Posts arquivados em Tag: Financiamento Coletivo

19 ago, 2018

Artista abre financiamento coletivo para publicar livro ilustrado

Criada em 2010 e publicada desde 2015 a história de ‘O Menino que não sabia voar’ criou asas com os traços do artesão gráfico e artista Yuri Amaral a partir do financiamento contínuo pelo APOIA.se, em que cerca de noventa pessoas contribuem mensalmente com quantias que variam de R$ 3 a R$ 20, acompanhando a construção do projeto passo a passo.

Em março deste mesmo ano Yuri financiou seu primeiro livro impresso reunindo 5 capítulos da jornada do Menino. Agora, sua proposta é de expandir o multiverso de Kai e Nina, protagonistas de ‘O Menino que não sabia voar’, trazendo à vida Yala, a Filha do Movimento, em um livro romance ilustrado com mais de 80 páginas, além de um projeto audiovisual envolvendo sua persona Drag Queen, também chamada Yala.

Com o valor mínimo de R$ 25 já é possível levar o livro impresso, com 88 páginas em papel pólen bold 80g. O autor também se arriscou nas recompensas: além de camisetas, sketchbooks e canecas, ele oferece vídeo-performances, recompensa na qual a pessoa apoiadora escolhe uma música e a drag Yala performa em um vídeo dedicado à ela. Há também a opção de ter um sonho seu (ou pesadelo, por que não?) ilustrado por Yuri, visto que Yala é uma criatura do Reino dos Sonhos. Continue lendo

08 abr, 2015

Editora Empíreo lança projeto de Financiamento Coletivo

Douglas_01Para aqueles que ainda não sabem da novidade, a Editora Empíreo é uma das mais novas parceiras do blog, e junto com essa parceria, o La Oliphant teve a oportunidade de conhecer um projeto que é simplesmente a cara do blog. Em parceria com o autor Douglas MCT, a Editora está lançando um projeto de Financiamento Coletivo para a publicação do livro “Eles Não Estão Em Casa”, que é uma coletânia de 13 histórias de fantasia, terror, steampunk, suspense psicológico e ficção literária em um pocket de luxo capa dura.

O projeto nasceu do desejo de reunir em livro várias histórias que Douglas MCT escreveu ao longo de sete anos, entre antigas e inéditas. A antologia possui treze contos que falam sobre pessoas que saem de suas casas e se perdem de alguma forma. Cenários como orfanatos, apartamentos, florestas, cemitérios e covens estão presentes nas histórias, todas fantasticamente ilustradas por Zakuro Aoyama, além de comentários do autor narrando a origem de cada conto nas aberturas dos mesmos.

Douglas_02

Incrível, não é? Mas calma que ainda tem muito mais para saber sobre esse projeto.

Todo o projeto é hospedado no site Catarse, um dos sites de financiamento mais conhecidos e respeitados no nosso País. Com este site é possível transformar muitos projetos em realidade através da contribuição financeira como forma de apoio. Basicamente, o usuário compra uma cota do projeto para viabiliza-lo. Quanto maior sua participação, maior sua recompensa.

O projeto do Douglas MCT junto com a Editora Empíreo irá funcionar exatamente da mesma forma. Quanto maior a contribuição dos interessados no projeto, melhor a recompensa que este irá receber na sua casa.  O objetivo desse projeto é arrecadarr R$ 25.000,00 para que o livro possa ser impresso e distribuido com todo o luxo possível, e como o La Oliphant adora apoiar o projeto de autores nacionais, não poderíamos ficar de fora dessa, certo?!

Douglas_03

A página do projeto do livro já está no ar (Clique Aqui).  Nela é possível assistir ao vídeo de apresentação do projeto feito pela Monstro Filmes e pela Luiza De Castro. É possível também visualizar as cotas de financiamento. A partir de R$ 40,00 já dá pra adquirir o livro, mas com outros valores é possível agregar outas recompensas como: pôsteres, canecas, cards, bolsas etc.

Essa é a segunda vez que a Editora Empíreo trabalha como financiamento coletivo, e por ser um projeto inovador e participativo, acho que merece todo o nosso apoio, certo? Afinal, nada melhor do que ser parte contribuinte para o crescimento da literatura no nosso País, não é?

Se você é leitor do blog e abraçou esse projeto como a gente, não deixa de colocar aqui nos comentários o que achou da ideia e de divulgar para os seus amigos. Se todo mundo contribuir com um pouquinho que seja, vamos todos ter Eles Não Estão Em Casa na nossa estante em breve.