Posts arquivados em: Tag: Entrevista

Entrevistas 07dez • 2018

Entrevista com Melinda Salisbury, autora de A Herdeira da Morte

Desde que eu terminei a leitura de A Herdeira da Morte, eu realmente não consegui tirar esse livro da minha cabeça. Não é apenas porque a escrita da Melinda Salisbury é muito maravilhosa, mas também porque o universo que ela cria é algo totalmente único, com seus próprios mitos e lendas, com uma cultura religiosa ainda muito forte e com obrigações que, por mais fantasiosas que pareçam, lembram muito culturas antigas que nós já vivemos.

E vocês sabem o que eu faço quando eu me apaixono muito por um livro, não é mesmo? Entrevista. Infelizmente eu queria conseguir entrevistar pessoalmente todos os autores que eu gosto, mas sabemos que isso não é possível na maioria das vezes, por isso eu tento buscar parcerias com os blogs lá de fora para conseguir compartilhar com vocês o melhor que cada autor tem a oferecer.

Quem me ajudou na missão de trazer uma boa entrevista da Melinda Salisbury foi a Kristen do blog My Friends are Fiction, que entrevistou a autora logo depois do lançamento de A Herdeira da Morte. Nessa entrevista, Melinda fala um pouco sobre o seu processo de escrita e como o enredo de A Herdeira da Morte se apresentou para ela e como ela trabalhou alguns elementos ao longo do livro. Leia mais

Entrevistas 13out • 2018

Marissa Meyer emociona com o enredo de Sem Coração

Eu não consigo parar de falar de Sem Coração e já peço desculpas à vocês por isso. A construção que Marissa Meyer criou para a Rainha de Copas mexeu comigo do começo ao fim do livro e, publicar uma única resenha dessa leitura maravilhosa não era o suficiente para mim. Eu precisava falar mais sobre esse livro. Então aqui estamos, com mais uma entrevista que eu sei que vocês gostam, mas desta vez, vamos explorar ainda mais esse universo de Alice no País das Maravilhas.

A entrevista original não é muito longa e foi publicada pelo Hypable há mais ou menos dois anos. Apesar de não ser a entrevista mais longa que eu já traduzi aqui no blog, eu acho que foi a entrevista que conseguiu captar melhor o que eu gostaria que vocês soubessem dessa leitura pelos olhos da autora. Marissa Meyer é dona das minhas leituras favoritas e se essa entrevista não te convencer a ler Sem Coração, eu realmente não sei o que vai. Leia mais

Entrevistas 08set • 2018

Um mergulho no universo de Judith Mcnaught

Hoje nós vamos falar de Judith Mcnaught. Desde que eu li Um Reino de Sonhos pela primeira vez, eu já estava mais do que ansiosa para trazer alguma entrevista da autora que mostrasse mais sobre o seu trabalho e trouxesse alguns esclarecimentos sobre a sua forma de escrita e o que nós poderíamos esperar dos seus próximos livros. Para a minha sorte, em setembro de 1999, o blog All About Romance fez uma entrevista muito interessante com a autora, que acabou sendo exatamente o que eu estava procurando.

Eu sei, a entrevista é enorme, mas cada minuto que eu gastei fazendo essa tradução me fez me apaixonar mais pela autora e entender muito como a cabeça dela funcionava na época que ela estava escrevendo seus livros. Lembrando que, Judith Mcnaught escreve livros desde os anos 70 e naquela época certas questões sociais não eram abordadas, ainda assim, a autora conseguiu criar personagens femininas poderosas e corrigir certos “erros” no enredo dos seus livros que me fizeram entender como algumas autoras ainda trabalham a questão da sedução forçada em seus livros. Leia mais

Entrevistas 07ago • 2018

Conheça Katie Cotugno, a autora de 99 dias

Ter uma ótima experiência de leitura com um autor que você acabou de conhecer, é uma das melhores coisas que pode acontecer com um leitor. E Katie Cotugno foi uma surpresa inesperadamente boa. O enredo do seu livro, 99 Dias, não é só tudo o que eu já estava desejando colocar na estante, mas o fato da protagonista não ser aquela garota extremamente perfeita roubou completamente o meu coração. Com uma narrativa única e personagens que vão te conquistar desde a primeira página, 99 Dias é um lançamento da Rocco que vocês precisam ter na estante para ontem!

E o que eu faço quando eu gosto muito de um autor? En-tre-vis-ta! E desta vez eu encontrei uma conversa da autora com um dos sites que eu mais amo acompanhar: Hellogiggles. Como 99 Dias foi um livro que me emocionou e abordou diversos assuntos que eu considero importantes, nada mais justo do que conhecer melhor o cérebro responsável por essa história maravilhosa e, por isso, eu traduzi a conversa da Katie com a Kerry Winfrey, que aconteceu em Abril de 2015. Leia mais

Entrevistas 26maio • 2018

Uma conversa com o autor de Bolerus

Livro de estreia do poeta Vanderley Sampaio, um dos criadores do blog Absurtos, que tem cerca de 150 mil seguidores nas redes sociais. “Bolerus é um termo instigante para dar nome a um livro que nos sugere uma leitura sem plano de voo definido, em que podemos assistir à dança dos versos construindo imagens, cadências e zumbidos.

Vanderley Sampaio foi um dos primeiros autores nacionais a fazer uma parceria com o blog através do Clube Nacional e, por causa do projeto eu tive a chance de conhecer as suas poesias e sair da minha zona de conforto literária. Foi pensando justamente nisso que eu o convidei para um bate-papo aqui no blog, onde conversamos um pouco sobre as inspirações por trás de seu livro e como é a rotina de um autor nacional no mercado. Leia mais

Entrevistas 23maio • 2018

Kerri Maniscalco e a inspiração para escrever Rastro de Sangue

Rastro de Sangue é o mais novo lançamento da Darkside e se você estava sentindo falta de uma heroína badass, Audrey Rose é a personagem perfeita para você. Uma das coisas que eu mais gostei no livro foi que a autora não poupou esforços para explorar todo o lado sombrio da lenda do Jack Estripador, além de incorporar muito bem a história da nossa personagem principal, criando uma atmosfera aterrorizante e ao mesmo tempo muito envolvente.

De todos os lançamentos da Darkside até agora, Rastro de Sangue foi o que eu mais gostei. A proposta de enredo de Kerri Maniscalco encaixa perfeitamente na proposta de livros que a editora quer trazer para o Brasil e eu estava sentindo falta de um toque de horror no selo da Darklove. E como eu sei que todos vocês estão mais do que curiosos para saber sobre esse lançamento, eu trouxe uma entrevista com a autora do livro para que vocês possam conhecer mais do processo criativo por trás do primeiro livro dessa trilogia.

A entrevista foi feita pelo blog Blaks Laters Reads em setembro de 2016, quando Rastro de Sangue tinha acabado de ser lançado lá fora. Nesta entrevista, Maniscalco conta muito sobre o seu processo criativo e como ela se organizou para fazer toda a pesquisa que o livro pedia e desenvolver a história. Também temos a oportunidade de conhecer mais sobre os seus hábitos de leitura e os autores que influenciam a sua escrita. Leia mais

Entrevistas 05maio • 2018

Uma conversa com Rysa Walker, a autora de Chronos

Não pensem vocês que eu não notei todo o frenesi quando eu coloquei Chronos no primeiro top comentarista do blog. Durante todo o mês eu vi vocês comentando o quanto queriam colocar esse livro na estante e, assim como eu sei que vocês estão loucos para ler esse livro, eu também sei que vocês iam gostar muito de conhecer mais sobre a autora dessa nova série da Darkside que vem dando o que falar entre os blogueiros, não é mesmo?

Foi pesquisando sobre a Rysa Walker que eu me deparei com essa entrevista dela no site Andrea Hurts & Associates, onde Walker fala muito sobre o processo criativo por trás de The Chronos Files e como foi que ela acabou decidindo fazer da escrita uma profissão. O interessante dessa entrevista não foi só conhecer mais sobre a história da autora, mas também ter uma visão fresca sobre o mercado editorial e, como eu adoro trazer entrevistas para vocês, eu resolvi traduzir o conteúdo.

Rysa Walker cresceu em uma fazenda de gado no sul, onde ela lia sempre que tinha chance. Nas raras ocasiões em que ela ganhou o controle da televisão, ela assistiu Star Trek e imaginou viver no futuro, em planetas distantes, ou pelo menos em uma cidade grande o suficiente para ter um sinal de trânsito. Ela é a autora da série best-seller Chronos Files. Chronos, o primeiro livro da série, foi o vencedor do Young Adult e do Grand Prize no Amazon Breakthrough Novel Awards de 2013. Rysa atualmente vive na Carolina do Norte, onde ela está trabalhando em sua próxima série. Leia mais

Entrevistas Promoções 20abr • 2018

Entrevista com Guss de Lucca, autor de O Monstro + Sorteio

O Monstro é um livro que tem aparecido bastante aqui no blog. Essa fantasia nacional traz um enredo completamente original e diferente de tudo o que nós já lemos. Se você acha que uma história de fantasia não precisa ser parte de uma saga ou trilogia e que o gênero está saturado de aventuras protagonizadas por guerreiros e magos, esse livro foi escrito para você. Foi pensando nisso que eu resolvi fazer um bate-papo com o autor do livro, Guss de Lucca, para que vocês pudessem conhecer um pouco mais do que está por trás da criação desse universo.

O Monstro partiu da ideia de abordar um universo fantástico pela perspectiva de jovens agricultores. A história acontece num lugar em que não existem elfos, orcs e anões – mas onde as lendas ainda influenciam o imaginário popular e desencadeiam conflitos armados. Guss de Lucca cresceu envolto pelos jogos de RPG e histórias de fantasia. E seu livro foi a sua forma de agradecimento ao gênero que o acompanhou em momentos tão importantes. Leia mais

Entrevistas Promoções 16abr • 2018

Q&A: Uma conversa com Marie Lu sobre Warcross + Sorteio

Um pouco de competição é uma coisa boa. Muito disso pode ser perigoso para sua saúde. Este mês, Marie Lu, autora de Legend e The Young Elites, apresenta aos leitores um novo tipo de torneio, uma incrível realidade virtual repleta de coisas sensacionais, aventuras ousadas … e perigos assustadores.

Com um toque de alta tecnologia que vemos em The Hunger Games, misturados com um pouco de Jogador N° 1 e Snow Crash, Warcross é um thriller de ficção científica exuberante envolvendo uma heroína resistente e inteligente, Emika Chen. Emika não é uma concorrente comum. Hacker e caçadora de recompensas, ela entra no mundialmente famoso torneio Warcross como espiã. Fama e fortuna aguardam o vencedor – mas traição e ruína devastadoras se escondem a cada esquina.

Marie Lu, que trabalhou na indústria de videogames antes de se tornar autora de best-sellers, responde algumas perguntas sobre abraçar sua Emika interior, com seus colegas Slytherins (em seus sonhos mais selvagens de Hogwarts) e encontrar inspiração em sua ocasionalmente sombria e deprimente caverna. Leia mais

Entrevistas 13abr • 2018

Uma conversa com Jenn Bennett, a autora de O Cara dos Meus Sonhos (ou quase)

Estamos aqui para conversar sobre Jenn Bennett, essa autora de Young Adult que roubou meu coração e que foi publicada no Brasil pela maravilhosa Plataforma 21. Seu último lançamento, O Cara dos Meus Sonhos (ou quase), chegou às livrarias brasileiras em janeiro deste ano e, como eu sou uma completa apaixonada pela escrita de Bennett, achei que seria legal traduzir uma entrevista dela que eu achei com o site Rivited, onde ela conta muito sobre a inspiração por trás desse livro.

Para quem nunca ouviu falar de Jenn Bennett na vida, seu mais novo livro, O Cara dos Meus Sonhos (ou quase), foi inspirado em “You’ve Got Mail”, aquele filme maravilhoso do Tom Hanks e da Meg Ryan que passava na televisão tanto quanto A Lagoa Azul, sabe? Pois é. Mais no livro de Bennett, toda a história da troca de correspondência acontece entre dois adolescentes que, sem saber, acabam também se apaixonando um pelo outro no mundo real.

Ficou interessado nesse enredo maravilhoso? Nesta entrevista com a Jenn Bennett, Andi Soule conversa muito com a autora sobre o que a inspirou a escrever o livro e quais são suas grandes influências ao criar um enredo. Ah, e não se esqueça de conferir a resenha de O Cara dos Meus Sonhos (ou quase) que já está disponível aqui no blog, tá? Leia mais

Entrevistas 15mar • 2018

Tudo o que você precisa saber sobre Julia Quinn está aqui!

Eu sou apaixonada pelos livros da Julia Quinn tanto quanto qualquer outra pessoa. E, tudo bem, recentemente eu descobri que não são todos os enredos dela que eu vou gostar, mas ainda assim, eu não consigo deixar de pensar que ela fez com que eu me apaixonasse mais de uma vez através de seus personagens. Quem nunca se inspirou por causa de Julia? E quem nunca desejou que o amor fosse algo tão intenso e divertido como ela narra em seus romances? JQ merece o título de rainha dos romances de época e é por isso que estamos aqui reunidos, caros leitores.

Eu gosto muito de entrevistas com autores e, eu acho que vocês já sabem muito bem disso. As entrevistas revelam muito sobre o autor e você sempre consegue aprender alguma coisa muito importante, principalmente se você tem o sonho de se tornar um escritor um dia. Foi pensando nisso que eu resolvi procurar algumas entrevistas que a Julia deu na época de lançamento dos seus livros e me deparei com esta que está abaixo, do site The Internet Writing Journal, onde ela comenta sobre o seu mais novo lançamento “Como Agarrar Uma Herdeira”, que havia acabado de debutar na época.

A entrevista aconteceu em novembro de 1998, mas apesar de termos uns bons vinte anos desde essa entrevista, eu realmente achei os pontos levantados pela autora interessantes e acho que vale muito a pena vocês darem uma conferida. Leia mais

Entrevistas 19dez • 2017

Inteligente e sensual: conheça mais sobre a escrita Elizabeth Hoyt

Vocês têm um momento para a gente conversar sobre a Elizabeth Hoyt? Bom, não é segredo para ninguém que acompanha o blog que o primeiro livro da Trilogia dos Príncipes não é um dos meus romances de época favorito. E eu não vou mudar a minha opinião sobre isso, ok? Mas, eu li o segundo livro dessa série e, para a minha surpresa, eu AMEI o livro do começo ao fim. Por isso que eu sempre digo que vocês têm que dar mais de uma chance para os autores, eles podem sempre te surpreender.

Enfim, não amo O Príncipe Corvo, mas eu amo a Elizabeth Hoyt e agora somos melhores amigas. E como uma boa amiga, eu andei dando uma vasculhada na internet, procurando saber mais sobre a história da autora e como ela se tornou esse grande sucesso dos romances de época que é hoje. E eu descobri umas coisas INCRÍVEIS sobre a autora como, por exemplo, o primeiro rascunho de O Príncipe Corvo era um completo desastre!

Como eu gosto que vocês também conheçam mais dos autores, eu traduzi uma entrevista da Hoyt de 2007, quando a Trilogia dos Príncipes tinha acabado de começar a fazer burburinho lá fora e ela já estava trabalhando no terceiro livro, O Príncipe Serpente. É muito interessante ver como, dez anos depois, o livro ainda é um grande sucesso entre os leitores do gênero. Leia mais

1 2 3
Siga o @laoliphantblogInstagram