Posts arquivados em Tag: Corte de Rosas e Espinhos

05 jun, 2018

04 motivos para você ler Corte de Rosas e Espinhos

Eu venho por meio desta publicação declarar o meu amor eterno por Sarah J Maas. Muitos de vocês não sabem, mas eu ainda não li Trono de Vidro e, quando a série começou a ganhar visibilidade aqui no Brasil, já estávamos no quarto livro e eu tinha decidido que era melhor esperar todos os livros serem lançados antes de começar a leitura. Mas, para a minha sorte, a Record resolveu investir em Corte de Rosas e Espinhos e quando eu vi essa oportunidade e conhecer a escrita da Sarah J Mass, agarrei com todas as minhas forças.

Confesso que, no começo, eu achei que eu não fosse gostar tanto assim dessa trilogia.  Eu lembro que eu terminei o primeiro livro com algumas – muitas – dúvidas sobre o enredo e sobre como a história iria caminhar nos próximos volumes. Mas se tem uma coisa que eu aprendi com Sarah J Maas é que ela sempre consegue surpreender os seus leitores de uma maneira maravilhosa e, quando eu li o segundo livro dessa trilogia eu entreguei meu coração nas mãos dessa mulher sem pensar duas vezes. Tá permitido se apaixonar perdidamente por um livro?! Ou três? Porque nada aquece mais meu coração do que ver meu box de ACOTAR na estante.

Corte de Rosas e Espinhos é uma das melhores trilogias de fantasia que eu já li. E eu não estou falando isso só porque o casal principal desse livro é um dos meus favoritos, mas também porque a autora conseguiu abordar diversos assuntos importantes no enredo de uma forma muito inteligente e que agregavam muito valor ao enredo. Cada um dos livros dessa trilogia é único a sua forma e a maneira como a autora te conduz a imergir dentro do universo que está sendo criado é uma experiência única e maravilhosa. Continue lendo

02 abr, 2018

Corte de Asas e Ruína, por Sarah J Maas

resenha-corte-asas-ruina-sarah-j-maas

Eu não vou mentir, faz semanas que eu tento escrever a resenha desse livro e simplesmente não consigo. A Corte de Rosas e Espinhos é uma série que conquistou meu coração de uma forma tão bonita que me dói muito admitir que chegamos ao final da jornada da Feyre, mesmo gostando muito de como a Sarah J Maas encerrou o enredo. Sabe quando você conhece personagens que vão deixar saudade? Pois é, eu nem consigo digerir o fato de que Feyre, Rhys, Cassian, Nesta e cia, ficaram na última página de A Corte de Asas e Ruína. Fãs de Harry Potter provavelmente irão entender o que eu sinto agora, eu acho.

Mas não estamos aqui para chorar, certo? A Corte de Asas e Ruínas nos deixa exatamente no final do livro anterior – e melhor livro da série inteira, eu devo dizer. Feyre está de volta a corte Primaveril como uma agente dupla, tentando descobrir o máximo que pode dos planos de Tamlin e tentando convencer a todos de que a sua ligação com Rhys fora quebrada – o que não foi.  Os primeiros capítulos do livro são muito doloridos, porque eu não gostei da ideia do meu Feysand separado, mas eu tenho que admitir que a evolução da Feyre como personagem estava sensacional. Continue lendo