Posts arquivados em Tag: O Visconde Que Me Amava

30 dez, 2020

anthony bridgerton tem sex appeal suficiente para carregar esta leitura na costas

resenha-visconde-que-me-amava-julia-quinn-arqueiro

há muito o que ser dito sobre o visconde que me amava, mas o mais importante é: este é um excelente livro para dar continuidade a leitura de os bridgertons. se o duque e eu não foi a sua leitura favorita, não desanime, anthony bridgerton tem sex appeal suficiente para carregar esta leitura na costas e eu garanto que você não vai se decepcionar.

o que torna o segundo livro muito melhor que o primeiro é a profundidade emocional do nosso herói. enquanto simon basset carregava nas costas o peso da rejeição do pai, anthony carrega a responsabilidade de ser o chefe da sua família e o medo de que morrer jovem seja uma característica inegável do dna bridgerton.

a escrita de julia quinn no segundo livro flui muito melhor que no primeiro, talvez porque seja o livro da série que nos permita um contato mais íntimo com a família. por ser o filho mais velho, anthony foi o que mais conviveu com o pai, enquanto este estava vivo, por isso o seu livro acarreta muitas memórias, sentimentos e anseios que o duque e eu não conseguiu explorar. Continue lendo