Posts arquivados em: Tag: Indicação

Séries & TV 19nov • 2016

Você não sabe o quanto precisa assistir Pitch

serie-pitch

Se você ainda não ouviu falar de Pitch ou não acompanhou o burburinho que a série causou na internet, então você ainda não tem consciência da importância que essa série tem para todos os assuntos que estamos abordando nos dias atuais, principalmente quando se trata de feminismo. Como uma pessoa que tem buscado cada vez mais se envolver com esses assuntos, acho que é muito importante compartilhar com os leitores do blog o porquê de ser tão importante que você assista essa série o mais rápido possível.

Pitch conta a história de Ginny Baker (Kylie Bunbury) a primeira mulher a conseguir jogar na liga principal de Baseball pelo time San Diego Padres. Depois de passar anos jogando com times menores, Ginny finalmente chama a atenção dos times da liga principal e, junto com sua agente Amelia, personagem de Ali Larter, ela começa a dar os primeiros passos para realizar seu sonho. O problema é que quando se é a primeira mulher a entrar para os times principais, toda atenção se volta para você, e com isso Ginny precisa enfrentar toda a pressão de estar sob os olhos do mundo o tempo todo.

serie-pitch-01

A série explora todo o tipo de assunto ao longo dos poucos episódios que já foram exibidos. O primeiro deles, e o que eu mais gostei até agora, é a relação que Ginny cria com o seu novo time. Assim que ela é escalada para o San Diego Padres, os homens do grupo ficam um pouco receosos com a sua presença, não acreditando que ela seja capaz – e talentosa o suficiente – para conseguir levantar o time.

Os criadores da série consideraram todos os aspectos do enredo, criando um ambiente realista, onde você realmente consegue se identificar com as reações do público e das próprias pessoas envolvidas com a ascensão de Ginny. É quase como se a série realmente fosse o mundo real, e aquilo realmente estivesse acontecendo. Além disso, a série conseguiu uma licença da liga oficial de baseball que permite que eles utilizem os uniformes originais do time nas gravações.

serie-pitch-02

O grande destaque de “Pitch” é que a série não foi criada para te dar mais um drama comum, com enredos clichés e acontecimentos previsíveis. Pelo contrário, a série busca explorar seus pontos fortes e fracos em cada episódio, não colocando Ginny no centro das atenções como uma personagem perfeita, mas sim uma mulher que precisa treinar muito mais do que os seus outros colegas de time para se mostrar capaz de ocupar a posição que ocupa.

Eu gosto como Pitch utiliza toda a situação para mostrar como ser uma mulher, invadindo um ambiente totalmente masculino, é complicado e não só focando na Ginny, mas também na sua agente, Amelia, que assim como ela está entrando num mundo que ela não conhece, simplesmente para transformar a Ginny em uma das maiores jogadoras de Baseball da história. O enredo fala muito de como as mulheres são tratadas de forma diferente em determinados ambientes e, principalmente, em como a cultura do estupro ainda está muito enraizada na nossa sociedade.

A série tem um enredo que não tem medo de explorar todo o tipo de assunto, indo de estupro e assédio, para vazamento de fotos na internet e como as pessoas veem as mulheres de uma forma diferente, mesmo que elas não percebam que estão fazendo isso. Pitch é uma representação muito boa do mundo feminino e de como é complicado você ser uma mulher, não querendo fazer o trabalho de um homem, mas apenas desejando realizar seu próprio sonho.

Lista 09jan • 2016

Férias 2016: Leituras pra levar na mala

Leituras

Créditos de Imagem: robotic-dragon-reader 

Férias, finalmente! Não tem nada melhor do que acordar de manhã, numa segunda, e saber que você pode dormir até 12h, relaxar e ir pra piscina – ou praia, tanto faz. Mas melhor do que poder curtir esse sol, é ter mais tempo para se dedicar aqueles livros que ficaram para depois na nossa estante porque precisávamos dormir cedo. Não é mesmo?! Quem não está com saudade de virar a noite lendo?! Eu estou, com certeza.

E pensando nisso, eu resolvi criar alguns posts especiais de férias para falarmos de algumas leituras que vão combinar perfeitamente com esse clima de descanso, liberdade, e calor de 40°. Nesse primeiro post, eu separei alguns livros que combinam perfeitamente com aqueles leitores que não podem escapar das viagens em família e não sabem quais livros levar junto na viagem. Bora conferir?!

O Circo da Noite, por Erin Morgenstern

Leituras

Direitos de Imagem: Polly and Books

Não tem nada que combine mais com férias do que um livro que te leva para um universo mágico, cheio de personagens encantadores e com um enredo de tirar o fôlego. Em O Circo da Noite, você vai se apaixonar por Celia e Marco, dois ilusionistas treinados desde a infância para um desafio mágico, onde ambos seriam testados até seu limite para provar qual dos dois seria o melhor ilusionista.

O enredo desse livro é um dos mais fascinantes que eu já li. Os personagens são intensos, envolventes, o enredo do livro se desenvolve de uma maneira maravilhosa. O universo criado pela Erin Morgenstern é mágico, faz com que você queira passar o resto da sua vida ali, entre um espetáculo e outro, sendo amigo daqueles personagens. E, como esse livro foi uma leitura que eu fiz em uma época de férias, acho que ele precisava ser o primeiro a ser listado.

É uma leitura de beleza encantadora, com um enredo que vai te deixar de ressaca literária e, se você for um leitor – que assim como eu – não é muito fã de viagens de família (ou viagens em geral), O Circo da Noite vai te salvar das horas de tédio e de quebra ser uma das melhores leituras que você vai fazer nesse verão.

A Lista, por Cecelia Ahern 

Leituras

Direitos de Imagem: New Romantic

Dessa lista, talvez o que eu mais recomendaria para ler durante uma viagem. Eu demorei muito para encontrar um livro da Cecelia que realmente me tocasse ou que me fizesse gostar da escrita da autora, mas A Lista superou todas as minhas expectativas e se tornou uma das minhas leituras favoritas. Além de um enredo leve e muito divertido, a autora te apresenta a personagens maravilhosos, que vão te encantar e te fazer rir.

O livro vai narrar a história de Kitty Logan, uma jovem jornalista que perdeu o seu emprego dos sonhos, seu namorado – nem tão dos sonhos assim – e para piorar tudo, sua melhor amiga e mentora estava com câncer e não havia nada que ela pudesse fazer. Antes de falecer, sua melhor amiga deixa para ela uma lista com cem nomes aleatórios, sem nenhuma pista sobre onde encontrar essas pessoas ou qual é a história que as torna tão especiais. Com a responsabilidade de tornar essa matéria algo real, Kitty sai em busca dessas pessoas, e acaba encontrando algo muito maior do que ela mesma poderia imaginar.

É um livro para as pessoas que falam muito e ouvem pouco, sinceramente. Faz você questionar as histórias que passaram por você, e você simplesmente não ouviu porque estava ocupado demais procurando por outra coisa na timeline do Facebook. Acho que vocês entenderam como eu fiquei fascinada com cada capítulo dessa história, certo?

FanGirl, por Rainbow Rowell

Leituras

Créditos de Imagem: Taty Anna Gois

Esse foi o primeiro livro que eu li da Rainbow e de longe o que eu mais gostei, e por isso ele não podia – de jeito nenhum – ficar de fora dessa lista. O livro conta a história de Cath, uma jovem de poucas habilidades sociais, que se vê enfrentando uma não desejada mudança para a faculdade, junto com a sua irmã gemêa Wren. A mudança de casa para o dormitório da faculdade foi um grande passo para Cath. É assim que ela conhece Reagan, sua colega de quarto e Levi, de quem – a princípio – Cath demonstra um certo receio. Os três acabam se tornando amigos, e Cath começa a perceber um mundo que vai muito além das fanfics do Simon Snow que escreve.

FanGirl é um daqueles livros que todo mundo deveria ler, simplesmente porque cada um vai conseguir tirar uma conclusão diferente do enredo. Se você está em clima de viagem, acho que tudo o que você vai precisar é de um livro engraçado, leve e que te faça desligar do mundo lá fora por algumas horas, e é exatamente isso que Fangirl irá te proporcionar. Os personagens do livro são maravilhosos, muito bem construídos e fica muito difícil decidir de qual deles você gosta mais. Além disso, a escrita da Rainbow faz com que você se envolva completamente com a história, que faz ser muito difícil conseguir ler outra coisa depois que você termina.

Gostaram das indicações? Já leram algum desses livros? Não esqueçam de deixar aqui nos comentários outras leituras que combinam muito com esse clima de viagem e férias, tenho certeza que vocês conhecem títulos maravilhosos!

Siga o @laoliphantblogInstagram