Posts arquivados em: Tag: Editora Rocco

Entrevistas 07dez • 2018

Entrevista com Melinda Salisbury, autora de A Herdeira da Morte

Desde que eu terminei a leitura de A Herdeira da Morte, eu realmente não consegui tirar esse livro da minha cabeça. Não é apenas porque a escrita da Melinda Salisbury é muito maravilhosa, mas também porque o universo que ela cria é algo totalmente único, com seus próprios mitos e lendas, com uma cultura religiosa ainda muito forte e com obrigações que, por mais fantasiosas que pareçam, lembram muito culturas antigas que nós já vivemos.

E vocês sabem o que eu faço quando eu me apaixono muito por um livro, não é mesmo? Entrevista. Infelizmente eu queria conseguir entrevistar pessoalmente todos os autores que eu gosto, mas sabemos que isso não é possível na maioria das vezes, por isso eu tento buscar parcerias com os blogs lá de fora para conseguir compartilhar com vocês o melhor que cada autor tem a oferecer.

Quem me ajudou na missão de trazer uma boa entrevista da Melinda Salisbury foi a Kristen do blog My Friends are Fiction, que entrevistou a autora logo depois do lançamento de A Herdeira da Morte. Nessa entrevista, Melinda fala um pouco sobre o seu processo de escrita e como o enredo de A Herdeira da Morte se apresentou para ela e como ela trabalhou alguns elementos ao longo do livro. Leia mais

Resenhas 06dez • 2018

Duas Vezes Amor, por Katie Cotugno

Vocês conhecem a teoria de que um raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar? Eu pensei que isso pudesse acontecer com Katie Cotugno, sabe? Eu li 99 Dias e eu achei a escrita da autoria sensacional, mas será que eu iria gostar de algum outro livro dela? Bem, eu peguei Duas Vezes Amor para ler e confesso que eu estou um pouco extasiada depois dessa leitura. Não só a escrita de Cotugno continua tão maravilhosa quanto em 99 Dias, mas os seus personagens me ganharam completamente na primeira linha do livro.

Duas Vezes Amor divide a sua narrativa entre “antes” e “depois”. No “antes”, nós conhecemos um pouco da história da Reena antes de ela engravidar. Como ela conheceu Sawyer, como era a sua vida na escola e, principalmente, como era a relação dela com a família. Já no “depois”, nós conhecemos a versão da Reena que está criando sua filha sozinha, sem o pai e sofrendo o julgamento de todo mundo a sua volta – incluindo seu pai, por ter engravidado aos 16 anos. Ou seja, o enredo tem fortes emoções de todos os lados. Leia mais

Resenhas 29nov • 2018

O Príncipe Adormecido, por Melinda Salisbury

Está permitido começar essa resenha com “eu tô no chão”? Porque eu realmente não consegui encontrar outra maneira de descrever o que eu senti lendo O Príncipe Adormecido. Eu realmente achei que a Melinda Salisbury não ia conseguir me surpreender tanto no segundo livro, mas a genialidade dela foi tão grande que eu cheguei na última página desse livro mais chocada que ovo. Sério, que plot twist senhoras e senhores.

O Príncipe Adormecido começa mais ou menos um mês depois do final do primeiro livro e nós não temos ideia do que aconteceu com Twylla, Merek e Lief depois que o príncipe adormecido voltou a vida. Neste segundo livro nós também ganhamos uma segunda protagonista, Errin, que é ninguém menos do que a irmã mais nova de Lief, muito citada no primeiro livro. Sendo bem honesta, eu amei que a autora tenha começado o segundo livro com uma protagonista totalmente nova e com uma personalidade totalmente diferente da Twylla. Leia mais

Resenhas 18nov • 2018

Confissões de uma Garota Desastrada, por Emma Chastain

Se você estava procurando um livro com drama adolescente até o pescoço, Confissões de uma Garota Desastrada é o livro que você estava esperando. Eu já imaginava que fosse ser algo nesse estilo, mas eu realmente não imaginei que a Emma Chastain conseguiria a proeza de não desenvolver uma personagem que nem é tão complicada assim. Com diálogos básicos e uma escrita que não prende tanto, Confissões de uma Garota Desastrada acabou sendo muito menos do que eu estava esperando.

Eu acho que vale começar a falar sobre esse livro pela narrativa, certo? Todo o enredo é contado através das anotações de Chloe no seu diário e, como ela não escreve nada muito profundo ou muito interessante, a narrativa do livro é corrida e não entrega muito sobre a personagem principal, fora o fato de ela não ter realmente a menor ideia do que está fazendo – embora isso seja muito comum para um personagem na idade dela. Leia mais

Resenhas 20out • 2018

Quando Tudo Faz Sentido, por Amy Zhang

Eu nunca pensei que eu fosse dizer isso mas, esse foi o livro mais estranho que eu já li. E eu não vou mentir, eu amo a escrita da Amy Zhang, porém em Quando Tudo Faz Sentido, o enredo se desenvolve de uma maneira estranha, não revela muito dos personagens que você realmente quer conhecer a narrativa é tão estranha que eu me perdi em vários pontos do livro durante a leitura. De verdade? Eu não consigo tirar aquela sensação de “wtf?”.

Eu sei que os livros da Zhang tem essa tendência de falar sobre assuntos muito importantes e que impactam a gente de alguma forma e em Quando Tudo Faz Sentido não foi muito diferente. A autora abordou assuntos pesados de uma forma muito cuidadosa e, embora a narrativa do livro fosse confusa, eu consegui entender a mensagem por trás de todos aqueles acontecimentos. Leia mais

Resenhas 07out • 2018

Sem Coração, por Marissa Meyer

Marissa Meyer é a princesa dos contos de fada dos meus sonhos. Confesso que, quando eu peguei Sem Coração para ler, eu não tinha grandes expectativas porque, na minha cabeça, nenhum livro da Marissa poderia ser tão maravilhoso quanto As Crônicas Lunares. Mas não é que pode? Sem Coração não só é uma releitura linda de Alice no País das Maravilhas, como eu nunca mais vou conseguir olhar para a Rainha de Copas da mesma maneira.

Eu nunca duvidei que a escrita de Meyer fosse incrível, mas a forma como ela construiu e desenvolveu o enredo de Sem Coração, ultrapassou totalmente as minhas expectativas enquanto leitora. A narrativa é lenda em alguns pontos, admito. Houve momentos em que eu realmente achei que não ia acontecer nada no livro, mas Meyer tem um dom único para te envolver no enredo e, quando eu me dei conta, não conseguiria viver sem saber o desfecho dessa história. Leia mais

Resenhas 09set • 2018

A Herdeira da Morte, por Melinda Salisbury

Eu vou confessar que eu nem ao menos esperava que A Herdeira da Morte fosse ser tão bom assim. Primeiro porque construir todo um universo do zero é um trabalho muito difícil e segundo, a personagem principal, Twylla, exige uma complexidade muito grande dado o papel que ela representa dentro daquele universo e tudo o que ela é capaz de fazer. Mas não é que Melinda Salisbury conseguiu entregar um enredo envolvente e personagens apaixonantes? É claro, o livro tem alguns pontos fracos, mas a autora conseguiu compensar isso com várias coisas que eu não estava prevendo. Se era plot twist que você queria, então esse é o livro para você!

Acredito que o primeiro ponto positivo desse livro seja toda a ambientação do enredo. Nossa protagonista vive em um reino onde as pessoas depositam toda a sua fé nos Deuses e na vontade dos seus soberanos e o papel que ela desempenha dentro desse universo é fundamental para garantir que as coisas continuem exatamente como a monarquia deseja. Toda a ideia de ela ser Daunen Encarnada cria em torno de Twylla um símbolo de esperança que não só mantém o povo de Lormere sob controle, mas também cria pavor aos inimigos que temem ser mortos pela filha dos Deuses. Leia mais

Entrevistas 07ago • 2018

Conheça Katie Cotugno, a autora de 99 dias

Ter uma ótima experiência de leitura com um autor que você acabou de conhecer, é uma das melhores coisas que pode acontecer com um leitor. E Katie Cotugno foi uma surpresa inesperadamente boa. O enredo do seu livro, 99 Dias, não é só tudo o que eu já estava desejando colocar na estante, mas o fato da protagonista não ser aquela garota extremamente perfeita roubou completamente o meu coração. Com uma narrativa única e personagens que vão te conquistar desde a primeira página, 99 Dias é um lançamento da Rocco que vocês precisam ter na estante para ontem!

E o que eu faço quando eu gosto muito de um autor? En-tre-vis-ta! E desta vez eu encontrei uma conversa da autora com um dos sites que eu mais amo acompanhar: Hellogiggles. Como 99 Dias foi um livro que me emocionou e abordou diversos assuntos que eu considero importantes, nada mais justo do que conhecer melhor o cérebro responsável por essa história maravilhosa e, por isso, eu traduzi a conversa da Katie com a Kerry Winfrey, que aconteceu em Abril de 2015. Leia mais

Resenhas 24jul • 2018

99 Dias: 1 Complicado Amor de Verão, por Katie Cotugno

Esse livro vai ser um pouco mais difícil de resenhar do que eu estava esperando. Confesso que quando eu peguei 99 dias para ler, eu achei que estaria lidando apenas com mais um clichê de triângulo amoroso apenas para passar o tempo. Mas não é que 99 Dias me pegou de um jeito que eu devorei a leitura em algumas horas? Katie Cotugno tem uma escrita viciante e, combinada com a sua narrativa deliciosa, eu mergulhei nesse drama adolescente de um jeito que eu não estava esperando. É montanha russa emocional que vocês queriam? Então é isso que vocês vão ganhar nesse livro.

99 Dias é um livro que me fez lembrar como nós somos cruéis. A nossa protagonista, Molly, trai o namorado com o irmão dele e, a partir do momento que a sua mãe resolve transformar isso em um livro e contar para todo mundo a vida pessoal da filha, Molly se torna automaticamente a “vadia suja” da história e não importa o que ela faça, todo mundo está com o dedo apontado para ela. Mas adivinha só, o mesmo não acontece com o Gabe, o irmão que participou ativamente de toda essa confusão. Sentiram a crítica do livro? Pois é. Leia mais

Resenhas 11jul • 2018

Clube da Luta Feminista, por Jessica Bennett

Não vou mentir, quando eu peguei Clube da Luta Feminista para ler, eu estava muito curiosa sobre o que seria a leitura, mas, ao mesmo tempo, eu não estava muito animada porque esse tipo de estrutura de texto normalmente não me prende. Mas, Jessica Bennet me conquistou com a sua escrita descontraída e desde o começo do livro, a sensação que eu tive foi de estar conversando com uma amiga. Além de conseguir identificar no meu dia a dia as coisas que ela estava narrando, eu ainda aprendi muito mais do que eu estava esperando.

Então, sobre o que é o Clube da Luta Feminista? Bem, ele é mais ou menos como um guia para ajudar mulheres a navegar pelo mercado de trabalho machista em que vivemos. Ele vai desde a te ensinar a identificar os tipos de machistas que provavelmente trabalham com você até a te ajudar a identificar certas posturas e comportamentos que podem acabar te prejudicando no trabalho sem que você perceba. E todas essas orientações são passadas pela autora com todo o bom humor de uma escrita descontraída. Leia mais

Lista 26jun • 2018

04 motivos para você ler As Crônicas Lunares

Olha aí, mais um post no La Oliphant falando sobre as Crônicas Lunares. Parece que a gente não cansa, né? Pois não cansamos mesmo! As Crônicas Lunares são uma das minhas séries YA favoritas, e eu estou sempre procurando por uma desculpa para falar mais delas. Então quando saiu a notícia de que a Rocco vai lançar o novo livro da Marissa Meyer aqui no Brasil, e a Débora me pediu para fazer uma listinha de alguns motivos porque você (sim, você) deveria ler as Crônicas Lunares, eu fiquei bem feliz.

Eu tenho que confessar que da primeira vez que ouvi falar da série, achei o plot meio bobo “Uma releitura de Cinderella, passada numa versão futurista da Ásia, que envolve robôs e alienígenas?” Mas pra você como fomos surpreendidos novamente As Crônicas Lunares hoje é uma das minhas séries favoritas, e eu vou agora listar apenas alguns dos motivos pelos quais você deveria começar essa leitura hoje mesmo. Ah, e aproveita e confere as resenhas dos livros que nós fizemos aqui no blog!
Leia mais

Resenhas 24jun • 2018

Warcross, por Marie Lu

Eu falei algumas vezes aqui no blog sobre como eu adoro os livros da Marie Lu. As duas trilogias que ela já completou, Legend e Jovens de Elite, ambas me impressionaram bastante. Então quando eu li a sinopse de Warcross, o primeiro livro da nova série de Marie Lu, e vi que se tratava de uma história de ficção científica, cheia de elementos sobre mundos virtuais, eu fiquei super animado para fazer essa leitura. E no geral, Warcross atingiu as minhas expectativas, exceto por alguns pontos que eu vou mencionar daqui a pouco.

No mundo de Warcross, todos vivem conectados a um mundo virtual, principalmente no jogo Warcross. Emika Chen, uma jovem hacker desesperada por dinheiro decide se arriscar e invadir o sistema durante o jogo de abertura do campeonato mundial de Warcross. Emika tem certeza de que será presa, então imagine a surpresa dela quando recebe uma ligação de Hideo Tanaka, criador do Warcross, convidado-a a entrar no torneio. Mas Emika não estará lá como participante, mas sim como espiã, a procura de um hacker que ameaça a segurança desse mundo virtual. Leia mais

1 2 3 5
Siga o @laoliphantblogInstagram