Resenhas 16jul • 2019

Vilãopor V.E. Schwab

O livro no Skoob e no Goodreads.

Título Original: Vicious
Gênero do Livro: Ficção-científica, Fantasia, Adulto
Editora: Record
Ano de Publicação: 2019
1º livro da série Villains
Número de Páginas: 364
Código ISBN: 9788501113726

Obs: Este livro foi enviado em parceria com a editora para resenha.

Comprar:

Sinopse: Uma história sobre ambição, inveja, desejo e superpoderes, da autora da série Tons de Magia.Victor e Eli, dois jovens brilhantes, arrogantes e solitários, se conheceram na Universidade de Merit e logo se deram bem, identificando um no outro a mesma sagacidade e a mesma ambição. No último ano da faculdade, o interesse em comum numa pesquisa sobre adrenalina, experiências de quase morte e poderes sobrenaturais lhes oferece uma possibilidade antes inimaginável: de que uma pessoa, sob as condições certas, seja capaz de desenvolver habilidades extraordinárias. No entanto, quando colocam em prática essa teoria, as coisas dão muito errado.Dez anos depois, Victor foge da prisão, determinado a encontrar seu antigo amigo ― agora inimigo. Para localizá-lo, ele conta com a ajuda de uma garotinha, Sydney, cuja natureza reservada esconde uma habilidade sem igual, mas extremamente perigosa. Enquanto isso, há dez anos Eli tem uma única missão: erradicar todas as pessoas ExtraOrdinárias que encontra ― exceto sua ajudante, Serena, uma mulher enigmática e persuasiva, capaz de impor sua vontade a qualquer um.Armado com poderes terríveis e movido pela lembrança da traição e da perda, Victor caça seu arqui-inimigo em busca de vingança e de um embate no qual sabe que um dos dois deve morrer.

Sabe quando você faz uma leitura e gosta bastante do livro? E depois de algum tempo, você decide revisitar aquela história, e descobre que o livro não era tão bom quando você lembrava? Pois então, Vilão não foi nada disso. Eu não sei como, mas Vilão conseguiu ser ainda melhor nessa releitura do que ele foi na primeira vez que eu consumi essa história. Eu fiquei muito tempo implorando para as editoras trazerem esse livro para gente, e finalmente minhas preces foram atendidas!

Em Vilão, os amigos Victor e Eli são estudantes na universidade de Merit, trabalhando em seus projetos de conclusão de curso. Victor escolhe estudar a adrenalina, e Eli se dedica a investigar os EOs, pessoas com habilidades extraordinárias. As pesquisas dos dois se cruzam quando Eli descobre que a adrenalina de uma situação de quase morte pode ser uma peça chave na criação dos EOs. Os dois decidem colocar essa teoria em prática, mas o que eles não sabem é que esse experimento terá consequências terríveis, e a amizade dos dois nunca mais será a mesma.

“Se Eli fosse mesmo um herói e Victor estivesse determinado  a pôr um fim nele, isso fazia dele um vilão?”

Ignorem o péssimo resumo que eu fiz aqui em cima, e foquem no que eu vou falar agora: Vilão é um dos melhores livros que eu já li. Eu já estava esperando ansiosamente a chegada deste livro, e agora que ele chegou, eu posso finalmente obrigar todo mundo que eu conheço a ler esse livro. Eu ouvi muita gente falar bem da escrita da V. E. Schwab, principalmente por causa de Um Tom Mais Escuro de Magia (que eu ainda preciso ler), e Vilão foi a confirmação que eu precisava para realmente me apaixonar pela escrita dela.

No que se trata de personagens, Vilão é simplesmente um prato cheio. Todos os personagens desse livro são incríveis. Sério, eu não reclamaria se cada um deles ganhasse uma spin off, porque todos são muito bem construídos. Victor e Eli são o tipo de personagens que eu amo acompanhar, duas pessoas moralmente corruptas, que acreditam veemente que estão fazendo a coisa certa. O relacionamento dos dois, desde a amizade que eles têm na faculdade (onde você já consegue ver os traços sombrios das personalidades dos dois) até o conflito inevitável que você sabe que eles vão ter em algum momento, é tão intenso e marcante.

“Um herói. Não era isso que ele era? Os heróis salvavam o mundo dos vilões, do mal. Faziam sacrifícios para conseguir isso. Ele não estava sujando as mãos e a alma de sangue para colocar o mundo nos trilhos?”

Os outros personagens são incríveis também, e acrescentar muito para a história. Mitchell e Sydney, aliados de Victor e Serena, comparsa de Eli, são ótimos personagens de apoio. Eu particularmente gostei demais da dinâmica entre Victor, Mitchell e Sydney, e curti muito a forma como a narrativa mostra que, apesar de ser uma pessoa bastante amoral, Victor é capaz de criar conexões com outras pessoas. E achei muito interessante acompanhar as interações de Eli e Serena. Todos os personagens desse livro são incríveis, de verdade.

Mas a minha parte favorita de Vilão é a forma que ele desconstrói os papéis de herói e vilão dentro de uma história. Sem querer entregar muito da história, dependendo do ponto de vista pelo qual você observa a narrativa, tanto Eli quanto Victor podem ser interpretados como sendo o herói ou o vilão da história. Ambos tomam decisões e tomam atitudes moralmente questionáveis, mas ambos acreditam que os seus fins justificam esses meios.  É sempre legal ver uma história que tem personagens e temas complexos assim.

E a transformação que os personagens passam ao longo do livro também é incrível de se ver. No começo da história, tanto Victor e Eli são movidos pela mesma ambição, os dois querem mostrar que são pessoas excepcionais. Mas ao longo da história, os acontecimentos do enredo transformam os dois, e as motivações deles se tornam muito mais complexas. Um é movido pelo que ele julga ser um propósito divino, e o outro é movido por um certo desejo de vingança. É uma narrativa muito intensa, ótima de se acompanhar. 

No geral, Vilão é um dos meus livros favoritos, e essa releitura só serviu para confirmar para mim o quanto esse livro é incrível. Personagens complexos e intrigantes, um plot cheio de adrenalina e suspense, e a escrita simplesmente maravilhosa da V. E. Schwab. É simplesmente uma das histórias mais viciantes que eu já li. Eu não preciso nem falar que vocês todos precisam ser esse livro, não é? E é claro que eu já estou aguardando ansiosamente a Record trazer a continuação dessa história para gente! 

Vinicius Fagundes ver todos os artigos
24 anos. Formado em Publicidade e Propaganda. Viciado em histórias. Desconhecido mundialmente.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

7 Comentários

  • Luanda Martins
    31 jul 2019

    Oi, Vinicius
    Não li nada da autora ainda espero me redimir em breve.
    Nossa desejo muito esse livro desde que vi a capa e li a sinopse, nossa agora você me deixou desesperada tem continuação.
    Quero ler, mas vou aguardar a continuação não gosto de esperar demais e ter que reler para depois ler a continuação, sou chata mesmo kkk.
    Mas voltando para o livro tem um enredo fascinante que prende o leitor do início ao fim e claro além das aventuras uma mensagem importante todos somos bons e maus.
    Beijos

  • Nathalia Silva
    30 jul 2019

    Eu confesso que bem poucos livros foram relidos por mim e boa parte foi assim justamente por ter um leve medo de encarar a história de uma outra forma, e ela deixar de ser uma favorita, principalmente aqueles livros lidos por mim na adolescência. Entende?
    Vejo que Com este livro você não passou por isso, pelo contrário, isso só afirmou o quanto a história foi boa pra você.
    Realmente, quando os autores apresentam personagens mais humanos, que apresentam o bem e o mal e não são apenas uma coisa, o texto se torna bem mais interessante de se acompanhar. E lendo a sua reaenha vejo que os protagonistas, possuem motivos diferentes que o levam a agir de formas bem questionáveis… isso é interessante e tenho certeza que bem estimulante. Sem falar que personagens assim nos fazem refletir os nossos próprios comportamentos. E isso é maravilhoso!
    Por fim, amei conhecer mais sobre esse livro, ler sua resenha aumentou o meu desejo de ter eles em mãos. Quem sabe um dia. 🙂

    Bjus

  • Gêmea má
    29 jul 2019

    Sinceramente eu nunca tinha ouvido falar nem do livro nem da autora, mas ele parece bastante interessante. COm relação ao seu comentário de vilão/herói, eu diria que basicamente o bem e o mal são conceitos inteiramente humanos e dependentes da sociedade ao qual você stá inserido. Portando, isso faz completamente sentido e me faz ficar obcecada com a viagem hahaha Quero dizer, talvez para os homo sapiens normais, Eli talvez seja o herói. Para os Extraordinários ele provavelmente é um vilão e Victor é o herói. Eu gosto bastante dessa dualidade

  • Elizete Silva
    22 jul 2019

    Olá! Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora V. E. Schwab, mas só li, até agora, coisas positivas sobre sua escrita, gosto muito da proposta desse livro, e essa mistura de fantasia com suspense, a capa desse livro também é muito bonita, e o fato de ambos os protagonistas não serem perfeitos, os dois terem defeitos e ficarmos nessa dúvida de quem realmente o vilão parece ser ótimo.

  • Gisele Thais
    17 jul 2019

    Só por essa resenha eu já estou muito ansiosa pra ler esse livro! Eu amei essa capa e muito a história, eu amo ficção científica. Vou colocar ele na lista de prioridades pra ler!!!!

  • Tereza Cristina Machado
    16 jul 2019

    E eu que nunca li nem a outra versão rs! Vi por aí o lançamento desse livro e aqui tá sendo a primeira resenha que leio … gostei de saber dessa desconstrução entre herói e vilão, até pq são atitudes tão questionáveis, tudo é questão de ponto de vista.
    Okay, você cumpriu seu papel em querer que todo mundo leia o livro, eu pelo menos quero hahahaha

  • Angela Cunha
    16 jul 2019

    Eu doidinha para ler uma vez e ele já foi lá e leu duas?? rs Sacanagem!
    Mas desde que li sobre o livro,já o desejei. Acho que é o tipo de livro que traz o ser humano como centro de tudo.
    Como o foco central do enredo.
    O bom que não é tão bom. O mal que pode não ser tão mal. Isso é tão nós, humanos!
    Uma viagem ao centro de cada um e por isso, não vejo a hora de ler!!!
    beijo

  • Siga o @laoliphantblogInstagram