Posts arquivados em Tag: Jane Austen

28 set, 2020

Jane Austen: atrás de portas fechadas

jane austen atrás de portas

a pandemia me fez desenvolver ainda mais a minha paixão por documentários. principalmente os documentários que falam sobre a inglaterra entre os séculos 15 e 18. pra mim, não tem nada mais fascinante do que encontrar outras maneiras de mergulhar nesse período histórico que amo tanto.

os romances de época estão aí para provar.

um dos meus favoritos até agora foi o documentário da lucy worsley, jane austen: behind closed doors, onde a historiadora visita todas as casas em que jane morou ao longo dos seus 41 anos de vida. um documentário quase que obrigatório se você é apaixonado pelos livros da autora tanto quanto eu. Continue lendo

06 set, 2018

4 melhores releituras de Orgulho e Preconceito

Não tem como uma pessoa ser apaixonada por romances de época e não conhecer pelo menos uma obra da nossa querida e amada, Jane Austen. Austen não foi só um grande nome da literatura clássica, mas também foi uma inspiração para muitas outras autoras que, assim como ela, não conseguiam mais conter sua imaginação e precisavam dar vida aos seus personagens de alguma forma. Foi por causa de Austen que eu me apaixonei por romances históricos e pela escrita em si, e por isso, mais uma vez, vamos falar dela aqui no blog.

Todo mundo sabe que a autora tem alguns livros publicados, mas é uma verdade universal que o mais conhecido é Orgulho e Preconceito. O romance de Elizabeth Bennet e Mr. Darcy é um dos enredos mais românticos e arrebatadores dos romances onde, nem a nossa protagonista ou o nosso herói são perfeitos, mas ao mesmo tempo, são as suas imperfeições que os tornam tão apaixonantes. Além disso, como é que a gente faz para não se apaixonar pelo Colin Firth na adaptação da série feita pela BBC? A cena do lago é o meu mundo, a minha vida. Continue lendo

19 maio, 2018

5 Young Adults que são releituras de Jane Austen

Dizer que eu sou completamente apaixonada por Jane Austen já não é novidade para ninguém. Eu só devo ter umas 15 edições diferentes dos livros dela na estante e até mesmo o meu trabalho de conclusão de curso foi sobre Orgulho e Preconceito. Eu acho que só me falta um Colin Firth de papelão no quarto, de quando ele interpretou o Mr. Darcy na adaptação da BBC – que eu recomendo muito, caso você não tenha assistido, viu?!

Foi por gostar muito de Jane Austen que eu me deparei com essa lista de Young Adults que são releituras de seus clássicos que, o Book Riot preparou em comemoração ao aniversário de morte da autora. Agora me digam, tem combinação melhor do que Austen e o meu gênero literário favorito? É claro que não! Embora os livros dessa lista ainda não tenham sido publicados no Brasil, todos estão disponíveis para compra na Amazon e, se você estava procurando uma desculpa para começar a arriscar nos livros em inglês, acho que essa pode ser a sua chance, tá?! Continue lendo

20 out, 2017

Guia para futuros escritores é inspirado na obra da venerada autora inglesa Jane Austen

Rebecca Smith é sobrinha-neta de quinto grau de Jane Austen. Isso não diz grande coisa, já que, como a própria Rebecca conta na introdução de “O clube de escrita de Jane Austen”, os irmãos da escritora inglesa tiveram trinta três filhos ao todo. E, passados exatos 200 anos de sua morte, o número de descendentes já deve chegar à casa dos milhares.

Mas Rebecca também escreve. E, entre 2009 e 2010, foi escritora residente na Casa Museu de Jane Austen, em Chawton, na Inglaterra. Durante um ano, ela releu toda a obra da tia-avó, promoveu clubes de leitura e inspirou-se ao “caminhar por onde ela caminhou e ter a mesma vista que ela ao abrir as janelas”. Daí surgiu a primeira ideia para este livro, que chega às prateleiras pela Bertrand Brasil agora no fim de setembro.

“O clube de escrita de Jane Austen” é um guia de inspirações e dicas para aspirantes a escritores, além de ser uma fonte de curiosidades deliciosas para os fãs da inglesa. Usando cartas escritas por Austen e destrinchando trechos de alguns de seus clássicos romances, Rebecca revela algumas de suas lições valiosas, além dos principais deslizes a serem evitados.

Logo no começo, com base em diversas cartas enviadas a sua irmã Cassandra e a sobrinhos que queriam tornar-se escritores, o livro oferece algumas dicas básicas de Austen para quem está começando a planejar um romance. São sugestões como: “Leia”, “Escreva sobre coisas que você entende”, “Seja preciso nas informações ou seus leitores deixarão de confiar em você”, “Conheça bem os seus personagens”, “Não sobrecarregue sua obra com detalhes desnecessários: corte e edite” e “Pode ter acontecido na vida real, mas isso não significa que funcionará num romance”.

A partir daí, Rebecca divide os capítulos por temas: a criação de personagens, a construção de cenários, o desenvolvimento de pontos de vista e a escrita de diálogos são alguns deles, e trechos de obras como “Emma”, “Orgulho e preconceito”, “Razão e sensibilidade” e “Mansfield Park”ajudam o leitor a compreender os ensinamentos. O texto mergulha ainda em características marcantes de Austen, como a ironia e o humor, além de também contar alguns de seus rituais de escrita.

Onde comprar: Amazon | Saraiva

 

Neste maravilhoso livro, Rebecca Smith analisa vários aspectos da escrita de ficção como enredo, caracterização de personagens, diálogos, cenários e técnicas de escrita, dividindo também com os leitores os conselhos que Jane Austen escreveu em cartas a seu sobrinho e sobrinhas aspirantes a romancistas. Repleto de exercícios úteis e citações esclarecedoras, este livro ensinará métodos, dicas e truques, usando como exemplos a obra de Austen. Seja você um entusiasta da escrita criativa às vésperas de publicar seu primeiro romance, um professor em busca de mais inspiração para suas aulas, ou um curioso à procura de informações sobre os rituais diários de Austen, este é um companheiro essencial, garantido para satisfazer, informar e deliciar.

Este conteúdo foi originalmente publicado no blog oficial da Editora Record. O La Oliphant é apenas responsável pela reprodução do mesmo.