Posts arquivados em: Tag: Autores

YouTube 12nov • 2017

Autores que vocês deveriam ler

Eu estava olhando na minha estante outro dia e encontrei alguns autores que eu realmente amo, mas que muitos acabam não dando uma chance, seja por causa do enredo ou por causa da capa do livro. Foi pensando nisso que eu resolvi fazer uma lista pequena de autores que eu conheci por indicação ou por conta própria e que realmente me conquistaram para convencer todos vocês a dar uma chance.

Tentei fazer uma lista variada de autores, citando desde fantasia a romance new adult para que os tipos de leitura pudessem agradar todo mundo. Se você já conhece algum dos autores que eu mencionei no vídeo ou tem algum parecido com eles que talvez eu deva dar um chance, não deixa de colocar nos comentários, tá?

Assista ao vídeo:

Lista 12mar • 2016

5 Autores que Arrasam nas Distopias

autores-distopias-1 (Foto: Once Upon a Season)

Dando continuidade ao especial de distopias do La Oliphant, hoje decidimos trazer pra vocês uma pequena lista de autores que manda muito bem quando o assunto é escrever distopias. Algum dos autores da lista já são conhecidos mas nós achamos que os livros deles não recebem a atenção que merecem, sabe?

Vale ressaltar que é meio difícil montar uma lista de autores de distopias, já que geralmente os autores não escrevem só distopias. Mas escolhemos alguns autores que tiveram bastante sucesso com séries distópicas e também que exploram outros gêneros literários interessantes.<

1 – Marie Lu


autores-distopias-3

Provavelmente a mais conhecida dessa lista, Marie Lu é a a autora da trilogia Legend (composta de Legend, Prodigy e Champion). A trilogia, ambientada em Los Angeles no século 22, conta a historia de Day, o criminoso mais procurado do país, e June, a prodígio da força militar do país. O primeiro livro foi lançado em 2011 lá fora, e em 2012 no Brasil, e de acordo com a autora, foi inspirado no relacionamento entre os personagens Javert e Jean Valjean do livro Os Miseráveis.

Além de Legend, Marie Lu também escreveu outra série distópica, Jovens de Elite, lançada esse ano pela Editora Rocco. O primeiro livro da série, que mistura distopia e fantasia, é centrada em uma versão alternativa da Renascença Italiana, onde, graças a uma praga que devastou grande parte do mundo, algumas pessoas desenvolvem super poderes. A protagonista, Adelina, é expulsa de casa e se junta a uma sociedade secreta chamada The Young Elites.

2 – Pierce Brown

autores-distopias-4

Pierce Brown é o autor da trilogia Red Rising, composta de Fúria Vermelha, Filho Dourado e Morning Star, que ainda não foi lançado no  Brasil. A trilogia conta a história de Darrow, um jovem que vive em uma sociedade dividida em Marte, após a colonização do planeta vermelho. A vida de Darrow vira de cabeça pra baixo quando ele descobre que tudo o que achou que sabia sobre sua sociedade pode ser uma mentira.

Pierce Brown também está prestes a lançar mais uma trilogia, chamada Iron Gold. A trilogia, que dá continuidade aos eventos de Red Rising e explora as consequências das ações do protagonista e as do povo vivendo em uma sociedade que tem sua ordem de classes destruída.

3 – Alexander Gordon Smith

autores-distopias-2

Alexander Gordon Smith é provavelmente o menos conhecidos dos autores nessa lista. Sua trilogia Fuga de Furnace ainda não foi completamente lançada no Brasil. Composa de Encarcerados, Solitária, Sentença de Morte e os ainda não traduzidos Fugitives e Execution, a série conta a história de Alex, um garoto que vive em um mundo em que menores de 18 anos que cometem crimes são enviados para a Penitenciaria de Furnace.

A série é muito boa, e é uma pena que a editora ainda não lançou os outros livros. A Editora Benvirá anunciou o lançamento do quarto livro com previsão para Março de 2016, mas até agora nada. Seria realmente uma pena ter uma série tão interessante sem um final, né?

4 – Alexandra Bracken

autores-distopias-6

Alexandra Bracken é outra autora que teve sua trilogia negligenciada pelas editoras no Brasil. Sua trilogia The Darkest Minds teve apenas seu primeiro livro, intitulado Mentes Sombrias, lançado por aqui pela Editora iD. A trilogia conta a história de Ruby, uma jovem que sobrevive a um vírus que mata grande parte da população, desenvolve habilidades especiais e é enviada para um campo de concentração.

 Alexandra também lançou mais um série, dessa vez explorando um pouco mais o gênero de ficção científica. O primeiro livro, chamado Passenger, conta a história de Etta Spencer, uma violinista prodígio que acaba viajando não só a quilômetros de distancia de casa, mas também através do tempo.

5 – Tahereh Mafi

autores-distopias-5

E pra fechar a lista com chave de ouro, a autora da trilogia Estilhaça-me, Tahereh Mafi. A trilogia, composta de Estilhaça-me, Incendeia-me e Liberta-me, começou a ser lançada no Brasil em 2012, e conta a historia de Juliet, uma jovem que tem o terrível dom de matar tudo o que toca. Juliet é mantida como prisioneira por um governo que quer usa-la como arma.

A série fez bastante sucesso no mundo todo, tanto que em 2015, Tahereh Mafi anunciou pelo twitter que o canal de televisão ABC comprou os direitos de adaptação da trilogia,e e que ela iria atuar como produtora na série de TV. Resta esperar e torcer, afinal nem sempre adaptações de livro para TV funcionam, né? (coughshadowhunterscough)

Bom, esses são apenas alguns autores de distopias que nós achamos que vocês gostariam de conhecer. Não deixem de comentar aqui embaixo se você já leu algum desses livros ou se conhece algum autor legal que não está lista.

Lista 27fev • 2015

Top 5: As séries favoritas da estante

Top_07

Preciso confessar que eu nem sempre fui muito fã de séries literárias. Houve uma época em que eu me recusava a comprar livros que tivessem uma continuação, simplesmente porque eu não tinha paciência pra amar tanto uma história e ficar meses esperando pelo próximo volume. Era tortura demais pra mim, principalmente porque eu ficava tão envolvida com o universo do livro, que eu não conseguia sair da ressaca para ler outra coisa.

Até que eu conheci algumas séries que simplesmente mudaram todo esse meu pensamento, e é sobre isso que vamos falar nesse Top 5. Ao longo dos meus poucos anos de leitora e, principalmente, nos últimos  3 anos, conheci algumas séries que simplesmente me roubaram e me mostraram que valia muito a pena esperar por um lançamento. São séries que eu recomendo demais a leitura, e algumas eu tenho certeza que vocês já conhecem.

1. Os Bridgertons, por Julia Quinn

Top_01

Aqueles que acompanham o blog desde o ano passado já devem estar cientes sobre o meu amor por Julia Quinn. Confesso que o primeiro livro não me encantou tanto, mas foi o suficiente para que eu continuasse a leitura da série e me apaixonasse pelos Bridgertons. Em dois dias eu li os três primeiros livros da série e saí em busca do quarto como se a minha vida dependesse disso. Foram meses de espera até o quinto livro ser lançado, e a espera valeu muito a pena. Sei que ainda tenho mais 3 livros pela frente, mas a leitura vale muito a pena.

2. O Protetorado da Sombrinha, por Gail Carriger

Top_03

Gail Carriger é amor, apenas. Acho que eu nunca me apeguei tanto a uma série como me apeguei com O Protetorado da Sombrinha. Foi o primeiro steampunk que eu realmente me envolvi até o último fio do meu cabelo, e também a série que eu mais aguardei durante todo o ano. Houve uma época em que eu queria comprar o box em inglês porque eu não aguentava mais a espera pelo terceiro volume da série (que já está em pré-venda). Eu ainda tenho mais dois livros pela frente e eu sei que pode demorar séculos até eu saber como tudo termina, mas essa série é tão linda que vale muito a pena esperar.

3. RedHead, por Alice Clayton

Top_05

A série RedHead foi um amor que me pegou de surpresa. Comprei o livro por pura curiosidade no Natal de 2014, e simplesmente me apaixonei pelos personagens e pelo enredo da série. Me lembro bem quando publiquei uma foto do livro no Instagram e muitos leitores fizera elogios à história e, na época, eu não esperava gostar tanto quanto eu gostei. Li os dois primeiros livros da série em dois dias, e logo corri atrás do terceiro volume. Passei semanas indicando a série para vários amigos e agora estou lendo todas as publicações da Alice Clayton.

4.  Outlander, por Daiana Gabaldon

Top_06

Meu amor por Outlander não é segredo pra ninguém, mas é – pra mim – um desafio literário. Quando eu me apaixonei pela série e comprei o primeiro livro, eu sabia muito pouco sobre a Diana Gabaldon e a série em geral. Foi uma curiosidade minha depois de ver os primeiros episódios da série e ler muitos elogios ao livro. Até que eu descobri que já existem 8 livros publicados da série, e que há possibilidades de nono volume. Eu não pesquisei muito sobre isso para não entrar em pânico, mas se eu já quase morri esperando por “A Libélula no Âmbar”, imagina passar por isso mais oito vezes?! Preparação psicológica mode on.

5. A Seleção, por Kiera Cass

Top_04

Amor à primeira vista, com certeza. Quando terminei de ler o primeiro livro da série, eu senti um vazio tão grande. Queria continuar no universo da Kiera Cass para o resto da minha vida, mas ainda tinha uns seis meses para o lançamento de “A Elite”. Eu passei todo esse período inquieta e desesperada pela continuação. E cada segundo valeu muito a pena. Acho que essa foi a série com a qual eu mais sofri. Eu lia os capítulos de “A Escolha” liberados no site e procurava qualquer informação que pudesse me deixar mais calma. Foi a primeira série que eu terminei depois de anos de negação, e eu tenho muito amor por ela.

Essas foram as séries que me curaram da minha fobia de livros com continuação. E agora eu quero saber se vocês já tiveram esse receio de ler séries ou se ainda preferem os livros únicos. Não deixem de compartilhar as experiências de vocês nos comentários!

O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.