Posts arquivados em: Tag: Suzanne Enoch

Resenhas 29mar • 2018

Herói nas Highlands, por Suzanne Enoch

resenha-heroi-highlands-suzanne-enoch

Suzanne Enoch não é um nome exatamente novo no mundo dos romances literários. Quem acompanhou os últimos lançamentos da Arqueiro sabe que Enoch é uma das favoritas de Julia Quinn, estando presente em seus livros de contos da Lady Whistledown, mas foi a Gutenberg quem trouxe a autora para o Brasil com a sua série Highlands, que causou bastante inquietação entre as leitoras de romances de época quando chegou as livrarias. Sendo bem honesta, eu adoro um enredo que se passa na Escócia e por isso a minha vontade de ler Herói Nas Highlands, mas a escrita de Suzanne Enoch foi um desafio e o enredo acabou não entregando tudo o que eu estava esperando do livro.

O romance de Enoch aposta naquele clássico conflito entre Escócia e Inglaterra e assim somos apresentados aos nossos personagens principais. Fiona e Gabriel tem personalidades completamente diferentes, mas, ao mesmo tempo, se encaixam perfeitamente um no outro. Com todos os conflitos que existe entre eles, não é muito difícil que o leitor compre a paixão arrebatadora que Suzanne Enoch tenta colocar no seu enredo, mas o desenvolvimento do enredo tornou isso quase impossível para mim – e olha que eu me esforcei bastante. Leia mais

Resenhas 28dez • 2017

Lady Whistledown contra-ataca, por Julia Quinn

Julia Quinn levou o conceito de “squad” há um outro nível quando resolveu escrever Lady Whistledown Contra-Ataca. Sendo bem sincera, livro de contos não é muito o meio tipo de leitura. Eu acho o formato complicado demais porque você pula de uma história para a outra e nem sempre as coisas se encaixam. Mas Julia Quinn é uma Yoda da escrita de época e junto com essas romancistas que eu acabei de conhecer, elas criaram contos maravilhosos que são interligados por um único evento em comum. Não preciso dizer o quanto meu ânimo com essa leitura triplicou depois que eu percebi isso, não é mesmo?!

O primeiro conto, e o meu favorito, é da nossa rainha Julia Quinn. Eu gostei muito da heroína deste conto, principalmente por ela não estar disposta a se casar com qualquer pessoa por causa da sua enorme herança. Mais uma vez, Quinn entregou diálogos divertidos e um romance que te faz rir até a barriga doer. Além disso, contamos com a influencia da nossa maravilhosa Lady Whistledown para abalar as coisas nesse enredo. Sério, como que vocês conseguem ler esse livro e não amar muito a Mathilda e o Peter?! Tão no comeu coração, do ladinho da Penélope e do Colin.

Mathilda é uma heroína muito fácil de você gostar. Sua personalidade determinada e o seu jeito de lidar com as situações, são encantadoras. Mas o que realmente me ganhou nesse conto foi o Peter e a sua determinação para “proteger” a dama de se casar com um caçador de dotes e, eventualmente, tendo que provar para a mesma que ele não era um. Eu gostei muito da verdade que existe no relacionamento deles e como que o amor não surgiu de forma apressada, mas foi construído em cima da confiança e da amizade entre eles.

Leia mais

O Usuário laoliphantblog não existe ou é uma conta privada.