostar muito da Colleen.

  • Leitora Online
    março 01, 2015

    Oii, estou louca para ler esse livro, vou ver se compro ainda essa semana.
    Parabéns pela resenha.
    Tenha um bom Domingo!
    Beijinhos ;**
    Leitora Online

    Instagram | Twitter | Facebook

  • Luan Sampaio
    março 01, 2015

    Oieee Debs, tudo bom?
    Ainda não li nada da Colleen Hoover , mas tenho uma grande curiosidade com o livro “Um Caso Perdido” vi praticamente todo mundo falar desse livro e eu aqui dooooooido para ler HAUAHAUA. Eu sempre vejo ele em promoção, mas com um frete que só Deus </3 Oxente, colocar as mesmas coisas do primeiro livro só que no ponto de vista do Dean Holder (?) me senti perdido HAUAHAUAH. Espero que quando eu for por uma livraria física o primeiro livro esteja lá, pois não aguento mais esperar de tantos comentários que vejo a respeito! Adorei sua resenha ♥

    Beijos,
    Luan || http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    • Débora Costa
      março 01, 2015

      Oi Luan,
      Eu me apaixonei pela Colleen no primeiro livro que li dela, Métrica. A escrita da autora e os enredos que ela cria são muito interessantes. Nesse livro, Sem Esperança, ela vai contar a história de Um Caso Perdido do ponto de vista de outro personagem. Acho que quando você ler o livro, você vai entender porque foi importante pra ela fazer a história assim.

      Não deixa de me contar se gostar do livro, viu?! Beijos.